Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Vestuário > Sapatilhas para o dia-a-dia

Sapatilhas para o dia-a-dia

Categoria: Vestuário
Visitas: 2
Comentários: 2
Sapatilhas para o dia-a-dia

Quando se fala de moda, e isto é algo que tenho reparado ultimamente, uma das peças que muitas vezes é esquecida são as sapatilhas. Talvez porque muitas pessoas não encarem a sapatilha como uma peça de calçado que possa estar ligada à alta-costura. Pois bem, enganam-se.

As sapatilhas tiveram um início tardio no que diz respeito ao vestuário, devendo o seu aparecimento aos primeiros sapatos desportivos que surgiram nos primeiros campos de críquete e golfe.

Presentemente, podemos e devemos dizer que é um facto que as sapatilhas têm um lugar de destaque na moda do quotidiano da grande população mundial, tornando-se até mesmo, mais significativas do que os sapatos. Este boom deveu-se principalmente ao grande sucesso da cultura pop e hip-pop dos anos 80, fazendo com que não só os jovens as usassem, tal como os adultos, devido à sua praticidade.

Presentemente, a produção e venda destas são dominadas, por marcas como a Nike, Adidas e Converse (que fez o seu regresso nos últimos três anos), porém temos também já a sapatilha a ser fortemente abraçada por estilistas de grande nome.

Para além das marcas mainstream que nomeamos anteriormente qualquer fashion addict, tem consciência que pra o dia-a-dia, umas Nike, não serão o apropriado. Viramo-nos assim para as sapatilhas high-end.

Podemos encontrar nas marcas como a Fred Perry, Prada, Lanvin, Gucci e a Bikkembergs, se bem que esta última já se tornou um quanto ou pouco corriqueira, sapatilhas com um toque mais ligado à moda, e que adoptadas no seu dia-a-dia, tornam-se um óptimo complemento ao seu look diário.



Bruno Jorge

Título: Sapatilhas para o dia-a-dia

Autor: Bruno Jorge (todos os textos)

Visitas: 2

619 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 2 )    recentes

  • SophiaSophia

    09-06-2014 às 03:29:06

    No dia a dia, o uso de sapatilhas são essenciais. Salvo aqueles momentos em que vamos trabalhar e for preciso algo mais formal. Mas, em momentos casuais, tipo saída com amigas, elas são fantásticas!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoCarla Horta

    12-09-2012 às 12:53:20

    Os ténis são das maiores e melhores invenções na moda e de vestuário. Existem para todos os gosto e se acha que não pode ser usado numa festa de gala ou num casamento, desengane-se. Espreite a quantidade de homens que usam tenis com smoking. Ficam fashion e um espanto.

    ¬ Responder

Comentários - Sapatilhas para o dia-a-dia

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

O meu instrumento musical avariou!

Ler próximo texto...

Tema: Instrumentos Musicais
O meu instrumento musical avariou!\"Rua
É inevitável que, mais cedo ou mais tarde, um instrumento musical precise de reparação.

Mesmo que conheçamos bem o nosso instrumento e o consigamos arranjar, na maioria das vezes é necessário um técnico para o fazer com a melhor das qualidades.

Eventualmente, nem será necessário existir um problema com o instrumento, poderá ser apenas uma questão de manutenção. 

No caso de uma guitarra, por exemplo, qualquer instrumentista é perfeitamente capaz de substituir uma corda partida e tirar da guitarra o mesmo som que ela tinha.

No entanto, existem reparações, seja uma amolgadela no tampo ou uma tarraxa arrancada, que convêm ser feitas por técnicos especializados.

Por norma, as próprias casas que vendem instrumentos musicais efectuam essas reparações ou são capazes de aconselhar técnicos para as fazer.

Mediante o instrumento musical em questão, a reparação ou manutenção poderá ser mais cara. É sempre mais fácil arranjar um técnico que repare um piano do que um que arranje oboés.

Apesar de ser normal cuidar do nosso instrumento musical regularmente, os percalços acontecem todos os dias. Para os contornar, há sempre alguém que nos poderá aconselhar melhor do que nós próprios.

Apesar de poder sair mais caro, temos também a certeza de que o nosso instrumento foi arranjado por especialistas no assunto.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:O meu instrumento musical avariou!

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • luiz fabiano 18-02-2012 às 15:48:28

    boa tarde amigos preciso de um cabo flex da lcd da camera g70 se aulguem tiver mande um email obrigado

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios