Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Automóveis > Saiba como reconhecer combustível adulterado

Saiba como reconhecer combustível adulterado

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Automóveis
Comentários: 3
Saiba como reconhecer combustível adulterado

As pessoas que possuem veículos, além de ficarem atentos aos cuidados a serem tomados para a conservação do carro, são necessárias também dar atenção ao combustível. Pois se ele estiver adulterado, poderá diminuir o rendimento ou até danificar algum componente de se automóvel.

Segundo a Secretaria Estadual da Fazenda, se esse for o caso, o motorista perceberá rapidamente. Os malefícios que isso trás ao carro são imediatamente percebidos, como danos no sistema de injeção, na vela, na bomba de combustível, no bico, e muitos outros. Independente de ser fácil perceber esse problema deve-se dar atenção especial ao combustível e onde você abastece, pois esse tipo de crime é praticado em postos de todo o país.

A adulteração do combustível significa o ato de acrescentar alguma substância não permitida em sua composição, segundo a ANP (Agência Nacional de Petróleo). Costumeiramente, os postos que realizam esse tipo de delito, acrescentam álcool hidratado, benzeno, diesel e equizano na gasolina, e água no álcool.

Identificação de combustíveis adulterados

Ao abastecer em algum posto, se for gasolina, você pode pedir o teste da proveta para verificar se a gasolina foi adulterada com álcool. O procedimento é bem simples: em um tubo de ensaio com capacidade de 100 ml, é colocado 50 ml de gasolina e completado o restante com água (50 ml). Depois disso, mistura-se as duas substâncias, sem agitar muito.

Isso fará com que o álcool que contem na gasolina misture-se com a água. Como a gasolina não irá se misturar com os demais componentes da solução, a água e o álcool ficaram na parte de baixo do tubo e a gasolina na parte de cima. Isso porque a água e o álcool são mais densos que a gasolina. Feito isso, deve-se verificar se há mais de 62,5 ml de solução água+álcool no tubo. Se sim, significa que a gasolina contém mais álcool em sua composição do que deveria.

Porém, vale salientar que esse teste irá identificar somente a mistura de álcool com a gasolina. Se tiver outra substância, somente por análises em laboratórios. Por isso, é importante ter atenção com a forma com que o carro está reagindo. Caso ele comece a falhar, aumente o consumo de combustível ou fique fraco em marchas mais pesadas, pode ser indícios de problemas com adulteração.

Como se prevenir
A melhor forma de evitar esse tipo de problema é consultar amigos e parentes que já possuam carro, um local de confiança para abastecer. Se possível, não mude de lugar para não correr riscos.

Detalhe muito importante é sempre pedir a nota fiscal. Pois se ocorrer algum problema, você terá como provar que utilizou o combustível de determinado local e solicitar o reparo dos danos causados.

Colocando essas dicas em prática, dificilmente você terá problemas com relação a isso.

O que achou das informações dessa matéria? Foram úteis? Comente se tiver algo mais para completar e sugira outros temas!


Lucas Souza

Título: Saiba como reconhecer combustível adulterado

Autor: Lucas Souza (todos os textos)

Visitas: 0

641 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 3 )    recentes

  • SophiaSophia

    22-04-2014 às 16:52:58

    Seu texto foi bem interessante mesmo. É muito importante conhecer o funcionamento do carro e até reconhecer quando o combustível é adulterado, gerando sérios prejuízos ao veículo.

    ¬ Responder
  • Daiany Nascimento

    18-09-2012 às 12:18:09

    Oi Lucas, também concordo com você, as pessoas que possuem veículos, além de ficarem atentos aos cuidados a serem tomados para a conservação do carro, são necessárias também dar atenção ao combustível, pois se ele estiver adulterado, poderá diminuir o rendimento ou até danificar algum componente de se automóvel. Então, muito obrigada por disponibilizar dicas tão importantes para todos os leitores, gostei do seu artigo e espero por novos! Continue assim e se tornará exemplar!

    ¬ Responder
  • Daiany Nascimento

    18-09-2012 às 12:17:40

    Oi Lucas, também concordo com você, as pessoas que possuem veículos, além de ficarem atentos aos cuidados a serem tomados para a conservação do carro, são necessárias também dar atenção ao combustível, pois se ele estiver adulterado, poderá diminuir o rendimento ou até danificar algum componente de se automóvel. Então, muito obrigada por disponibilizar dicas tão importantes para todos os leitores, gostei do seu artigo e espero por novos! Continue assim e se tornará exemplar!

    ¬ Responder

Comentários - Saiba como reconhecer combustível adulterado

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Os primeiros brinquedos

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Brinquedos
Os primeiros brinquedos\"Rua
O brinquedo é mais do que um objecto para a criança se divertir e distrair, é também uma forma de conhecer o mundo que tem ao seu redor e para dar asas à sua imaginação. Desta forma, os brinquedos sempre estiveram presentes na sociedade.

Os primeiros brinquedos datam de 6500 anos atrás, no Japão, em que as crianças brincavam com bolas de fibra de bambu. Entretanto há 3000 anos surgiram os piões feitos de argila e decorados, na Babilónia.

No século XIII apareceram os soldadinhos de chumbo, porém só eram acessíveis às famílias nobres. Cinco séculos mais tarde, apareceram as caixas de música, criadas por relojoeiros suíços.

As bonecas são muito antigas, surgiram enquanto figuras adoradas como deusas, há 40 mil anos, mas a primeira fábrica abriu apenas em 1413 na Alemanha. Barbie, a boneca mais famosa do mundo, foi criada em 1959, mas ainda hoje é das mais apetecíveis pelas crianças.

O grande boom dos brinquedos aconteceu quando se descobriu o plástico para o fabrico. Mesmo assim, muitas famílias não podiam comprar brinquedos aos filhos, como tal, estes utilizavam diversos tipos de materiais e construíam os seus próprios brinquedos.

Actualmente, as crianças têm acesso a uma enorme variedade de brinquedos, desde bonecas, a carros telecomandados, a videojogos… Educativos ou apenas lúdicos, há de tudo e para todos os gostos e preços.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Os primeiros brinquedos

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • umdolitoys 23-01-2013 às 05:46:38

    Adorei a reportagem! e tenho algo para vocês verem!!

    Espero que gostem!!!

    ¬ Responder
  • sofia 22-07-2012 às 21:56:29

    Achei muito interecante e muito legal saber que ano foi fabricadoas bonecas

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios