Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Desporto > Copa do Mundo: Benefício ou Prejuízo?

Copa do Mundo: Benefício ou Prejuízo?

Categoria: Desporto
Comentários: 1
Copa do Mundo: Benefício ou Prejuízo?

A Copa do Mundo é a competição mais importante e valiosa que existe entre as nações. Neste ano, o Brasil foi o escolhido para sediar os jogos. A realidade é que o país brasileiro não tem estrutura o suficiente para receber os visitantes das diversas nações que participarão do torneio. Para a maioria dos brasileiros esta copa será uma verdadeira piada ou um circo real, enquanto a minoria acredita que esta competição trará algum benefício para o Brasil.

Muitos políticos investiram pesado na Copa dando o melhor de si para garantir o bem-estar de todos os que curtirão a realização dos jogos nos mais variados estádios brasileiros. Mas tem algo de errado não acha? E a população como fica? A política brasileira sabe do que o povo está necessitando, mas querem ser ignorantes e investir no lado errado. Enquanto gigantes estádios são reformados ou até mesmo construídos boa parte da população padece no país em sua saúde, pois não tem condições de pagar por um plano de saúde. Não tem um hospital público que atenda de maneira decente aos milhões de pacientes na beira da morte.

Por outro lado nem sempre a culpa é dos políticos e sim da população que não está sabendo eleger o candidato que vai mudar o rumo do país. Não adianta nada todo mundo invadir as ruas feito um leão para protestar e na votação ser um cego que faz tudo o que está ao seu alcance sem olhar para os lados. Não deixe a Copa do Mundo te iludir com uma sensação de bem-estar! O Brasil sendo campeão ou não a nossa vida continuará a mesma, caso a liderança do país não abra os olhos e invista corretamente na saúde, na segurança, na geração de empregos e mais ainda na educação. Ora, se aqueles que estão no Brasil não estão satisfeitos, como as pessoas de outros países se agradarão dele? E se outros países encontrarem algo fútil neste país injusto em que vivemos será apenas as negatividades que os menos favorecidos sofrem como prostituição, corrupção, roubos, dentre outros. Será mesmo que até o término da Copa, a nação brasileira ficará de pé?

Não queira viver uma mera emoção nesta Copa e se esquecer de seus problemas. Mais importante do que ser campeão na Copa do Mundo é ser campeão na saúde, vencer na segurança, levantar a taça da justiça, ganhar na educação e derrotar a corrupção. Os governantes de nosso país foram reprovados em suas atitudes, pois prometeram suprir a necessidade do povo e não cumpriram.

A maioria das pessoas nos estados brasileiros foram abandonadas e desvalorizadas. O dinheiro que seria investido no cumprimento das campanhas feitas logo após a eleição foi priorizado na Copa. E ainda há alguns que tem a ignorância de dizer que a Copa não será prejuízo para o Brasil. Claro, não é o filho deles que está em péssimo estado numa escola pública. Não é o filho deles que está morando na rua sendo sujeito a sofrer violência. A realidade é que esta Copa provocará tragédias para o país que não tem estrutura para tão grande evento. A nação brasileira poderá sofrer com uma marca negativa por conta desta Copa, caso ela seja mal sucedida. Fico imaginando se durante a competição não terá muito público para torcer e sim para protestar. Vamos aguardar.


Natanael Genoel

Título: Copa do Mundo: Benefício ou Prejuízo?

Autor: Natanael Genoel (todos os textos)

Visitas: 0

608 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

Comentários - Copa do Mundo: Benefício ou Prejuízo?

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Os primeiros brinquedos

Ler próximo texto...

Tema: Brinquedos
Os primeiros brinquedos\"Rua
O brinquedo é mais do que um objecto para a criança se divertir e distrair, é também uma forma de conhecer o mundo que tem ao seu redor e para dar asas à sua imaginação. Desta forma, os brinquedos sempre estiveram presentes na sociedade.

Os primeiros brinquedos datam de 6500 anos atrás, no Japão, em que as crianças brincavam com bolas de fibra de bambu. Entretanto há 3000 anos surgiram os piões feitos de argila e decorados, na Babilónia.

No século XIII apareceram os soldadinhos de chumbo, porém só eram acessíveis às famílias nobres. Cinco séculos mais tarde, apareceram as caixas de música, criadas por relojoeiros suíços.

As bonecas são muito antigas, surgiram enquanto figuras adoradas como deusas, há 40 mil anos, mas a primeira fábrica abriu apenas em 1413 na Alemanha. Barbie, a boneca mais famosa do mundo, foi criada em 1959, mas ainda hoje é das mais apetecíveis pelas crianças.

O grande boom dos brinquedos aconteceu quando se descobriu o plástico para o fabrico. Mesmo assim, muitas famílias não podiam comprar brinquedos aos filhos, como tal, estes utilizavam diversos tipos de materiais e construíam os seus próprios brinquedos.

Actualmente, as crianças têm acesso a uma enorme variedade de brinquedos, desde bonecas, a carros telecomandados, a videojogos… Educativos ou apenas lúdicos, há de tudo e para todos os gostos e preços.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Os primeiros brinquedos

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • umdolitoys 23-01-2013 às 05:46:38

    Adorei a reportagem! e tenho algo para vocês verem!!

    Espero que gostem!!!

    ¬ Responder
  • sofia 22-07-2012 às 21:56:29

    Achei muito interecante e muito legal saber que ano foi fabricadoas bonecas

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios