Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Energias Renováveis > As enegias renováveis no mercado mundial

As enegias renováveis no mercado mundial

As enegias renováveis no mercado mundial

As energias renováveis ganham cada vez mais espaço no mercado mundial. 95% da energia utilizada provém de carvões minerais, petróleo e gás natural, energias não renováveis. Só que a produção destes não pode continuar de forma indefinida, o que torna urgente a necessidade de encontrar energias alternativas e renováveis. As hipóteses mais estudadas são a energia solar, a eólica, a hidroeléctrica, a geotérmica e a das marés.

A energia solar tem a ver com a utilização indirecta dos raios solares na produção de energia e isto implica a utilização de um colector solar. Assim, o calor captado no sistema pode ser transferido pela circulação de ar ou de um fluído líquido e aquecem o ambiente interior e da água, quer para consumo doméstico, quer para consumo comercial. A maior vantagem é o facto da energia solar ser gratuita, só que os colectores solares ainda apresentam um preço muito elevado. Também já se está a estudar este tipo de energia para produzir electricidade, só que a continuidade desta energia é incerta, porque além de ser ineficiente, as células são caras e deterioram-se facilmente.

A energia eólica é tida como a forma de energia mais barata e menos poluente, sendo já utilizada há centenas de anos, onde era usada para extrair água dos poços e para produzir electricidade. O futuro deste tipo de energia é bastante promissor, porém apresenta algumas dificuldades, já que tem diversos problemas técnicos para resolver na construção das turbinas.

A energia hidroeléctrica é também uma energia renovável, no entanto as barragens construídas para a sua produção têm um tempo de duração limitado. A determinação de locais com capacidade para tal, é um aspecto que limita o desenvolvimento em larga escala da produção deste tipo de energia.

A energia geotérmica é a energia contida sob a forma de calor natural no interior da terra. Como não se pode usar directamente a fonte de calor, tem-se tentado aproveitar o calor que se liberta até à superfície sob a forma de vapor. Esta energia tem sido utilizada para produzir electricidade e directamente no aquecimento de algumas cidades. Alguns peritos admitem que esta energia poderá vir a satisfazer cerca de 20% das necessidades energéticas mundiais.

Por fim, temos a energia das marés, que se caracteriza pela construção de um açude na entrada de uma baía, numa costa onde a variação das marés seja significativa. O fluxo de água pode ser usado para mover turbinas e geradores eléctricos.


Rua Direita

Título: As enegias renováveis no mercado mundial

Autor: Rua Direita (todos os textos)

Visitas: 0

678 

Imagem por: Jeremy Levine Design

Comentários - As enegias renováveis no mercado mundial

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Um sinal de compromisso

Ler próximo texto...

Tema: Jóias Relógios
Um sinal de compromisso\"Rua
Exibir uma aliança de compromisso é, frequentemente, motivo de orgulho e, quando se olha para ela, vai-se rodando-a no dedo e fica-se com aquela expressão ridícula na cara.

Uma questão se coloca: qual a razão de estas alianças de compromisso serem tão fininhas: será porque os seus principais clientes, os jovens, são sujeitos de poucas posses (tendendo as mesadas a emagrecer ainda mais com a crise generalizada) ou porque esse compromisso, não obstante a paixão arrebatadora, é frágil e inseguro?

Sim, porque aqui há que fazer cálculos matemáticos: x compromissos vezes y alianças…com um orçamento limitado sobre um fundo sentimental infinito…

Depois, importa perpassar os tipos destas alianças. Há as provisórias, que duram em média quinze dias; há as voadoras, que atravessam os ares à velocidade da luz quando a coisa dá para o torto; há as que insistem em cair do dedo, sobretudo em momentos em que ter um compromisso se revela extremamente inoportuno; e depois há as residentes, que uma vez entradas não tornam a sair.

Os pombos-correios usam anilhas onde figuram códigos que os identificam. Talvez não fosse completamente descabido fazer umas inscrições deste género em algumas alianças de compromisso por aí…

Só para ajudar os mais esquecidos a recordarem a que “pombal” pertencem.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Um sinal de compromisso

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Luene ZarcoLuene

    22-09-2014 às 05:46:10

    Um sinal de amor e lealdade perpétua! Adoro ver os vários modelos de aliança! Vale a pena escolher uma bem bonita!

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios