Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Saúde > O que é o exame papanicolaou?

O que é o exame papanicolaou?

Categoria: Saúde
O que é o exame papanicolaou?

As mulheres de vem fazer exames ginecológicos com regularidade a fim de evitar problemas graves com a sua saúde. Por exemplo o exame do papanicolaou é essencial para detectar o cancro do colo do útero. É um exame de prevenção, no entanto pode reduzir em muito a morte por este tipo de cancro. Não serve só para detectar este mas também para analisar as condições do corpo da mulher, o seu nível hormonal, as doenças da vagina e do colo do útero.

É aconselhável fazer anualmente o exame e ser der negativo fazer de três em três anos. Deve iniciar-se aos dezoito anos e continuar depois periodicamente. Os factores de risco para este tipo de cancro são: início de actividade sexual antes dos dezoito anos, múltiplos parceiros sexuais, falta de higiene e antecedentes familiares de cancro do útero e seropositivos.

O exame ginecológico completo consiste na palpação das mamas, e depois na introdução de um especulo pelo centro canal vaginal para ver o colo do útero. Depois recolhe-se as células para um exame de microscópio. Estas são recolhidas por meio de uma espátula e uma escovinha pequena. São depois colocadas numa lâmina e enviadas para um laboratório especializado em cito patologia. É realizado com a mulher deitada numa maca e com as pernas levantadas e abertas. Pode ser conhecido também por PSP.

Se o exame der negativo é conveniente realizá-lo só de três em três anos mas se der positivo deve fazer-se de seis em seis meses, especialmente se for detectada alguma irritação ou infecção. Antes da sua realização deve haver abstinência de relações sexuais durante três dias e não deve usar-se cremes vaginais.

No caso de haver alterações das células convêm fazer os tratamentos necessários para o cancro. Além de diagnosticar previne muitos problemas ginecológicos de modo que o rastreio é sempre recomendável. Determina ainda os riscos de se vir a contrair essa doença. No inicio começa por ser uma doença silenciosa mas depois dá dores e sangramento. Deste modo é necessário cuidar da saúde em geral e da íntima. Como o melhor remédio é a prevenção torna-se necessária cautela com os parceiros íntimos, evitar a multiplicidade e as doenças sexualmente transmissíveis. A higiene é fundamental para preservar ou evitar estas doenças.

No caso de mulheres que já retiraram o útero o risco também é grande tal como nas sexualmente activas. O cancro descoberto de inicio è curável de modo que se deve investir na sua prevenção fazendo o rastreio.


Teresa Maria Batista Gil

Título: O que é o exame papanicolaou?

Autor: Teresa Maria Gil (todos os textos)

Visitas: 0

765 

Imagem por: Subconsci Productions

Comentários - O que é o exame papanicolaou?

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Como fazer disfarces de Carnaval

Ler próximo texto...

Tema: Vestuário
Como fazer disfarces de Carnaval\"Rua
O ano começa e depressa chega uma data muito ansiada principalmente pelos mais jovens: o desejado Carnaval!

Esta é uma data que os pequenos adoram e deliram com as fantasias. O problema maior é a despesa que os disfarces representam e no ano seguinte já não usarão o mesmo disfarce ou, no caso dos mais pequenos, já não lhes serve.
O melhor nesta data é mesmo reciclar e aprender a fazer disfarces caseiros utilizando truques mais económicos e materiais reciclados para preparar as fantasias dos pequenitos!

Uma sugestão para os meninos é o traje de pirata que pode facilmente ser criado a partir de peças que tenha em casa. Procure uma camisa de tamanho grande e, de preferência, de cor branca com folhos. Se não tiver uma camisa com estas características facilmente encontrará um modelo destes no guarda-vestidos de alguma familiar, talvez da avó.

Precisará de um colete preto. Na falta do colete pode utilizar um casaco preto que esteja curto, rasgue as mangas pelas costuras dos ombros. As calças devem ser velhas e pretas para poderem ser cortadas na zona das pernas para envelhecer a peça. Coloque um lenço preto ou vermelho na cabeça do menino e, de seguida, com um elástico preto e um pouco de velcro tape um dos olhos.

Para as meninas não faltam ideias originais para fazer disfarces bonitos e especiais para este dia. Uma ideia original é a fantasia de Flinstone. É muito fácil e prática de fazer e fica um disfarce muito bonito. Comece por arranjar um pedaço de tecido branco. Coloque o tecido em volta do corpo como uma toalha de banho e depois amarre num dos braços fazendo uma alça. Depois corte as pontas em ziguezague mantendo um lado mais comprido que o outro. Amarre o cabelo da menina todo no cimo da cabeça, como se estivesse a fazer um rabo-de-cavalo mas alteie-o mais. Com o auxílio de um pente frise o cabelo, pegando nas pontas e passando o pente em sentido contrário até que fique todo despenteado. Numa loja de disfarces compre um osso de plástico e prenda na fita da criança.

Pegue nos materiais, puxe pela imaginação e ponha mãos ao trabalho!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Como fazer disfarces de Carnaval

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    09-06-2014 às 04:01:21

    Não em carnaval, mas em bailes de fantasia, sempre usei o TNT. Eles são ótimos para trabalhar o corte, para costurar e deixa bem bonito!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios