Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Decoração > Como fazer Velas?

Como fazer Velas?

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Decoração
Como fazer Velas?

Se há muitos anos as velas serviam para iluminar pela ausência de luz elétrica, nos dias que correm, as velas servem para perfumar, causar charme à casa e para fazer de um jantar, um momento único de romantismo. As velas são um fruto elegante para qualquer altura e não sendo dispendiosas “arrumam” a sua casa porque chamam a atenção.

Existem-nas de todas as cores e formatos, tamanhos e feitios e em qualquer lugar as podemos encontrar para comercialização. Mas sabe que as velas caseiras ficam muito mais baratas? E a melhor ideia é a de podermos utilizar copos originais para iluminar de forma elegante a nossa casa.

O processo não é complicado e como tudo na vida, quanto mais a experiencia de as fazer, mais perfeitas e ousadas as suas velas irão nascer.

Para começar, tenha `mão uma panela grande, colher de pau com cabo longo e o copo onde vai fazer a sua vela. Para a execução, é essencial a parafina e o pavio ou barbante encerado.




Agora coloque a parafina na panela e leve ao lume em banho-maria. Vá mexendo sempre até a parafina derreter na totalidade. Logo assim que esta derreter na totalidade, desligue o fogão. Coloque agora o pavio no sítio correto, mantendo uma ponta longa do lado de fora de forma a poder segurá-lo sem se queimar. Despeje a parafina no copo escolhido. Agora é só deixar secar.

Mas e se quiser que elas tenham uma cor original? Use corantes das cores que desejar.

Seja original e numa próxima vez, decida-se por um aroma a canela. Para o efeito, use essência de canela (a baunilha também é uma ótima ideia.)
Uma boa ideia é também conseguir que as velas se despeguem do copo onde o colocou a secar. Uma das melhores dicas para uma fácil descolagem é untar todo o copo com vaselina antes de colocar a parafina quente.

Assim, vai conseguir fazer velas de vários tamanhos, formas e cores.

Para que as velas flutuem, opte por moldes mais pequenos. Só as velas pequenas e rasas conseguirão segurar-se no topo da água.

Experimente cores, cheiros e as mil e uma ideias que poderá ter na altura de imaginar as suas velas.


Carla Horta

Título: Como fazer Velas?

Autor: Carla Horta (todos os textos)

Visitas: 0

654 

Comentários - Como fazer Velas?

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Um sinal de compromisso

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Jóias Relógios
Um sinal de compromisso\"Rua
Exibir uma aliança de compromisso é, frequentemente, motivo de orgulho e, quando se olha para ela, vai-se rodando-a no dedo e fica-se com aquela expressão ridícula na cara.

Uma questão se coloca: qual a razão de estas alianças de compromisso serem tão fininhas: será porque os seus principais clientes, os jovens, são sujeitos de poucas posses (tendendo as mesadas a emagrecer ainda mais com a crise generalizada) ou porque esse compromisso, não obstante a paixão arrebatadora, é frágil e inseguro?

Sim, porque aqui há que fazer cálculos matemáticos: x compromissos vezes y alianças…com um orçamento limitado sobre um fundo sentimental infinito…

Depois, importa perpassar os tipos destas alianças. Há as provisórias, que duram em média quinze dias; há as voadoras, que atravessam os ares à velocidade da luz quando a coisa dá para o torto; há as que insistem em cair do dedo, sobretudo em momentos em que ter um compromisso se revela extremamente inoportuno; e depois há as residentes, que uma vez entradas não tornam a sair.

Os pombos-correios usam anilhas onde figuram códigos que os identificam. Talvez não fosse completamente descabido fazer umas inscrições deste género em algumas alianças de compromisso por aí…

Só para ajudar os mais esquecidos a recordarem a que “pombal” pertencem.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Um sinal de compromisso

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Luene ZarcoLuene

    22-09-2014 às 05:46:10

    Um sinal de amor e lealdade perpétua! Adoro ver os vários modelos de aliança! Vale a pena escolher uma bem bonita!

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios