Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Beleza > Escolha um bom bronzeador

Escolha um bom bronzeador

Categoria: Beleza
Comentários: 4
Escolha um bom bronzeador

Exibir um bom bronzeado é o objectivo de muitas pessoas durante o Verão. Não obstante, a exposição solar em excesso pode acarretar sérios problemas de saúde, como é do domínio geral. Assim, é necessário “fintar” o sol e socorrer-se de pequenos truques e segredos para aproveitar o máximo do astro-rei, com riscos mínimos.

Uma pele morena, para além de revelar um estado saudável, encobre inúmeras imperfeições. Contudo, actualmente é exequível obtê-la sem ser preciso estender-se como um cação na praia. Conseguir um bronzeado bonito, natural, uniforme, já é possível através dos autobronzeadores.

O bronzeado perfeito (se é que isso existe) começa logo no duche. Usar um esfoliante de forma regular impede as manchas de tonalidade na pele. Posteriormente, há que misturar, em proporções idênticas, o autobronzeador e o creme hidratante (para adquirir um tom sumamente dourado). Aqui, é essencial aplicar produtos específicos para a cara e para o resto do corpo, tendo em conta que o tipo de pele é totalmente distinto, pelo que as fórmulas dos cremes são, igualmente, diferentes. Quando se terminar de passar o unguento, devem lavar-se muito bem as mãos e procurar não vestir roupa na meia hora subsequente.

O pó bronzeador é também um óptimo auxiliar para realçar a cor e conferir algum brilho à pele, nomeadamente nas maçãs do rosto, maxilares, cana do nariz, linha do cabelo, ombros, peito e pernas. Funciona com um blush, mas que dá à pele uma aparência dourada, ao invés do tom rosado, e sem prejuízo para a epiderme.

Na compra de um pó bronzeador, deve optar-se por um tom mais escuro do que a própria cútis, sendo que o intuito é ficar-se com um leve “bronze” e não com uma coloração no rosto e outra no pescoço! Para tal, aplica-se o referido pó com um pincel grande (a fim de cobrir uma área maior de maneira mais regular) e apenas nas zonas onde se costuma ficar queimado(a). Imagina-se um “W”, partindo das têmporas e transcorrendo as maçãs do rosto e o nariz. O queixo, a testa e as pálpebras devem ser, identicamente, contemplados, para evitar um aspecto “sujo”. Podem associar-se vários tons de pós bronzeadores e granjear uma pigmentação suigéneres. Seja como for, é aconselhável escolher pós com brilho suave, pouco cintilante, pois nem as “estrelas” consagradas brilham tanto…!

Recorrer a cabines de bronzeamento é nocivo para a pele, porque a luz ultravioleta utilizada favorece o seu envelhecimento e aumenta o risco de cancro de pele, e é absolutamente proibido para as pessoas de tez mais clara e as que possuam antecedentes familiares de cancro de pele.

Um bom bronzeador acompanhado de um protector solar de índice elevado, exposição ao sol da parte da manhã e uma alimentação saudável rica em betacarotenos (cenoura, batata-doce, beterraba, abóbora, …), são preciosos auxiliares na fixação do bronzeado. A hidratação da pele é, também, indispensável; recomenda-se a ingestão de, pelo menos, oito copos de água por dia, com presença ou ausência do sol. Ah! E não tapar os poros com determinados cosméticos: a pele funciona como os segundos pulmões, mas não pode respirar com os interstícios fechados! E quem paga são os rins…



Maria Bijóias

Título: Escolha um bom bronzeador

Autor: Maria Bijóias (todos os textos)

Visitas: 0

768 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 4 )    recentes

  • André BelacorçaAndré Belacorça

    09-10-2012 às 13:43:26

    bem, visto que existem vários tipos de bronzeadores, à que optar pelo bom e barato não é, mas já existem "terapias" ou como se chama, que bronzeia as pessoas, numa máquina, mas também hoje em dia o que é que as máquinas não fazem não é? já existem várias formas. A minha é nem mais nem menos o Sol, com cuidados a ter claro, fico totalmente bronzeado sem ter que optar por vários caminhos

    ¬ Responder
  • Carla HortaCarla Horta

    08-10-2012 às 23:54:06

    Associar um bronzeador com efeitos de protecção é o ideal. Uma pele morena é sempre bonito de se ver, mas há que ter em atenção toda a informação que nos chega e que muitas vezes não absorvemos quanto aos problemas resultantes da tentativa de ter um bronzeado bonito. O envelhecimento, o cancro da pele entre outros problemas por acusa do excesso de sol são realidades graves que com um bronzeador/protector podem ser evitados ou atenuados.

    ¬ Responder
  • Daniela VicenteDaniela Vicente

    08-10-2012 às 23:47:16

    antes de escolher um bronzeador, primeiro deve-se escolher um bom protector. para mi sempre factor 50 e como gosto pouco de praia nunca chego à fase do bronzeador, pois normalmente o bronzeador tem o factor muito baixo, por volta de 6 acho eu (sem certezas). para além de ficar com as mãos todas oleosas e brilhantes. horrível, mesmo. não recomendo a ninguém. já sem falar no factor cabelo, que fica com óleo.

    ¬ Responder
  • Sofia NunesSofia Nunes

    15-09-2012 às 15:19:14

    Já utilizei bronzeador, mas não concordo com o uso destes produtos. Isto deve-se principalmente à inexistência de bronzeadores com um factor elevado de proteção solar. O factor de proteção mais elevado que vi num bronzeador foi de 20, que não é, de todo, suficiente. Ainda que seja comummente aceite que a cada tom de pele corresponde um valor de proteção mínimo, a maioria dos especialistas defende que uma proteção inferior a 30 não é recomendada.

    ¬ Responder

Comentários - Escolha um bom bronzeador

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Estratégia do arco-íris

Ler próximo texto...

Tema: Serviços
Estratégia do arco-íris\"Rua
Pessoas comuns estão a descobrir novas estratégias que supostamente fazem dinheiro rápido. Mas, a verdade da questão é que, isso é quase impossível. Ao longo de sua jornada de negociação, vai experimentar algumas vitórias e derrotas. Então, vejamos uma das estratégias que irá produzir mais vitórias do que derrotas: a estratégia do arco-íris. Esta é uma estratégia muito poderosa que qualquer um pode utilizar, especialmente novatos lá fora. Se é novo no comércio de opções binárias e gostaria de ganhar dinheiro online, esta é a estratégia ideal para si.

A estratégia do arco-íris envolve um período de 6, 14 e 26 períodos, períodos de média móvel exponencial. Estes permitem filtrar os movimentos menores no mercado e dar-lhe uma visão clara da tendência.

O mercado está numa tendência alta quando o período de 6 EMA está no topo dos 14 períodos EMA e dos 26 períodos EMA. A tendência baixa ocorre quando as EMA cruzam-se. Agora, os 26 períodos EMA devem estar no topo da EMA de 14 períodos. Em tendências altas, os comerciantes devem concentrar-se principalmente em opções de compra.

Uma opção de compra pode ser acionada quando o preço para baixo remonta à EMA 14 e começa a mover-se para cima. Uma opção de venda pode ser acionada quando o preço refaz para cima, e os períodos EMA 14 começam a mover-se para baixo.

As vantagens desta estratégia é que muitos dos sinais são precisos e não requerem muita análise para fazer um bom negócio. Com a gestão de risco adequada, pode fazer desta a sua principal estratégia. Mas, antes de tomar essa decisão, saiba que existem algumas desvantagens. O preço às vezes pode ir além dos 14 períodos de EMA. Alguns comerciantes podem não saber como reagir a isso.

Além disso, mesmo se os mercados são tendências, ainda existe a possibilidade de dar sinais falsos, mas com a gestão de riscos aplicadas, esses sinais falsos não causam muito dano. Combinar esta estratégia com coisas como Fibonacci, linhas de tendência ou médias móveis podem ajudar a reduzir as chances de perdas.

Em geral, a estratégia do arco-íris é um grande indicador. Ele faz maravilhas nos mercados de tendências e é muito fácil de usar para os comerciantes de todos os níveis. No fim de contas, é apenas uma questão de fazer uma boa gestão de risco. É uma ótima estratégia para iniciantes começarem a usar e obterem vitórias, experiência e bastante dinheiro.

Pesquisar mais textos:

Jerónimo Diogo Magalhães

Título:Estratégia do arco-íris

Autor:Jerónimo Diogo Magalhães(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios