Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Instrumentos Musicais > Pedaleira: o instrumento que modifica o som

Pedaleira: o instrumento que modifica o som

Visitas: 6
Comentários: 16
Pedaleira: o instrumento que modifica o som

A pedaleira é um aparelho electrónico que modifica ou distorce os sons de um instrumento amplificado.

Os instrumentos mais utilizados em conjunto com as pedaleiras são as guitarras eléctricas e os teclados. Podem ter um único efeito, com botões de compensação, ou ainda um processador para programar vários efeitos.

Estes efeitos podem alterar a totalidade do som ou apenas modificá-lo um pouco. As pedaleiras analógicas mantêm o timbre do instrumento, mas as digitais podem alterá-lo por completo.

Estas pedaleiras eram produzidas, até há pouco tempo, por pequenas companhias e a publicidade funcionava principalmente através do “boca-a-boca” e da Internet. No entanto, as grandes empresas viram aqui um nicho de mercado em que decidiram apostar.

Além deste nicho de mercado, existe ainda um outro dentro deste que se dedica à alteração dos efeitos produzidos.

Quando se compra uma pedaleira, a modificação de som que existe é standard, mas existem entidades que modificam estes padrões das pedaleiras.

Ao nível do mercado existente, há uma preferência clara pela linha analógica de pedaleiras, uma vez que é a que permite alterar o som de um instrumento, mas sem que este perca o timbre mais original.

No entanto, com estes pedais é possível fazer imensas combinações de sons. Antes de comprar, e mesmo conhecendo as distorções possíveis, o futuro utilizador deve ser sempre aconselhado a experimentar o produto.


Rua Direita

Título: Pedaleira: o instrumento que modifica o som

Autor: Rua Direita (todos os textos)

Visitas: 6

712 

Imagem por: Marco Raaphorst

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 16 )    recentes

  • Carla HortaCarla Horta

    07-10-2012 às 22:45:54

    Para qualquer guitarrista são fundamentais. Muitos dos efeitos que ouvimos e julgamos (e bem, claro) extraordinários, muito se devem a este acessório de musica. Tão indispensável quanto as cordas de uma guitarra, podem custar verdadeiras fortunas se a aposta for numa boa qualidade e em funções exibicionistas, mas muito, muito agradáveis.

    ¬ Responder
  • Ruben GonçalvesRuben Gonçalves

    07-10-2012 às 03:25:09

    Tal como a maioria dos equipamentos analógicos, também as pedaleiras analógicas são preferidas em relação ás versão digitais. Embora as versões digitais possam ser obtidas a custos inferiores e tenham algumas inovações, a maioria dos músicos continua a preferir usar os equipamentos analógicos, pois apresentam características mais interessantes no som que produzem.

    ¬ Responder
  • Ruben GonçalvesRuben Gonçalves

    07-10-2012 às 03:24:56

    Uma configuração de demasiadas pedaleiras pode dificultar a nossa escolha do som ideal, mas de facto temos uma variedade de opções muito maior ao nosso dispor. Em caso de duvida podemos simplesmente desliga-la ou tentar outra configuração dos parâmetros. É muito importante conseguirmos usar os sons no momento certo, por termos uma nossa pedaleira não significa que sejamos obrigados a usa-la em todas as músicas.

    ¬ Responder
  • Ruben GonçalvesRuben Gonçalves

    07-10-2012 às 03:24:43

    As pedaleiras têm uma particularidade muito interessante, como o próprio nome indica permitem ser utilizadas com os pés, o que é fantástico se pensarmos que temos as mão ocupadas a tocar ou a segurar no instrumento. É o facto de serem tão complementares que as torna um equipamento tão utilizado no mundo inteiro.

    ¬ Responder
  • Ruben GonçalvesRuben Gonçalves

    07-10-2012 às 03:24:25

    Existem pedaleiras de vários preços, é aconselhável começar por comprar as pedaleiras mais versáteis e adequadas ao género musical que toca. Uma pedaleira cara não significa que seja essencial. É muito importante que o afinador esteja sempre colocado antes de todas as pedaleiras, sob pena de não conseguir afinar o instrumento.

    ¬ Responder
  • Ruben GonçalvesRuben Gonçalves

    07-10-2012 às 03:24:12

    A magia das pedaleiras consiste no facto de se poderem criar combinações de vários tipos de pedaleiras de forma a obter todos os sons que pretendemos. É muito fácil criar uma rede de pedaleiras para podermos obter novos sons da nossa guitarra ou de outro instrumento musical da nossa preferência.

    ¬ Responder
  • Wallace RandalWallace Randal

    06-10-2012 às 17:27:39

    Legal saber as funções de uma pedaleira e aonde podemos usá-la, mas eu não tenho conhecimento o bastante para opinar nos tipos de distorção que elas fazem. Foi interessante saber que este produto surgiu de uma forma tão inesperada, sendo comercializada de forma até “caseira” , por assim dizer. A aposta de grandes empresas tornou-o bem conhecido, e hoje em dia todo mundo que pensa em comprar uma gitarra ou teclado, também o quer.

    ¬ Responder
  • Wallace RandalWallace Randal

    06-10-2012 às 17:27:29

    Legal saber as funções de uma pedaleira e aonde podemos usá-la, mas eu não tenho conhecimento o bastante para opinar nos tipos de distorção que elas fazem. Foi interessante saber que este produto surgiu de uma forma tão inesperada, sendo comercializada de forma até “caseira” , por assim dizer. A aposta de grandes empresas tornou-o bem conhecido, e hoje em dia todo mundo que pensa em comprar uma gitarra ou teclado, também o quer.

    ¬ Responder
  • Wallace RandalWallace Randal

    06-10-2012 às 17:27:19

    Legal saber as funções de uma pedaleira e aonde podemos usá-la, mas eu não tenho conhecimento o bastante para opinar nos tipos de distorção que elas fazem. Foi interessante saber que este produto surgiu de uma forma tão inesperada, sendo comercializada de forma até “caseira” , por assim dizer. A aposta de grandes empresas tornou-o bem conhecido, e hoje em dia todo mundo que pensa em comprar uma gitarra ou teclado, também o quer.

    ¬ Responder
  • Anne TeixeiraAnne Teixeira

    05-10-2012 às 16:34:24

    De uns tempos pra cá guitarras tem conquistado um lugar especial no meu coração. Ouço diversos guitarristas famosos e adoro o som que conseguem tirar com o auxílio de uma pedaleira.O mesmo não acontece com violões (o que eu toco), até porque o foco dos instrumentos é diferente. De qualquer forma, nada me encanta mais que o Steve Vai tocando... passaria horas ouvindo sem problemas. Quem curte?

    ¬ Responder
  • Lucas SouzaLucas Souza

    01-10-2012 às 19:07:46

    Pedaleiras são acessórios extremamente interessantes. Sou fã de música e toco guitarra e violão por Hobbi. Tenho meu pedal distorcion que é show de bola, consigo tirar diversos tipos de sons diferentes com ele, muito legal. Pretendo ainda comprar uma pedaleira para ter uma variedade maior de efeitos e poder me divertir tocando minhas músicas. Para que vai começar nesse mundo, sem ter um efeito básico não vai ser tão legal. Belo texto Marcos, parabéns!

    ¬ Responder
  • Nilson EmpreendedorNilson Uemoto

    01-10-2012 às 06:13:44

    Mais um acessório que eu já tinha ouvido falar mas desconhecia sua verdadeira função.Não fazia idéia que a pedaleira modificava o som, já tinha visto pessoas que tocam guitarra com pedaleiras mas imaginava que tinham outra função.É um recurso bem interessante quando se pretende variar o som, causando outros tipos de efeitos.É a Rua Direita sempre aumentando nosso conhecimento

    ¬ Responder
  • Gabriela TorresGabriela Torres

    26-09-2012 às 03:24:20

    Tenho um amigo que faz coleção de pedaleiras.Ele muitas vezes nem chega a tocar sua guitarra.Acredito que ele goste mais de pedais do que guitarras.O fato é que sus coleção tem mais de 300 pedais.

    ¬ Responder
  • Adriana SantosAdriana dos Santos da Silva

    25-09-2012 às 06:11:43

    A pedaleira é um instrumento muito útil na bateria e pode-se observar o quanto ela muda a intensidade do som, dos ritmos e da música. Muitas pessoas que tocam este instrumento, tem a verdadeira paixão pelo som, dá para notar em seus estilos. Não entendo muito bem disso, mas dá para observar seu texto é que isso faz de fato uma diferença grande. Para quem já é experiente sabe que é importante usar a pedaleira.

    ¬ Responder
  • Sofia NunesSofia Nunes

    25-09-2012 às 00:06:21

    Acho interessante que o mercado que produz as pedaleiras se tenha vindo a desenvolver recentemente de modo que a oferta cresça (um nicho de mercado como tantos há, à espera de quem tenha uma ideia interessante e resolva apostar na sua concretização), existindo até modificações de som para além do standard. É algo que decerto criará novas evoluções e nuances interessantes ao nível da sonoridade tanto das guitarras eléctricas como também dos teclados.

    ¬ Responder
  • rafaelrafael

    24-04-2012 às 18:58:38

    quero um pedal so que não tenho dinheiro

    ¬ Responder

Comentários - Pedaleira: o instrumento que modifica o som

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Martelos e marrettas

Ler próximo texto...

Tema: Ferramentas
Martelos e marrettas\"Rua
Os martelos e as marretas são, digamos assim, da mesma família. As marretas poderiam apelidar-se de “martelos com cauda”. Elas são bastante mais robustas e mantêm as devidas distâncias: o cabo é maior.

Ambos constituem, na sua génese, amplificadores de força destinados a converter o trabalho mecânico em energia cinética e pressão.

Com origem no latim medieval martellu, o martelo é um instrumento utilizado para “cacetear” objectos, com propósitos vários, pelo que o seu uso perpassa áreas como o Direito, a medicina, a carpintaria, a indústria pesada, a escultura, o desporto, as manifestações culturais, etcétera, variando, naturalmente, de formas, tamanhos e materiais de composição.

A diversidade dos martelos é, realmente, espantosa. O mascoto, por exemplo, é um martelo grande empregue no fabrico de moedas. Com a crise económica que assola o mundo actualmente, já se imaginam os governantes, a par dos banqueiros, de martelo em punho para que não falte nada às populações…

Há também o marrão que, mais do que o “papa-livros” que tira boas notas a tudo, constitui um grande martelo de ferro, adequado para partir pedra. Sempre poupa trabalho à pobre água mole…

O martelo de cozinha serve para amaciar carne. Daquela que se vai preparar, claro está, e não da de quem aparecer no entretanto para nos martelar a paciência…!

Já no âmbito desportivo, o lançamento do martelo representa uma das provas olímpicas, tendo sido recentemente adoptado na modalidade feminina. Imagine-se se, em vez do martelo, se lançasse a marreta… seria, certamente, mesmo sem juiz nem tribunal, a martelada que sentenciaria a sorte, ou melhor, o azar de alguém!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Martelos e marrettas

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Imagem por: Marco Raaphorst

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios