Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Decoração > Renove o seu hall de entrada

Renove o seu hall de entrada

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Decoração
Comentários: 5
Renove o seu hall de entrada

Há casas que têm hall de entrada e outras que não. Apesar de puder ser considerado um espaço morto e mal aproveitado, a verdade é que é uma área que, sendo bem aproveitada e decorada, pode revelar-se bastante funcional e prática.

A grande vantagem desta divisão é a possibilidade de chegar a casa e puder “livrar-se” rapidamente de alguns dos seus pertences e possivelmente trocar outros (lembro-me do simples ato de trocar os sapatos pelos tão desejados chinelos ou pantufas!!). Para além disso, é o local ideal para receber os seus convidados e amigos, permitindo-lhes deixar casacos, malas ou outros apetrechos.

Pensando nas duas grandes funções desta divisão, procure dotar o seu hall de móveis e acessórios que permitam tirar o máximo partido deste espaço.

Antes de mais, escolha o móvel que servirá de suporte a pequenos pertences, como as chaves de casa ou telemóvel. Um móvel tipo aparador, ou sapateira, será o melhor. Se possuir zonas fechadas, pode elegê-las para arrumar as suas pantufas.

Pensando nos seus amigos, adquira um móvel ou um cabide que permita guardar os casacos e malas dos seus convidados e provavelmente o seu, também. Investigue qual a melhor solução para o seu caso. Se tiver espaço e lhe agradar a ideia, pode adquirir um armário com cabides, onde os casacos dificilmente se amarrotarão. Se o espaço não é muito ou acha a ideia exagerada, adquira antes um simples cabide.

Uma outra solução, um pouco a recordar os tempos de antigamente, será colocar um pequeno sofá, cadeira ou puff, junto do telefone (isto partindo do princípio que ainda tem telefone de rede fixa na sua residência). Se tem a tendência para se deixar perder em conversas e falar horas sem fim ao telefone (ou telemóvel), o hall pode ser o local ideal para o fazer. Assim, não perturbará, nem será perturbado!

Se o seu hall é de dimensões reduzidas, utilize alguns truques de forma a torná-lo mais desafogado: escolha um espelho para colocar na parede e opte por cores claras. Ambas as ideias criam a ilusão do espaço ser maior do que é na realidade.

Uma outra solução para as paredes é o recurso a quadros ou fotografias. Uma boa fotografia logo na entrada de casa, especialmente se for de sua autoria, cativará os seus convidados!


Cláudia Bandeira

Título: Renove o seu hall de entrada

Autor: Cláudia Bandeira (todos os textos)

Visitas: 0

789 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 5 )    recentes

  • Daniela VicenteDaniela Vicente

    16-09-2012 às 21:26:52

    o meu hall é pequeno não dá para colocar nada. eu queria uma ideia era para as paredes, como molduras, um padrão. espelho também não é solução pois tenho um logo no corredor. definitivamente, a sua última dica é a mais preciosa para mim. o seu texto é fantástico e vai ser útil a muita gente que tiver dúvidas do que fazer com o seu hall de entrada. continua a divulgar os seus textos. parabéns.

    ¬ Responder
  • Daniela VicenteDaniela Vicente

    16-09-2012 às 21:25:26

    a minha casa tem um hall de entrada enorme, mas não sei o que fazer para colocar mais bonito e aprazível. gostei da sua dica, mas a minha sapateira esta logo no corredor e algo para pendurar a roupa era um problema, pois o meu companheiro nunca mais arrumava a roupa, nomeadamente, os casacões. o sítio para colocar as chaves também está muito perto da porta, por isso ainda não é por aí.

    ¬ Responder
  • RivaldoRivaldo

    08-02-2011 às 18:38:00

    Amei essa decoração!

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoDarcilia

    18-08-2009 às 15:43:29

    quero renovar o meu hall de entrada, só que este é tão pequeno que não sei bem como o modificar.
    O espelho no hall não me agrada muito, julgo que fica melhor no quarto, juljo que vou optar pelas fotos na parede.
    Não tem mais algumas sugestões?

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoClarinha

    18-08-2009 às 14:59:27

    Bem que preciso renovar o meu hall de entrada..Só que este é tão pequeno que nem sem bem como inovar..a ideia do espelho não me agrada, fica melhor para um quarto, vou optar pelas fotografias nas paredes.
    Gostei!

    ¬ Responder

Comentários - Renove o seu hall de entrada

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

A arte de trabalhar a madeira

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Serviços Construção
A arte de trabalhar a madeira\"Rua
A carpintaria constitui, digamos assim, a arte de trabalhar a madeira. É claro que, de acordo com o produto final, se percebe bem que uns carpinteiros são mais artistas do que outros…

Às vezes nem se trata tanto dos pormenores, mas mesmo de desvirtuar o que era a ideia inicial e constava da encomenda. Mal comparado, quase se assemelha à situação daquela aspirante a costureira que pretendia fazer uma camisola para o marido e, no fim, saíram umas calças!

Na construção civil, a madeira é utilizada para diversos fins, temporários ou definitivos. Na forma vitalícia (esperam os clientes!) incluem-se estruturas de cobertura, esquadrias (portas e janelas), forros, pisos e edifícios pré-fabricados.

Quase todos os tipos de madeira podem ser empregues na fabricação de móveis, mas alguns são preferidos pela sua beleza, durabilidade e utilidade. É conveniente conhecer as características básicas de todas as madeiras, como a solidez, a textura e a côr.

Ser capaz de identificar o género de madeira usado na mobília lá de casa pode ajudar a determinar o seu real valor. Imagine-se a possibilidade de uma cómoda velha, que estava prestes a engrossar o entulho para a recolha de lixo, ter sido feita com o que hoje se considera uma madeira rara.

É praticamente equivalente a um bilhete premiado do Euromilhões, dado que se possui uma autêntica relíquia! Nestes casos, a carpintaria entra na área do restauro e da recuperação. Afinal, nem tudo o que é velho se deita fora…

Por outro lado, as madeiras com textura mais fraca são frequentemente manchadas para ganhar personalidade. Aqui há que remover completamente o acabamento para se confirmar a verdadeira natureza da madeira.

É assim também com muita gente: tirando a capa, mostram-se autenticamente. Mas destes, nem um artificie com “bicho-carpinteiro” consegue fazer nada…!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:A arte de trabalhar a madeira

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Luene ZarcoLuene

    23-09-2014 às 13:23:35

    Uma excelente técnica que penso ser muito bonito e sofisticado. A arte de trabalhar madeira está sempre em desenvolvimento e crescimento.

    ¬ Responder
  • Rua DireitaRua Direita

    01-06-2014 às 05:18:46

    É ótimo o trabalho com a madeira. Pode-se perceber grandes obras que se faz com ela. Realmente, é uma verdadeira arte!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios