Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Decoração > Antigamente e Atualmente

Antigamente e Atualmente

Categoria: Decoração
Antigamente e Atualmente

Decoração nada mais é do que uma forma de embelezar um ambiente,acrescentado itens ou retirando,colocando cores ou escurecendo,jogando luzes ou apagando-as.Mas o conceito do que é belo muda muito.É algo que varia demais.Vou começar esclarencendo sobre tudo que algum dia já foi considerado como de bom gosto.

Tapete pendurado na parede já foi um item muito apreciado pelos decoradores clássicos.Se fosse um tapete oriental,mais gracioso ficava.

Lustres por todos os cantos,imitando a decoração de um castelo,era algo de se invejar.Grandes sofás com grandes mantas já foi considerado como símbolo de estilo e sofisticação.Almofadas com fios de ouro,jarros de cristal desenhado,prataria impecável tudo isso por mais complicado que seja de acreditar já foi visto como chique ou até mesmo casual.Porém essas pessoas moravam em casas,onde tudo era mais espaçoso e naturalmente tinha lugar para colocar um jogo de copos gigante.Atualmente,com quase todo mundo morando em apartamentos mais conhecidos como apertamentos devido ao aperto dessas habitações.

Era natural que tudo se tornasse mais prático.Ou seja nada de grande sofá com uma manta gigante em cima,coloca um sofá de couro pequeno preto (porque preto é mais fácil para limpar)e pronto.Nada de grandes lustres,utiliza-se uma pequena luz ambiente e problema resolvido.Ninguém mais tem ou herda prataria.Jogo de copos e de pratos tornou-se algo muito antigo.Não precisa de prato para comer pizza (prato mais consumido atualmente)come-se no papel toalha e está tudo resolvido.

Perde-se beleza e talvez até mesmo charme.Porém,tem muito mais a cara do século 21.A decoração deve acompanar a modernidade,digo andar ao lado dela.Nunca se tornar antiquada demais ou futurista demais.Deve atender as necessidades das pessoas naquele presente momento e ser agradavelmente estéticamente.Hoje,o desafio da decoração é reunir utilidade com beleza simultaneamente.Sem que nenhum dos lados saia perdendo.Quem tem que ganhar é a pessoa que vai se aproveitar daquela condição,muito provavelmente o dono da casa ou do apartamento.Essa mesma regra deve ser válida para ambientes profissionais,como uma empresa ou uma loja.Afinal,decorar é embelezar seja qual for o espaço.Preferencialmente com o menor custo possível e com o melhor gosto.Não esquecendo nunca do lado exterior do ambiente,porque o lado de fora é tão importante quando o design de interiores.


Gabriela Torres

Título: Antigamente e Atualmente

Autor: Gabriela Torres (todos os textos)

Visitas: 0

641 

Comentários - Antigamente e Atualmente

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Fine and Mellow

Ler próximo texto...

Tema: Música
Fine and Mellow\"Rua
"O amor é como uma torneira
Que você abre e fecha
Às vezes quando você pensa que ela está aberta, querido
Ela se fechou e se foi"
(Fine and Melow by Billie Holiday)

Ao assistir a Bio de Billie Holiday, ocorreu-me a questão Bluesingers x feminismo, pois quem ouve Blues, especialmente as mais antigas, as damas dos anos 10, 20, 30, 40, 50, há de pensar que eram mulheres submissas ao machismo e maldade de seus homens. Mas, as cantoras de Blues, eram mulheres extremamente independentes; embora cantassem seus problemas, elas não eram submissas a ponto de serem ultrajadas, espancadas... Eram submissas, sim, ao amor, ao bom trato... Essas mulheres, durante muito tempo, tiveram de se virar sozinhas e sempre que era necessário, ficavam sós ou mudavam de parceiros ou assumiam sua bissexualidade ou homossexualidade efetiva. Estas senhoras, muitas trabalharam como prostitutas, eram viciadas em drogas ou viviam boa parte entregues ao álcool, merecem todo nosso respeito. Além de serem precursoras do feminismo, pois romperam barreiras em tempos bem difíceis, amargavam sua solidão motivadas pelo preconceito em relação a cor de sua pele, como aconteceu a Lady Day quê, quando tocava com Artie Shaw, teve que esperar muitas vezes dentro do ônibus, enquanto uma cantora branca cantava os arranjos que haviam sido feitos especialmente para ela, Bilie Holiday. Foram humilhadas, mas, nunca servis; lutaram com garra e competência, eram mulheres de fibra e cheias de muito amor. Ouvir Billie cantar Strange Fruit, uma das primeiras canções de protestos, sem medo, apenas com dor na alma, é demais para quem tem sentimentos. O brilho nos olhos de Billie, fosse quando cantava sobre dor de amor ou sobre dor da dor, é insubstituível. Viva elas, nossas Divas do Blues, viva Billie Holiday, aquela que quando canta parte o coração da gente; linda, magnifica, incomparável, Lady Day.

O amor vai fazer você beber e cair
Vai fazer você ficar a noite toda se repetindo

O amor vai fazer você fazer coisas
Que você sabe que são erradas

Mas, se você me tratar bem, querido
Eu estarei em casa todos os dias

Mas, se você continuar a ser tão mau pra mim, querido
Eu sei que você vai acabar comigo

Pesquisar mais textos:

Sayonara Melo

Título:Fine and Mellow

Autor:Sayonara Melo(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios