Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Energias Renováveis > O que é a reciclagem?

O que é a reciclagem?

Visitas: 2
Comentários: 4
O que é a reciclagem?

O lixo é um dos maiores problemas a nível mundial, dia após dia o lixo produzido pela população aumenta cada vez mais. Todos os dias é recolhido toneladas de lixo de industrias, residências, escritórios, fábricas, hospitais...A quantidade de lixo gerado por uma pessoa diariamente atinge à volta de 5Kg, multiplicando este valor por toda a população existente no planeta, este número atinge valores elevadíssimos.

Desta forma surge a questão: Onde colocar todo este lixo?

A reciclagem surge como uma das soluções para este problema, através desta é possível diminuir o consumo de matérias-primas, a quantidade de lixo e a poluição.

O termo “reciclagem” surgiu no ano de 1970, altura em que ocorreu a crise do petróleo e a sociedade começou a dar maior importância ás preocupações ambientais. Foi nesta década que apareceu o primeiro movimento de defesa do meio ambiente.

Podemos definir a reciclagem como um conjunto de técnicas que tem como objectivo aproveitar os detritos e voltar a utilizá-los no ciclo produtivo de que saíram, com o objectivo de reduzir a quantidade de lixo produzido. Resulta de um conjunto de actividades, das quais os materiais que têm como destino o lixo, são aproveitados, separados e processados de forma a serem utilizados como matéria prima para a fabricação de novos produtos. O produto reciclado, na maiorias das vezes é diferente do produto inicial da reciclagem.

Muitos dos materiais reciclados demoram bastante tempo a decomporem-se e a reintegrarem-se no meio ambiente, por exemplo uma garrafa de plástico pode demorar 1 milhão de anos a decompor-se.
Vários materiais podem ser aproveitados para a reciclagem, tal como o papel, o vidro, o plástico e o metal.

Este processo trás inúmeros benefícios para a preservação do nosso planeta, possibilita poupar a natureza da extracção dos recursos naturais, tal como a energia, a agua e a matéria prima, a diminuição da poluição e da quantidade de lixo que é colocada nos aterros sanitários, uma vez que 30% em peso do lixo corresponde a material que pode ser reciclado.

A reciclagem não só trás vantagem para o ambiente como também beneficia a economia e a sociedades.
Diminui a poluição nas cidades e torna mais fácil a limpeza destas, ao aumentar o tempo de vida útil dos aterros sanitários, origina novos postos de trabalho, entre outros.

E você? Já recicla o seu lixo?


Rua Direita

Título: O que é a reciclagem?

Autor: Rua Direita (todos os textos)

Visitas: 2

797 

Imagem por: Aine D

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 4 )    recentes

  • M.L.E.- Soluções de Climatizaçãobrenda stefane

    04-07-2013 às 07:10:04

    as escolas deveriam aprofundar mais esse tema reciclagem.
    para tornar uma cidade melhor.
    inclusive a minha

    ¬ Responder
  • Gabriel

    26-02-2013 às 09:09:13

    Quero saber o que é a reciclagem

    ¬ Responder
  • Daiany Nascimento

    17-09-2012 às 20:30:52

    A falta de conhecimento sobre o assunto da reciclagem reflete no acúmulo de matérias no meio ambiente. Obrigada pelas informações!

    ¬ Responder
  • rosimeire

    15-08-2012 às 20:09:27

    olá pessoal vamos reciclar e deus vai te abençoar e te dar asua grande vitória.

    ¬ Responder

Comentários - O que é a reciclagem?

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Martelos e marrettas

Ler próximo texto...

Tema: Ferramentas
Martelos e marrettas\"Rua
Os martelos e as marretas são, digamos assim, da mesma família. As marretas poderiam apelidar-se de “martelos com cauda”. Elas são bastante mais robustas e mantêm as devidas distâncias: o cabo é maior.

Ambos constituem, na sua génese, amplificadores de força destinados a converter o trabalho mecânico em energia cinética e pressão.

Com origem no latim medieval martellu, o martelo é um instrumento utilizado para “cacetear” objectos, com propósitos vários, pelo que o seu uso perpassa áreas como o Direito, a medicina, a carpintaria, a indústria pesada, a escultura, o desporto, as manifestações culturais, etcétera, variando, naturalmente, de formas, tamanhos e materiais de composição.

A diversidade dos martelos é, realmente, espantosa. O mascoto, por exemplo, é um martelo grande empregue no fabrico de moedas. Com a crise económica que assola o mundo actualmente, já se imaginam os governantes, a par dos banqueiros, de martelo em punho para que não falte nada às populações…

Há também o marrão que, mais do que o “papa-livros” que tira boas notas a tudo, constitui um grande martelo de ferro, adequado para partir pedra. Sempre poupa trabalho à pobre água mole…

O martelo de cozinha serve para amaciar carne. Daquela que se vai preparar, claro está, e não da de quem aparecer no entretanto para nos martelar a paciência…!

Já no âmbito desportivo, o lançamento do martelo representa uma das provas olímpicas, tendo sido recentemente adoptado na modalidade feminina. Imagine-se se, em vez do martelo, se lançasse a marreta… seria, certamente, mesmo sem juiz nem tribunal, a martelada que sentenciaria a sorte, ou melhor, o azar de alguém!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Martelos e marrettas

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Imagem por: Aine D

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios