Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Decoração > Adesivos De Geladeira

Adesivos De Geladeira

Categoria: Decoração
Adesivos De Geladeira

É difícil dizer precisamente quando surgiu a idéia de se utilizar a geladeira para servir de suporte a elementos decorativos. O que se sabe é que os pingüins, feitos em cerâmica, foram os primeiros “habitantes” deste novo mundo de possibilidades.

Os pingüins tiveram seu auge até os anos 70, quando começaram a declinar. Até essa década era impossível imaginar uma geladeira sem esses animais fazendo poses. A aquisição e exposição deste adereço equivalia à posição social, conferindo status ao seu proprietário. Na década seguinte, porém, o que era sofisticação passou a ter uma conotação pejorativa, e os pingüins foram sendo deportados.

As geladeiras, entretanto, não ficariam para sempre livres de sua função secundária de “centro de exposição”. Aparentemente, tudo começou com a idéia de alguém de memória fraca, ao fixar na porta da geladeira recadinhos e lembretes, seguros por ímãs. Sairia daí o aperfeiçoamento da técnica, que daria origem aos hoje conhecidíssimos adesivos de geladeira.

Assim como os pingüins, os adesivos se tornaram uma mania, embora sem alcançar o “glamour” dos primeiros. Antes da aparência atual, esses adesivos tiveram uma fase mais artesanal, na qual se fabricavam enfeites em resina que colavam na superfície valendo-se de pequenos pedaços de ímã. Esses adornos, teoricamente, não estavam ali apenas para enfeitar, mas para garantir a fixação de pequenos textos, como listas de compras, telefones úteis, ou agendamento de alguma atividade que não poderia ser esquecida. Na sua produção, materiais diversificados como papel machê, silicone, biscuit, porcelana, crochê, plástico e conchas.

Aproveitando a utilidade do objeto para o lembrete, departamentos de marketing de várias empresas encontraram um veio vocacionado à propaganda. Barata, prática e direta ao consumidor. Em uma palavra: eficaz.

Visando à publicidade, abriu-se um campo de pesquisa de materiais para produção mais eficiente destes produtos, descobrindo-se a manta magnética. Colando-se a materiais ferrosos, esta manta tem uma função próxima a do ímã, embora menos eficiente. A seu favor, a maleabilidade que lhe permite ser cortada facilmente e a possibilidade de ser revestida com plástico imprimível e impermeável. Ou seja, um material com predisposição para substituir os ímãs de geladeira, agora em forma de adesivos.

Artesanal ou profissionalmente, estes adesivos multiplicam-se diariamente, numa produção em larga escala. Em alguns casos, servem de alternativa aos cartões de visita, estampando marcas, serviços e telefones que, em algum momento, podem ser úteis e, por isso, merecem lugar de destaque. Na geladeira, claro.


Hediene

Título: Adesivos De Geladeira

Autor: Hediene Hediene (todos os textos)

Visitas: 0

796 

Imagem por: orazal

Comentários - Adesivos De Geladeira

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Manutenção Automovel

Ler próximo texto...

Tema: Automóveis
Manutenção Automovel\"Rua
Faça você mesmo a revisão do seu automóvel e poupe dinheiro em oficinas. Primeiro verifique com a ajuda de outra pessoa a iluminação exterior. Uma pessoa fica no interior do carro e liga as luzes, verifique á frente os mínimos, os médios, os máximos e os piscas. Depois atrás verifique os mínimos os stop a marcha atrás e o farol de nevoeiro.

A seguir verifique a iluminação do interior do veículo e do painel de instrumentos e a afinação do travão de mão.

Agora está na hora de verificar os filtros de ar, gasóleo e habitáculo. Dependendo da utilização eles podem fazer em média 40.00km, se estiverem sujos substitua-os por novos.

A seguir vem a mudança do óleo este em geral pode-se retirar pelo bujão de vazamento do cárter, convém substituir a anilha e o filtro de óleo. O óleo novo deve respeitar as especificações do fabricante, verificar no livro de manual de utilizador do veículo os litros de óleo do motor. Meter o óleo novo pelo bucal superior do motor com a ajuda de um funil, o nível do óleo não pode ultrapassar o máximo. Se não sabe a quantidade de óleo deite 4 litros e depois verifique o nível pela vareta de verificação de nível e vá deitando até chegar ao nível certo.

Agora é preciso verificar as pastilhas de travões, hoje em dia como quase todos os veículos têm jantes especiais consegue verificar sem desmontar as rodas. Substituir se necessário as pastilhas, ao desmontar repare como desmonta para depois voltar a montar tudo de novo. Por fim verifique a pressão dos pneus com um manómetro, a pressão indicada varia de carro pra carro se não sabe a pressão indicada ponha 2.2bar que é em média a pressão que todos utilizam.

Convém dizer que qualquer material que precise basta procurar numa loja de peças auto próxima de si ou então encomendar via net pois existem vários sites especializados em peças e materiais de manutenção auto. Vai ver que não custa nada se eu aprendi você também pode aprender e além disso fica a conhecer melhor o seu carro.

Com isto tudo pode poupar em média 200€ por cada revisão.
Obrigado e até a próxima.

Outros textos do autor:
Manutenção Automovel

Pesquisar mais textos:

Vendas Online

Título:Manutenção Automovel

Autor:Vendas Online(todos os textos)

Imagem por: orazal

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    17-06-2014 às 04:55:10

    Há inúmeros benefícios para fazer a manutenção do automóvel, pois isso garante melhor preservação do veículo e se prolonga o uso por muitos e muitos anos.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios