Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Máquinas > Como Consertar Sua Máquina De Costura

Como Consertar Sua Máquina De Costura

Categoria: Máquinas
Visitas: 12
Como Consertar Sua Máquina De Costura

Desde 1850, Isaac Merritt Singer tem ajudado costureiros a criarem projetos mais rapidamente e com melhor visual. Máquinas de costura possuem vários problemas comuns e máquinas lentas podem ser consertadas solucionando alguns problemas simples. De acordo com a Sewing Machine Tech, 2,5% dos problemas em máquinas são elétricos, 15% são causados por falta de lubrificação e 22% por falta de limpeza. Cheque os passos um de cada vez, testando a máquina após cada um. Se completar os passos e não obtiver sucesso, leve-a ao conserto.
Instruções

1


Desligue-a da tomada e teste a máquina de costura substituta.

2


Desligue o controle de pé e coloque o substituto. Teste a máquina.

3


Abra a caixa de bobinas e o compartimento do motor
sewing machine image by pavel siamionov from Fotolia.com
Abra a caixa de bobinas e o acesso ao motor. De acordo com a Sewing Machine Tech, as principais causas da lentidão de uma máquina são "fios enrolados, uso de óleo ou lubrificantes incorretos, lubrificação incorreta, falta de uso, entupimento, cinto muito apertado ou muito solto, falta de limpeza, peças estragadas".

4


Desligue a máquina. Procure por fios enrolados no motor ou em qualquer bobina. Use a pinça para levantar a linha e utilize a tesoura para cortá-la. Use novamente a pinça para tirar os fios das partes da máquina. Ligue-a e teste.

5


Desligue a máquina. Remova a bobina e insira uma nova. Sopre a poeira da área. Use pinça para retirar qualquer fio enrolado. Ligue a máquina de costura e teste.

6


Poeira se acumula ao longo do tempo dentro da máquina de costura
details of machine image by Leonid Nyshko from Fotolia.com
Desligue a máquina. Abra o compartimento do motor. Procure por qualquer acumulação de óleo ou poeira. Umedeça um papel-toalha e adicione umas gotas de detergente antigordura. Limpe e seque com outro papel-toalha. Se a substância pegajosa resistir, use o papel-toalha com um solvente para remover a substância. Seque com outra toalha. Ligue a máquina e teste. De acordo com o manual da máquina de costura Singer, "o número de vezes que deverá limpar e lubrificar a máquina depende de quanto você a usa. Quando o uso é regular, a máquina deve ser limpada periodicamente para remover sujeiras que se acumulam".

7


Desligue a máquina. Abra o compartimento do motor. Coloque um papel-toalha embaixo do pé de pressão, em volta do braço da máquina. Coloque gotas de óleo no braço do motor (um longo braço que se move para cima e para baixo) e em qualquer engrenagem. Distribua o óleo pela máquina, depois limpe o excesso com papéis-toalha. Ligue a máquina e teste.

8


Desligue a máquina. Consulte o manual, para instruções de como substituir o cinto. Cintos muito apertados ou muito soltos deixam a máquina lenta. Ligue-a e teste-a. Se continuar lenta, leve-a ao conserto.


Miguel Pereira

Título: Como Consertar Sua Máquina De Costura

Autor: Miguel Pereira (todos os textos)

Visitas: 12

567 

Comentários - Como Consertar Sua Máquina De Costura

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Martelos e marrettas

Ler próximo texto...

Tema: Ferramentas
Martelos e marrettas\"Rua
Os martelos e as marretas são, digamos assim, da mesma família. As marretas poderiam apelidar-se de “martelos com cauda”. Elas são bastante mais robustas e mantêm as devidas distâncias: o cabo é maior.

Ambos constituem, na sua génese, amplificadores de força destinados a converter o trabalho mecânico em energia cinética e pressão.

Com origem no latim medieval martellu, o martelo é um instrumento utilizado para “cacetear” objectos, com propósitos vários, pelo que o seu uso perpassa áreas como o Direito, a medicina, a carpintaria, a indústria pesada, a escultura, o desporto, as manifestações culturais, etcétera, variando, naturalmente, de formas, tamanhos e materiais de composição.

A diversidade dos martelos é, realmente, espantosa. O mascoto, por exemplo, é um martelo grande empregue no fabrico de moedas. Com a crise económica que assola o mundo actualmente, já se imaginam os governantes, a par dos banqueiros, de martelo em punho para que não falte nada às populações…

Há também o marrão que, mais do que o “papa-livros” que tira boas notas a tudo, constitui um grande martelo de ferro, adequado para partir pedra. Sempre poupa trabalho à pobre água mole…

O martelo de cozinha serve para amaciar carne. Daquela que se vai preparar, claro está, e não da de quem aparecer no entretanto para nos martelar a paciência…!

Já no âmbito desportivo, o lançamento do martelo representa uma das provas olímpicas, tendo sido recentemente adoptado na modalidade feminina. Imagine-se se, em vez do martelo, se lançasse a marreta… seria, certamente, mesmo sem juiz nem tribunal, a martelada que sentenciaria a sorte, ou melhor, o azar de alguém!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Martelos e marrettas

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios