Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Desporto > Copa do Mundo: Benefício ou Prejuízo?

Copa do Mundo: Benefício ou Prejuízo?

Categoria: Desporto
Comentários: 1
Copa do Mundo: Benefício ou Prejuízo?

A Copa do Mundo é a competição mais importante e valiosa que existe entre as nações. Neste ano, o Brasil foi o escolhido para sediar os jogos. A realidade é que o país brasileiro não tem estrutura o suficiente para receber os visitantes das diversas nações que participarão do torneio. Para a maioria dos brasileiros esta copa será uma verdadeira piada ou um circo real, enquanto a minoria acredita que esta competição trará algum benefício para o Brasil.

Muitos políticos investiram pesado na Copa dando o melhor de si para garantir o bem-estar de todos os que curtirão a realização dos jogos nos mais variados estádios brasileiros. Mas tem algo de errado não acha? E a população como fica? A política brasileira sabe do que o povo está necessitando, mas querem ser ignorantes e investir no lado errado. Enquanto gigantes estádios são reformados ou até mesmo construídos boa parte da população padece no país em sua saúde, pois não tem condições de pagar por um plano de saúde. Não tem um hospital público que atenda de maneira decente aos milhões de pacientes na beira da morte.

Por outro lado nem sempre a culpa é dos políticos e sim da população que não está sabendo eleger o candidato que vai mudar o rumo do país. Não adianta nada todo mundo invadir as ruas feito um leão para protestar e na votação ser um cego que faz tudo o que está ao seu alcance sem olhar para os lados. Não deixe a Copa do Mundo te iludir com uma sensação de bem-estar! O Brasil sendo campeão ou não a nossa vida continuará a mesma, caso a liderança do país não abra os olhos e invista corretamente na saúde, na segurança, na geração de empregos e mais ainda na educação. Ora, se aqueles que estão no Brasil não estão satisfeitos, como as pessoas de outros países se agradarão dele? E se outros países encontrarem algo fútil neste país injusto em que vivemos será apenas as negatividades que os menos favorecidos sofrem como prostituição, corrupção, roubos, dentre outros. Será mesmo que até o término da Copa, a nação brasileira ficará de pé?

Não queira viver uma mera emoção nesta Copa e se esquecer de seus problemas. Mais importante do que ser campeão na Copa do Mundo é ser campeão na saúde, vencer na segurança, levantar a taça da justiça, ganhar na educação e derrotar a corrupção. Os governantes de nosso país foram reprovados em suas atitudes, pois prometeram suprir a necessidade do povo e não cumpriram.

A maioria das pessoas nos estados brasileiros foram abandonadas e desvalorizadas. O dinheiro que seria investido no cumprimento das campanhas feitas logo após a eleição foi priorizado na Copa. E ainda há alguns que tem a ignorância de dizer que a Copa não será prejuízo para o Brasil. Claro, não é o filho deles que está em péssimo estado numa escola pública. Não é o filho deles que está morando na rua sendo sujeito a sofrer violência. A realidade é que esta Copa provocará tragédias para o país que não tem estrutura para tão grande evento. A nação brasileira poderá sofrer com uma marca negativa por conta desta Copa, caso ela seja mal sucedida. Fico imaginando se durante a competição não terá muito público para torcer e sim para protestar. Vamos aguardar.


Natanael Genoel

Título: Copa do Mundo: Benefício ou Prejuízo?

Autor: Natanael Genoel (todos os textos)

Visitas: 0

608 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

Comentários - Copa do Mundo: Benefício ou Prejuízo?

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Os descendentes de Eça

Ler próximo texto...

Tema: Literatura
Os descendentes de Eça\"Rua
Recentemente, por via da comunicação social, soubemos da entrega do prémio Leya, a um trineto de Eça de Queirós. Julgo que bastou essa noticia, para que todos ficássemos curiosos sobre os seus descendentes…esse mistério, como o Mistério da Estrada de Sintra, começou a adensar-se entre quem se interessa por estas coisas da literatura e da genealogia…então aqui deixo algumas notas que poderão ser importantes para quiçá, um dia, um qualquer jornalista, ou editor, se lembre, de conseguir reunir todos os seus descendentes vivos e se tire uma fotografia de família.

José Maria Eça de Queirós, escritor pródigo da nossa nação, contraiu matrimónio em 1886, com Emília de Castro Pamplona Resende, condessa de Resende, deixando à data de sua morte, em Paris, quatro filhos como seus descendentes e herdeiros diretos; foram eles António Eça de Queirós, Maria Eça de Queirós, Alberto Eça de Queirós e José Maria Eça de Queirós; portanto três meninos e uma menina.
Através do site Geneall.net, foi possível perceber as linhas genealógicas que se seguiram aos seus filhos. No entanto, nem todos os nomes dos seus bisnetos e trinetos estão aí presentes, com certeza por motivos de ordem pessoal, de resguardo da privacidade, motivos que não podemos questionar. Porém, é possível, pelo menos determinar a existência desses membros da família queirosiana.

De antemão sabemos que não houve descendência por parte de dois dos seus filhos, António Eça de Queirós e de Alberto Eça de Queirós.
Maria Eça de Queirós teve dois filhos, uma menina e um menino, porém a menina morreu muito nova, ficando apenas o menino, de seu nome Manuel Pedro Benedito de Castro, que mais tarde casou com Maria da Graça Salema de Castro, a mulher que se tornou a primeira diretora da Fundação Eça de Queirós, na casa de Tormes, pertença da família da esposa de Eça de Queirós. Como Manuel Pedro Benedito de Castro não teve filhos, sabemos que por este ramo, terminou a descendência do escritor.

Convém, entretanto, acrescentar aqui uma curiosidade. Depois do regresso a Portugal da viúva de Eça, ela e os filhos, foram residir para a casa da Granja, pertencente à família de Sophia de Mello Breyner. Inicialmente como esta casa costumava ser arrendada pela família de Sophia, Emília de Castro, arrendou-a, vindo a compra-la uns anos depois. Portanto, é aqui nesta casa que ela cria os seus filhos, e é onde, José Maria Eça de Queirós, um dos seus filhos, permanece após a sua morte, tendo criado aqui os seus filhos e netos, e tendo aqui também falecido.

Podemos então seguramente afirmar que a sua grande linha de descendência parte do seu filho, com o mesmo nome, José Maria Eça de Queirós, que teve também ele, atente-se à curiosidade, quatro filhos, neste caso, ao inverso, um menino, e três meninas, respetivamente de seus nomes, Manuel Eça de Queirós, Maria das Dores Eça de Queirós, Matilde Maria de Castro de Eça de Queirós e Emília Maria de Castro Eça de Queirós. Esta ultima, Emília, teve ao que consta nove filhos, sendo que um deles, Afonso Maria Eça de Queirós Cabral, é quem atualmente preside à Fundação acima citada, depois da morte da primeira presidente, referida atrás, Maria da Graça Salema de Castro.

Manuel Eça de Queirós por sua vez teve seis filhos, Maria das Dores Eça de Queirós teve três filhos, e Matilde Maria de Castro de Eça de Queirós, dois filhos. Somados, contabilizamos vinte, os bisnetos do famoso escritor. Seria interessante avançar um pouco mais nos ramos genealógicos e aflorar quem são ou pelo menos, quantos são os trinetos e tetranetos de Eça, por conseguinte fica aqui o desafio, pois é certo que porventura alguns destes descendentes não se conhecem, e nunca terão trocado qualquer impressão sobre o seu ascendente, para uns, bisavô, para outros trisavô, e ainda para outros, tetravô.

Pesquisar mais textos:

Liliana Félix Leite

Título:Os descendentes de Eça

Autor:Liliana Félix Leite(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios