Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Saúde > A importância de um check-up

A importância de um check-up

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Saúde
Comentários: 1
A importância de um check-up

Vivemos todos os dias a uma velocidade extra. Não nos limitamos a trabalhar, mas a ter uma vida profissional e uma carreira, tal como não nos limitamos a ter filhos, mas sim a ser verdadeiros pais. Para além disso, apanhamos trânsito, saímos com amigos, vamos ao teatro ou ao cinema, fazemos compras, gerimos a nossa casa, tratamos das plantas lá de casa, lavamos o carro, enfim, estamos assoberbados de milhões de coisas que fazemos já de forma automática e livre de grandes preocupações ou planos. Fazem parte da nossa vida, daquilo que adotámos como estilo de dia a dia. Sentimo-nos cansados muitas vezes e com uma alimentação por vezes desequilibrada, sentimo-nos fracos, acontecendo por vezes até, deprimidos.

Segue a falta de apetite e as insónias. Na realidade não tem qualquer problema que lhe cause todos estes transtornos de saúde, mas o simples facto de não tirar um dia para puro e simplesmente descansar, podem causar o inicio de algo mais complicado.

Descuidamo-nos connosco, e isso é uma realidade.

Deixo-lhe agora a pergunta? Quando foi a última vez que fez um check-up no seu médico? Faz muito tempo, não é? Mas tem consciência que não devia ser assim, e a verdade é que além de pensar muitas vezes no assunto, até o comenta à hora de jantar com a sua cara-metade.

Pois bem, além de estar na hora, dizemos-lhe que tipo de rastreio deve fazer para ter certezas de que está na sua melhor forma.

Em primeiro lugar, análises clínicas devem ser feitas com alguma regularidade. Colesterol, triglicéridos, diabetes, enfim, um inúmero de coisas que através da recolha de sangue pode ser verificado.

Analises à urina também é importante e problemas renais podem ser descobertos, por exemplo.

Se se cansa com alguma frequência, peça ao seu médico para fazer um electrocardiograma. O seu coração pode ter a necessidade de ser vigiado. Um exame aos pulmões também pode ser fundamental, mais ainda se for fumador.

Para as senhoras, a ida ao ginecologista é fundamental. Apalpação da mama é de extrema importância em qualquer idade.

Se for homem e já tiver passado os 50, uma ida ao urologista é importante. Não se esqueça que problemas na próstata existem e poderá estar em grupo de risco.

Naturalmente que se padece de uma doença especifica, terá de fazer exames médicos com bastante regularidade e ser acompanhado por um especialista, mas mesmo que não seja este o seu caso, previna-se de qualquer coisa que possa aparecer.

Um check-up anual não faz de si um hipocondríaco, mas sim uma pessoa cuidada. Viva bem e com as precauções necessárias. Seja saudável.



Carla Horta

Título: A importância de um check-up

Autor: Carla Horta (todos os textos)

Visitas: 0

644 

Imagem por: Yuya Tamai

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • Sofia NunesSofia Nunes

    16-09-2012 às 14:23:20

    Tenho de confessar, como resposta à pergunta que dirige ao leitor no seu artigo, que nunca fiz um check-up médico. Faço parte da grande maioria de pessoas que, por negligência ou por receio irracional dos consultórios, apenas vai ao médico quando estritamente necessário, em virtude de doença ou quando é necessário o aval do médico para participar em atividades desportivas. O mesmo comportamento descuidado por parte da população aplica-se também à realização de análises clínicas.

    ¬ Responder

Comentários - A importância de um check-up

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Informática
Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?\"Rua
Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Bom, Não é de hoje que tecnologia vem surpreendendo a todos nós com grandes revoluções e os custos que diminuem cada vez mais.
Hoje em dia é comum ver crianças com smarthphones com tecnologia que a 10 anos atrás nem o celular mais moderno e caro do mercado tinha.
Com isso surgiram sugiram vários profetas da tecnologia e visionários, tentando prever qual será o próximo passo.

E os filmes retratam bem esse tema e usam essa formula que atrai a curiosidade das pessoas.
Exemplos:

Minority report - A nova lei de 2002 (Imagem)

Transcendence de 2014

Em Transcendence um tema mais conspiratório, onde um ser humano transcende a uma consciência artificial e assim se torna imortal e com infinita capacidade de aprendizagem.
Vale a pena ver tanto um quanto o outro filme. Algumas tecnologias de Minority Report, como utilizar computadores com as mãos (caso do kinect do Xbox 360 e One) e carros dirigidos automaticamente, já parecem bem mais próximo do que as tecnologias vistas em Transcendence, pois o foco principal do mesmo ainda é um tema que a humanidade engatinha, que é o cérebro humano, a máquina mais complexa conhecida até o momento.

Eu particularmente, acredito que em alguns anos teremos realmente, carros pilotados automaticamente, devido ao investimento de gigantes como o Google e o Baidu nessa tecnologia.

Também acho que o inicio da colonização de Marte, vai trazer grandes conquistas para humanidade, porém grandes desafios, desafios esses que vão nos obrigar a evoluir rapidamente nossa tecnologia e nossa forma de encarar a exploração espacial, não como um gasto, mas sim como um investimento necessário a toda humanidade e a perpetuação da sua existência.

A única salvação verdadeira para humanidade e para o planeta terra, é que seja possível o ser humano habitar outros planetas, seja localizando planetas parecidos com a terra ou mudando planetas sem condições para a vida em planetas habitáveis e isso só será possível com gente morando nesses planetas, como será o caso do Marte. O ser humano com a sua engenhosidade, aprendeu a mudar o ambiente a sua volta e assim deixou de ser nômade e da mesma forma teremos que aprender a mudar os mundos, sistemas, galáxias e o universo a nossa volta.

Espero que tenham gostado do meu primeiro texto.
Obrigado à todos!
Até a Próxima!


Pesquisar mais textos:

Érico da Silva Kaercher

Título:Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Autor:Érico da Kaercher(todos os textos)

Imagem por: Yuya Tamai

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios