Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Vestuário > Verão 2011-Rendas e Transparências

Verão 2011-Rendas e Transparências

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Vestuário
Visitas: 4
Comentários: 1
Verão 2011-Rendas e Transparências

Duas das tendências para senhora, neste verão de 2011 é o uso a renda e de tecidos semitransparentes. Estas foram duas das muitas tendências apresentadas nos desfiles para a estação primavera/verão para este ano.

Falamos do uso da renda como um elemento decorativo para vários tipos de peças, tal como, tops, túnicas e/ou como material principal na confeção de vestidos de verão. Podemos apreciar nas imagens abaixo mostradas, algumas das propostas de alguns estilistas e o seu uso no dia a dia.

Certamente, este será um look interessante para experimentar, visto que ainda não está muito difundido, pelo menos no nosso país. Uma ganga ou uns calções com um top de renda ou um top simples com um aplique de renda, como ponto de destaque, certamente, fará algumas cabeças virarem.

Os vestidos de verão de renda, sejam eles curtos ou longos, serão mais indicados para uma saída à noite mais formal ou romântica, se bem que os vestidos longos serão mais indicados para uma inauguração ou um passeio à noite à beira-mar.


No que diz respeito, aos tecidos transparentes como tendência, refira-se que há que, ter primeiramente consciência de um ponto muito importante, a lingerie.

Porquê? Bem se vai dar uso a um top semitransparente ou até mesmo a um vestido, esteja certa que, a certo ponto a sua lingerie estará à vista de todos, portanto, se quiser arriscar experimentar este look, tenha a noção que a lingerie que escolher irá contribuir para um look consistente e diferente ou pelo contrário, poderá denegrir a sua imagem.

Tente usar um top ou vestido que seja constituído pelo menos de duas camadas sobrepostas deste tipo de material para que a peça de vestuário em questão, não seja completamente transparente.

Tanto no caso dos tops e vestidos feitos com estes tecidos semitransparentes, aconselha-se que o uso seja restrito à noite, pois ai haverá menos luzes à sua volta, que poderão a determinado ponto, tornar a peça em questão, demasiado transparente ou então se quer arriscar este look durante o dia, tente incorporar uma peça opaca, por debaixo da peça transparente.



Bruno Jorge

Título: Verão 2011-Rendas e Transparências

Autor: Bruno Jorge (todos os textos)

Visitas: 4

607 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • SophiaSophia

    12-06-2014 às 21:18:18

    Não gosto de roupas com rendas e nem transparências. Mas, quando usado de maneia correta deve ficar muito bonita.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Comentários - Verão 2011-Rendas e Transparências

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

A arte de trabalhar a madeira

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Serviços Construção
A arte de trabalhar a madeira\"Rua
A carpintaria constitui, digamos assim, a arte de trabalhar a madeira. É claro que, de acordo com o produto final, se percebe bem que uns carpinteiros são mais artistas do que outros…

Às vezes nem se trata tanto dos pormenores, mas mesmo de desvirtuar o que era a ideia inicial e constava da encomenda. Mal comparado, quase se assemelha à situação daquela aspirante a costureira que pretendia fazer uma camisola para o marido e, no fim, saíram umas calças!

Na construção civil, a madeira é utilizada para diversos fins, temporários ou definitivos. Na forma vitalícia (esperam os clientes!) incluem-se estruturas de cobertura, esquadrias (portas e janelas), forros, pisos e edifícios pré-fabricados.

Quase todos os tipos de madeira podem ser empregues na fabricação de móveis, mas alguns são preferidos pela sua beleza, durabilidade e utilidade. É conveniente conhecer as características básicas de todas as madeiras, como a solidez, a textura e a côr.

Ser capaz de identificar o género de madeira usado na mobília lá de casa pode ajudar a determinar o seu real valor. Imagine-se a possibilidade de uma cómoda velha, que estava prestes a engrossar o entulho para a recolha de lixo, ter sido feita com o que hoje se considera uma madeira rara.

É praticamente equivalente a um bilhete premiado do Euromilhões, dado que se possui uma autêntica relíquia! Nestes casos, a carpintaria entra na área do restauro e da recuperação. Afinal, nem tudo o que é velho se deita fora…

Por outro lado, as madeiras com textura mais fraca são frequentemente manchadas para ganhar personalidade. Aqui há que remover completamente o acabamento para se confirmar a verdadeira natureza da madeira.

É assim também com muita gente: tirando a capa, mostram-se autenticamente. Mas destes, nem um artificie com “bicho-carpinteiro” consegue fazer nada…!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:A arte de trabalhar a madeira

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Luene ZarcoLuene

    23-09-2014 às 13:23:35

    Uma excelente técnica que penso ser muito bonito e sofisticado. A arte de trabalhar madeira está sempre em desenvolvimento e crescimento.

    ¬ Responder
  • Rua DireitaRua Direita

    01-06-2014 às 05:18:46

    É ótimo o trabalho com a madeira. Pode-se perceber grandes obras que se faz com ela. Realmente, é uma verdadeira arte!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios