Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Energias Renováveis > Óleo de cozinha e o meio ambiente

Óleo de cozinha e o meio ambiente

Óleo de cozinha e o meio ambiente

O óleo de cozinha, aquele que geralmente sobra depois de frituras, se não for descartado corretamente poda causar grandes danos ao meio ambiente. Muitas pessoas, restaurantes e estabelecimentos comerciais, por não terem informação sobre como descartar corretamente o óleo ou por qualquer outro motivo, acabam jogando o óleo de cozinha utilizado no esgoto, em algum terreno baldio e em outros locais.
Quando esse óleo é jogado em locais indevidos, pode causar a impermeabilização do solo, deixando esses lugares propícios a enchentes. E também, a decomposição do óleo de cozinha libera o gás metano, um dos causadores do efeito estufa.
Quando jogado no ralo da pia ou na rede de esgoto, o óleo pode causar o entupimento dos canos, gerando gastos. Além disso, ele também pode chegar até os rios e causar sua contaminação. Estima-se que 1 litro de óleo é capaz de contaminar 20 mil litros de água.
Para evitar esses danos ao meio ambiente e ser um cidadão consciente, veja algumas formas de dar um fim correto para o óleo de cozinha.

Soluções para o óleo de cozinha
Em São Paulo, pesquisadores da USP desenvolveram um método para transformar o óleo de cozinha em Biodiesel, transformando-o em uma fonte de energia renovável.
Outra opção para se dar um destino correto ao óleo de cozinha é fazer sabão. Qualquer pessoa interessada em fazer esse tipo de reaproveitamento pode fazer o sabão, pois, o método é bem simples. Veja abaixo, como fazer.

Ingredientes
2 litros de óleo de cozinha usado;
350 g de soda cáustica em escama;
350 ml de água.

Modo de preparo
Junte a soda cáustica com a água em uma vasilha bem forte e misture até dissolver toda a soda cáustica. Guarde essa mistura. Coe o óleo e coloque-o em um recipiente que possa ser levado ao fogo.
Depois, deixe o óleo no fogo até atingir aproximadamente 60°C. Desligue o fogo e acrescente a mistura de soda cáustica, mexendo até engrossar, de 20 a 30 minutos. Após isso, basta adicionar a mistura final em formas para o sabão e esperar secar.
Precauções e lembretes: Quando for fazer a mistura da soda cáustica com a água, utilize luvas e óculos de proteção. Depois que o sabão estiver pronto, deixe-o parado por alguns dias antes de utiliza-lo.

Rua Direita

Título: Óleo de cozinha e o meio ambiente

Autor: Rua Direita (todos os textos)

Visitas: 0

648 

Comentários - Óleo de cozinha e o meio ambiente

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Receptores digitais

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: TV HIFI
Receptores digitais\"Rua
Os receptores digitais são instrumentos que têm a função de receber sinal por via de canais digitais.

De acordo com a sua função, estes canais poderão ser satélite ou por cabo. Actualmente, já existem bastantes serviços de televisão por cabo que funcionam apenas com estes receptores, uma vez que é através deles que se consegue ter acesso não só aos canais de serviço, mas também a pacotes codificados.

O serviço de recepção de canais por satélite é um sistema independente para o qual é necessário ter um disco receptor satélite de modo a poder ter canais digitais fora dos serviços prestados pelos operadores de televisão digital.

Este instrumento permite que os próprios ecrãs sem tecnologia digital passem a usufruir desta através destes receptores. No entanto, a melhor qualidade só é garantida com um ecrã já com esta tecnologia.

Os receptores digitais permitem também aceder a uma multiplicidade de serviços, desde que devidamente configurados. Por exemplo, com estes receptores, é possível aceder a menus específicos de pausa de emissão para depois ser continuada, de serviços on-demand ou acesso a portais específicos, entre outros.

Esta pequena caixinha permite ao seu utilizador usufruir da televisão a um novo nível, de modo a que possa ter todas as comodidades no conforto do lar. 

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Receptores digitais

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    04-06-2014 às 06:53:28

    Gostei dos receptores digitais. Bom texto abordando isso.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios