Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Automóveis > Saiba como reconhecer combustível adulterado

Saiba como reconhecer combustível adulterado

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Automóveis
Comentários: 3
Saiba como reconhecer combustível adulterado

As pessoas que possuem veículos, além de ficarem atentos aos cuidados a serem tomados para a conservação do carro, são necessárias também dar atenção ao combustível. Pois se ele estiver adulterado, poderá diminuir o rendimento ou até danificar algum componente de se automóvel.

Segundo a Secretaria Estadual da Fazenda, se esse for o caso, o motorista perceberá rapidamente. Os malefícios que isso trás ao carro são imediatamente percebidos, como danos no sistema de injeção, na vela, na bomba de combustível, no bico, e muitos outros. Independente de ser fácil perceber esse problema deve-se dar atenção especial ao combustível e onde você abastece, pois esse tipo de crime é praticado em postos de todo o país.

A adulteração do combustível significa o ato de acrescentar alguma substância não permitida em sua composição, segundo a ANP (Agência Nacional de Petróleo). Costumeiramente, os postos que realizam esse tipo de delito, acrescentam álcool hidratado, benzeno, diesel e equizano na gasolina, e água no álcool.

Identificação de combustíveis adulterados

Ao abastecer em algum posto, se for gasolina, você pode pedir o teste da proveta para verificar se a gasolina foi adulterada com álcool. O procedimento é bem simples: em um tubo de ensaio com capacidade de 100 ml, é colocado 50 ml de gasolina e completado o restante com água (50 ml). Depois disso, mistura-se as duas substâncias, sem agitar muito.

Isso fará com que o álcool que contem na gasolina misture-se com a água. Como a gasolina não irá se misturar com os demais componentes da solução, a água e o álcool ficaram na parte de baixo do tubo e a gasolina na parte de cima. Isso porque a água e o álcool são mais densos que a gasolina. Feito isso, deve-se verificar se há mais de 62,5 ml de solução água+álcool no tubo. Se sim, significa que a gasolina contém mais álcool em sua composição do que deveria.

Porém, vale salientar que esse teste irá identificar somente a mistura de álcool com a gasolina. Se tiver outra substância, somente por análises em laboratórios. Por isso, é importante ter atenção com a forma com que o carro está reagindo. Caso ele comece a falhar, aumente o consumo de combustível ou fique fraco em marchas mais pesadas, pode ser indícios de problemas com adulteração.

Como se prevenir
A melhor forma de evitar esse tipo de problema é consultar amigos e parentes que já possuam carro, um local de confiança para abastecer. Se possível, não mude de lugar para não correr riscos.

Detalhe muito importante é sempre pedir a nota fiscal. Pois se ocorrer algum problema, você terá como provar que utilizou o combustível de determinado local e solicitar o reparo dos danos causados.

Colocando essas dicas em prática, dificilmente você terá problemas com relação a isso.

O que achou das informações dessa matéria? Foram úteis? Comente se tiver algo mais para completar e sugira outros temas!


Lucas Souza

Título: Saiba como reconhecer combustível adulterado

Autor: Lucas Souza (todos os textos)

Visitas: 0

641 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 3 )    recentes

  • SophiaSophia

    22-04-2014 às 16:52:58

    Seu texto foi bem interessante mesmo. É muito importante conhecer o funcionamento do carro e até reconhecer quando o combustível é adulterado, gerando sérios prejuízos ao veículo.

    ¬ Responder
  • Daiany Nascimento

    18-09-2012 às 12:18:09

    Oi Lucas, também concordo com você, as pessoas que possuem veículos, além de ficarem atentos aos cuidados a serem tomados para a conservação do carro, são necessárias também dar atenção ao combustível, pois se ele estiver adulterado, poderá diminuir o rendimento ou até danificar algum componente de se automóvel. Então, muito obrigada por disponibilizar dicas tão importantes para todos os leitores, gostei do seu artigo e espero por novos! Continue assim e se tornará exemplar!

    ¬ Responder
  • Daiany Nascimento

    18-09-2012 às 12:17:40

    Oi Lucas, também concordo com você, as pessoas que possuem veículos, além de ficarem atentos aos cuidados a serem tomados para a conservação do carro, são necessárias também dar atenção ao combustível, pois se ele estiver adulterado, poderá diminuir o rendimento ou até danificar algum componente de se automóvel. Então, muito obrigada por disponibilizar dicas tão importantes para todos os leitores, gostei do seu artigo e espero por novos! Continue assim e se tornará exemplar!

    ¬ Responder

Comentários - Saiba como reconhecer combustível adulterado

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

O meu instrumento musical avariou!

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Instrumentos Musicais
O meu instrumento musical avariou!\"Rua
É inevitável que, mais cedo ou mais tarde, um instrumento musical precise de reparação.

Mesmo que conheçamos bem o nosso instrumento e o consigamos arranjar, na maioria das vezes é necessário um técnico para o fazer com a melhor das qualidades.

Eventualmente, nem será necessário existir um problema com o instrumento, poderá ser apenas uma questão de manutenção. 

No caso de uma guitarra, por exemplo, qualquer instrumentista é perfeitamente capaz de substituir uma corda partida e tirar da guitarra o mesmo som que ela tinha.

No entanto, existem reparações, seja uma amolgadela no tampo ou uma tarraxa arrancada, que convêm ser feitas por técnicos especializados.

Por norma, as próprias casas que vendem instrumentos musicais efectuam essas reparações ou são capazes de aconselhar técnicos para as fazer.

Mediante o instrumento musical em questão, a reparação ou manutenção poderá ser mais cara. É sempre mais fácil arranjar um técnico que repare um piano do que um que arranje oboés.

Apesar de ser normal cuidar do nosso instrumento musical regularmente, os percalços acontecem todos os dias. Para os contornar, há sempre alguém que nos poderá aconselhar melhor do que nós próprios.

Apesar de poder sair mais caro, temos também a certeza de que o nosso instrumento foi arranjado por especialistas no assunto.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:O meu instrumento musical avariou!

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • luiz fabiano 18-02-2012 às 15:48:28

    boa tarde amigos preciso de um cabo flex da lcd da camera g70 se aulguem tiver mande um email obrigado

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios