Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Automóveis > Dicas para comprar carros usados

Dicas para comprar carros usados

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Automóveis
Visitas: 6
Comentários: 2
Dicas para comprar carros usados

Que nem todos temos capacidade financeira para comprar um carro novo, é sabido, mas quantos de nós sabe fazer uma boa compra num carro usado.

Se é necessário estar consciente do quanto pode pagar por um carro novo, vai necessitar da mesma certeza quando comprar um carro usado, nunca esquecendo os riscos que está a correr. Comprar um carro usado acarreta sempre mais custos que um carro usado, e as garantias raramente existem, exceto se adquirir o veículo num stand que ofereça esta mesma garantia.

Procure no seu grupo de amigos se alguém tem conhecimento de carros para venda. Fazer negócios com gente conhecida pode facilitar. No entanto, lembre-se que isto também poderá causar algum incómodo se não fizer um bom negócio e ficar com a sensação de que foi enganado.

Antes de visitar o carro e o seu atual dono, faça uma pesquisa (pode ser por internet ou por revistas da especialidade) dos valores versus modelo do carro versus ano versus km. Um carro com muitos km e poucos anos é sinónimo de carro muito, muito usado. Nesta pesquisa tenha em conta se o carro tem sistemas elétricos e alarme por exemplo.

Se não percebe absolutamente nada de carros, não arrisque. Leve consigo um amigo entendido em mecânica ou mesmo o seu mecânico de confiança.

Na visita ao veículo verifique a parte externa do carro. Deve verificar o carro durante o dia de preferência, e se não for possível, o espaço tem de ter bastante luz e o carro deverá estar seco, de preferência limpo, para poder detetar imediatamente se tem marcas na carroçaria. Dê pequenas pancadinhas na carroçaria afim de, verificar se os sons são muito distintos. Se forem muito diferentes, isto pode ser sinónimo de que o carro levou uma pancada e levou massa. Também as bolhas na pintura podem ser assustadoras e podem significar ferrugem. Verifique junto das borrachas e juntas.

Teste os amordecedores, apoiando-se no carro e saia de repentinamente.

Quanto ao motor em andamento, verifique os travões. Se ao travar existir um ruído metálico, significa que as pastilhas dos travões estão gastas. Teste todas as mudanças e verifique o alinhamento. Verifique o óleo e se o filtro de ar está limpo e em condições e os cabos da ignição não pode ter rasgos nem cortes. A correia não pode apresentar ranhuras e a ventoinha tem de girar corretamente.

Sente-se dentro do carro e experimente tudo. Vai gastar dinheiro pelo que deverá ter a certeza do que está a comprar. Apaixone-se pelo carro e siga o seu instinto. Verifique toda a documentação do carro e siga viagem. Vai ver que vai fazer uma boa compra.


Carla Horta

Título: Dicas para comprar carros usados

Autor: Carla Horta (todos os textos)

Visitas: 6

795 

Imagem por: dwstucke

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 2 )    recentes

  • MANUEL

    06-11-2014 às 20:11:39

    Como eu faço para comprar um dos carros?

    ¬ Responder
  • SophiaSophia

    17-06-2014 às 05:57:45

    Não deixar de andar no carro, dar uma volta antes mesmo de comprá-lo.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Comentários - Dicas para comprar carros usados

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Jardinagem Fonte de Vida

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Bricolage Jardim
Jardinagem Fonte de Vida\"Rua
A jardinagem é conhecida há anos como uma forma de emprego que possibilita a muitos uma renda familiar mensal. A jardinagem também pode ser artística onde a arte do profissional é aplicada. A jardinagem pode ser de inúmeras formas conhecida e exercida, trazendo benefícios imensuráveis a aqueles que dela são adeptos.

Muito mais que fonte de renda ou arte a jardinagem é uma fonte de inúmeros beneficio a vida do ser humano, fonte de alegria, relaxamento e distração. E por ser uma atividade tão simples não é difícil de ser realizada. A jardinagem é por si só fonte de vida, fonte de aprendizado e principalmente fonte de intimidade do ser humano.

Ser adepto da jardinagem não é somente revirar terra, ser adepto da jardinagem é decisão de vida que transforma seu dia-a-dia mudando a rotina de dias estressantes e cansativos.

Ao olhar de muitos a tarefa possa parecer penosa, cansativa e até chata, mais somente estando envolvido na jardinagem para perceber que muito mais ter um corpo cansado após a tarefa, você na verdade descansa seu corpo sua mente e seu espírito da agitação do dia-a-dia.

Alguns minutos dedicados à jardinagem são o suficiente para inibir grande carga emocional e física do nosso dia-a-dia, e proporcionando uma energia a mais para os próximos dias.

A jardinagem pode ser realizada de varias formas simples que vão trazer todos estes benefícios a sua vida e não são necessários grandes investimentos ou mudança radical da sua rotina de vida ou qualquer outra mudança que você possa imaginar. Na verdade as maiores mudanças são comportamentais e só depende de você.

Para detalhar um pouco o que você poderá fazer com alguns minutos dedicados à jardinagem você irá perceber que não há nenhuma dificuldade em realizar esta tarefa.

Com um mínimo de espaço você pode cultivar plantas simples, em vasos pequenos que não irão ocupar espaço e serão na verdade uma linda forma de ornamentar sua casa.

Você poderá cultivar uma espécie de planta conhecida como:
- Rosa de pedra

É uma suculenta, planta que armazena água nas folhas e caules, que tem o formato parecido com o de uma rosa. É muito usada para fazer arranjos em vasos com outras suculentas e cactos. Deve ser regada apenas uma vez por semana, pois a umidade pode apodrecer suas raízes. Não tolera muito sol.

E você vai perceber que se dedicar alguns minutos a jardinagem é muito bom para você, os resultados não tem como ser calculados, somente há possibilidade de experimentar o quanto bom é o resultado final.

Então não espere muito é dedique-se um tempo a descobrir o quanto é bom a jardinagem para sua vida.

Pesquisar mais textos:

Rodrigo Junio Ferreira

Título:Jardinagem Fonte de Vida

Autor:Rodrigo Junio Ferreira(todos os textos)

Imagem por: dwstucke

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Briana AlvesBriana

    13-10-2014 às 04:43:33

    É tão gratificante nós mesmos realizarmos a jardinagem. Essa atividade relaxa, gera prazer e o resultado nos deixa muito felizes. Vale a pena!

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios