Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Instrumentos Musicais > Baixo: tons mais fortes

Baixo: tons mais fortes

Comentários: 10
Baixo: tons mais fortes

O baixo é um instrumento de cordas acústico ou eléctrico em muito semelhante à guitarra e específico para executar os tons graves das músicas.

Por norma, tem quatro cordas e uma afinação uma oitava abaixo das cordas mais graves da guitarra clássica.

A guitarra baixo é descendente do contrabaixo, um instrumento de grande porte do qual existem relatos da sua existência desde o século XI.

Até ao final do século, depois de uma grande evolução deste instrumento, ele deixou de ser tocado com arco e passaram-se a usar os dedos, de modo a conseguir-se uma acentuação mais acentuada.

Este é um dos poucos casos de instrumentos musicais eléctricos que apareceram antes da sua versão acústica.

Uma das justificações existentes é a de que a caixa de ressonância do baixo acústico é demasiado pequena para produzir uma amplitude de som suficientemente audível em relação à caixa da guitarra clássica.

Nos anos 1960, bandas como os Beatles ou os Rolling Stones popularizaram este instrumento.

O primeiro baixo eléctrico foi produzido por Leo Fender no ano de 1951. Este instrumento permitiu aos músicos variarem os tons das suas músicas.

Como é possível constatar, este instrumento é hoje utilizado nos mais variados géneros musicais, devido à dinâmica e flexibilidade que produz em conjunto com outros instrumentos, em qualquer ritmo, seja clássico, jazz, blues, pop/rock, ou outro. 


Rua Direita

Título: Baixo: tons mais fortes

Autor: Rua Direita (todos os textos)

Visitas: 0

793 

Imagem por: Enric Martinez

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 10 )    recentes

  • vitória

    04-03-2015 às 18:37:28

    adoro tocar esse instrumento, mesmo na maioria das vezes não dando para notalo em uma musica, sem ele a musica não tem ritmo.

    ¬ Responder
  • Wallace RandalWallace Randal

    06-10-2012 às 17:39:33

    Olá Rua Direita, tudo bem? Muito informativo e bem escrito seu texto! Eu não conheço absolutamente nada de baixo ou instrumentos de uma forma geral, então não tenho como opinar de forma significativa. Mas acredito que o baixo é essencial principalmente em bandas de rock, por que ele tem um som grave que contrasta e equilibra com a guitarra e outros instrumentos mais agudos. Textos assim acrescentam ainda mais o conhecimento adquirido, obrigado!

    ¬ Responder
  • Wallace RandalWallace Randal

    06-10-2012 às 17:39:22

    Olá Rua Direita, tudo bem? Muito informativo e bem escrito seu texto! Eu não conheço absolutamente nada de baixo ou instrumentos de uma forma geral, então não tenho como opinar de forma significativa. Mas acredito que o baixo é essencial principalmente em bandas de rock, por que ele tem um som grave que contrasta e equilibra com a guitarra e outros instrumentos mais agudos. Textos assim acrescentam ainda mais o conhecimento adquirido, obrigado!

    ¬ Responder
  • Wallace RandalWallace Randal

    06-10-2012 às 17:39:12

    Olá Rua Direita, tudo bem? Muito informativo e bem escrito seu texto! Eu não conheço absolutamente nada de baixo ou instrumentos de uma forma geral, então não tenho como opinar de forma significativa. Mas acredito que o baixo é essencial principalmente em bandas de rock, por que ele tem um som grave que contrasta e equilibra com a guitarra e outros instrumentos mais agudos. Textos assim acrescentam ainda mais o conhecimento adquirido, obrigado!

    ¬ Responder
  • Anne TeixeiraAnne Teixeira

    05-10-2012 às 16:39:35

    Pessoas que tocam baixo são calmas. Isso é um padrão???? Tenho vários amigos que tocam baixo e todos tendem a ser pessoas tranquilas.O tom tirado no baixo ajuda a preencher a melodia da música, evitando aqueles vazios estranhos, como se a música fosse tocada em ambientes completamente abertos. O mesmo acontece com a segunda voz e com o percussão. No fim das contas eu amo todos os instrumentos por ser apaixonada por música... música boa!

    ¬ Responder
  • Ruben GonçalvesRuben Gonçalves

    02-10-2012 às 18:11:40

    O baixo é um dos meus instrumentos preferidos, talvez devido ao meu gosto musical por bandas rock, onde o baixo tem sempre uma presença muito acentuada.Em muitos casos é o baixo que nos permite relacionar toda a música e obter um som homogéneo. Para quem gosta de tocar é sem dúvida um instrumento interessante para aprender.

    ¬ Responder
  • Nilson EmpreendedorNilson Uemoto

    01-10-2012 às 01:39:10

    Tons mais fortes do baixo acrescentam um tempero especial a qualquer música.Por produzir um tom grave,deixa o som de qualquer canção bem mais encorpado.Muita gente confunde o som da guitarra com som do baixo, mas apesar de parecidos tem diferenças perceptíveis.A guitarra tem 6 afinadores no braço da guitarra e o baixo apenas 4 o que explica o som mais grave produzido pelo baixo

    ¬ Responder
  • Gabriela TorresGabriela Torres

    26-09-2012 às 03:19:05

    Adoro batons de tons mais fortes.Acho que deixam qualquer mulher mais sensual e mais auto confiante.Já batons claros passam uma cera imagem de delicadeza e feminilidade.Porém,os tons fortes combinam mais com o inverno e o outono.

    ¬ Responder
  • Adriana SantosAdriana dos Santos da Silva

    25-09-2012 às 17:28:23

    Quando se fala em música sinto vontade de aprender a tocar violão. Claro que já tentei diversas vezes, mas nunca consegui de fato. E para tocar baixo, precisamos ter uma noção pelo menos de violão. O que aprendi do baixo é que eles transmitem um som mais fechado. Para que fique um som mais fortes você tem que aplicar os tons como colega colocou. Mas de qualquer forma o baixo é sensacional sempre, sempre.

    ¬ Responder
  • Sofia NunesSofia Nunes

    23-09-2012 às 18:58:00

    Interessou-me o presente artigo porque sempre gostei do som do baixo- ainda que não tenha talento musical adoro música e procuro conhecer os instrumentos. Gostei de conhecer, através do texto, um pouco da história deste instrumento musical tão comum mas essencial em qualquer banda que se preze, especialmente se a banda for mais inclinada para o género do rock. Achei sobretudo interessante o facto da versão eléctrica do baixo ter surgido antes da versão acústica.

    ¬ Responder

Comentários - Baixo: tons mais fortes

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Como Organizar Qualquer Tipo De Evento

Ler próximo texto...

Tema: Eventos
Como Organizar Qualquer Tipo De Evento\"Rua
Com todas as mudanças no mundo precisamos de pessoas capacitadas e qualificadas para se organizar um evento de porte. Não mais uma pessoa que faz tudo, que quebra-galho, mas um profissional estudioso no ramo para levar um evento de grande estima que atinja seu público de forma satisfatória e abrangente.

Para estar na frente exige-se muito trabalho, esforço e dedicação extrema para que se obtenha grande sucesso não somente para quem recebe como também para a própria instituição em que se realiza o evento. Isso tem causado uma procura por esses profissionais e até tem sido reconhecido como uma profissão que será valorizada muito nesses próximos anos.

Como Organizar?

Para estar na frente de um evento é necessário muita dedicação e amor. Muitas horas planejando e com uma grande antecedência. Pois, qualquer problema que ocorra no dia, será de responsabilidade de quem está organizando.

Então, todos os cuidados devem ser levados em consideração, devemos ter ações prevenidas e tudo deve ser listado, feito e dado uma atenção especial. Diante dos que se pretende fazer em um evento seja ele cultural, religioso, comercial, precisa de alguns parâmetros para serem seguidos cuja finalização tenha muito sucesso.

Eis quais são as etapas para você compreender melhor:
1. Objetivos: você deve primeiramente traçar um objetivo daquilo que se pretende realizar. Deve ser dividido em duas partes: a geral e a específica;

2. Públicos: quem são os públicos que serão atingidos? É um grupo de mulheres, um grupo de homens? Que faixa de idade? Essas e outras perguntas devem ser feitas;

3. Estratégias: essas estratégias consistem simplesmente em como você vai atingir o seu público, o que mais irá atraí-los para que possam ir ao seu evento?

4. Recursos: os recursos tanto materiais, humanos, físicos, todos esses recursos devem ser bem estruturados e anotados;

5. Implantação: Que métodos serão usados para o evento desde o início até o término do evento? Refere-se a todos os procedimentos;

6. Acompanhamento e controle: estipular alguém que irá acompanhar todo o processo e controlar, como por exemplo, as despesas;

7. Avaliação: feita após o término do evento, ela é produzida em formato de relatório e entregue a quem organizou o evento;

8. Orçamento Previsto: este deve ser feito bem detalhado. Uma das mais importantes partes de todo o evento. Pode buscar patrocínio, parcerias com empresas para assim evitar os gastos, mas tudo deve ser anotado e controlado.

Pesquisar mais textos:

Luene Zarco

Título:Como Organizar Qualquer Tipo De Evento

Autor:Luene Zarco(todos os textos)

Imagem por: Enric Martinez

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios