Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Energias Renováveis > Não deite para o lixo! Recicle o papel

Não deite para o lixo! Recicle o papel

Visitas: 4
Comentários: 4
Não deite para o lixo! Recicle o papel

Sabia que o papel depois de utilizado pode ser valorizado? De facto é verdade, e é por isso que não deve colocar os seus papéis usados no lixo.

Em primeiro lugar, ao colocar o papel usado no lixo estará a contribuir para o aumento da poluição e da quantidade de lixo que vai para os aterros, enquanto que se separar o papel do resto do lixo, este pode ser usado como matéria-prima na produção de papel reciclado.

Além deste existem ainda outros fatores de incentivo à reciclagem tais como: fatores económicos, fatores ambientais (preservação dos recursos naturais: matérias-primas, água e energia), entre outros.

Algumas curiosidades:
- Produzir 1000 Kg de papel reciclado significa poupar 20 árvores.
- Na produção de 1000 Kg de papel reciclado são gastos 2000 litros de água, enquanto que para produzir 1000 Kg de papel não reciclado são necessários 100.000 litros de água. Isto corresponde a uma poupança de 98.000 litros de água.

Nem todos os tipos de papel podem ser reciclados, como por exemplo embalagens aluminizadas e papéis indissociavelmente ligados a outros materiais. Mas no seu dia a dia existe uma enorme quantidade de papel que não deve ser deitado para o lixo, uma vez que é passível de ser reciclado:
- Jornais e revistas
- Fotocópias
- Caixas de papelão
- Rascunhos
- Impressos
- Envelopes usados
- Cartões
- Papel de fax
- Papéis timbrados
- Entre outros.

Em todos estes casos o papel pode ser reciclado, e por isso não deve misturar estes resíduos com o restante lixo. Arranje um local, em sua casa, para guardar todo o papel usado, e depois não custa nada ir levá-lo a um papelão para ser recolhido e reciclado.

Por outro lado, se trabalha num escritório onde não é feita a separação do papel para reciclagem, deve tentar sensibilizar os seus superiores e os seus colegas de trabalho para iniciarem o processo de separação, para depois ser levado a um papelão ou a um centro de recolha. Em média, em qualquer escritório, são deitados anualmente para o lixo 500 Kg de papel reciclável de primeira qualidade. Todo este papel acaba por ir parar aos aterros, onde a sua degradação demora vários anos, quando podia ser facilmente reciclado.


Carlos Vieira

Título: Não deite para o lixo! Recicle o papel

Autor: Carlos Vieira (todos os textos)

Visitas: 4

809 

Imagem por: Venturist

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 4 )    recentes

  • Daiany Nascimento

    17-09-2012 às 19:20:38

    Com essas informações e dicas, certamente poderei utilizar essa saída para contribuir com a preservação do meio ambiente.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de Climatizaçãocristian

    16-05-2012 às 02:06:06

    quanto custa o kilo do papel

    ¬ Responder
  • marciomarcio

    11-05-2011 às 03:34:27

    muito boa pro meu trabalho sobre lixo

    ¬ Responder
  • Andreia Almeidaannalucya

    19-04-2011 às 01:04:08

    para vc

    ¬ Responder

Comentários - Não deite para o lixo! Recicle o papel

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Informática
Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?\"Rua
Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Bom, Não é de hoje que tecnologia vem surpreendendo a todos nós com grandes revoluções e os custos que diminuem cada vez mais.
Hoje em dia é comum ver crianças com smarthphones com tecnologia que a 10 anos atrás nem o celular mais moderno e caro do mercado tinha.
Com isso surgiram sugiram vários profetas da tecnologia e visionários, tentando prever qual será o próximo passo.

E os filmes retratam bem esse tema e usam essa formula que atrai a curiosidade das pessoas.
Exemplos:

Minority report - A nova lei de 2002 (Imagem)

Transcendence de 2014

Em Transcendence um tema mais conspiratório, onde um ser humano transcende a uma consciência artificial e assim se torna imortal e com infinita capacidade de aprendizagem.
Vale a pena ver tanto um quanto o outro filme. Algumas tecnologias de Minority Report, como utilizar computadores com as mãos (caso do kinect do Xbox 360 e One) e carros dirigidos automaticamente, já parecem bem mais próximo do que as tecnologias vistas em Transcendence, pois o foco principal do mesmo ainda é um tema que a humanidade engatinha, que é o cérebro humano, a máquina mais complexa conhecida até o momento.

Eu particularmente, acredito que em alguns anos teremos realmente, carros pilotados automaticamente, devido ao investimento de gigantes como o Google e o Baidu nessa tecnologia.

Também acho que o inicio da colonização de Marte, vai trazer grandes conquistas para humanidade, porém grandes desafios, desafios esses que vão nos obrigar a evoluir rapidamente nossa tecnologia e nossa forma de encarar a exploração espacial, não como um gasto, mas sim como um investimento necessário a toda humanidade e a perpetuação da sua existência.

A única salvação verdadeira para humanidade e para o planeta terra, é que seja possível o ser humano habitar outros planetas, seja localizando planetas parecidos com a terra ou mudando planetas sem condições para a vida em planetas habitáveis e isso só será possível com gente morando nesses planetas, como será o caso do Marte. O ser humano com a sua engenhosidade, aprendeu a mudar o ambiente a sua volta e assim deixou de ser nômade e da mesma forma teremos que aprender a mudar os mundos, sistemas, galáxias e o universo a nossa volta.

Espero que tenham gostado do meu primeiro texto.
Obrigado à todos!
Até a Próxima!


Pesquisar mais textos:

Érico da Silva Kaercher

Título:Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Autor:Érico da Kaercher(todos os textos)

Imagem por: Venturist

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios