Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Música > Como sobreviver a uma sociedade de consumo

Como sobreviver a uma sociedade de consumo

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Música
Comentários: 3
Como sobreviver a uma sociedade de consumo

Se a vontade fosse mais forte que o desejo podias sair nesta mesma estação, longe do rebuliço e das ofertas mirabolantes que apenas te esvaziam a carteira.

Claro, não compras, não desfrutas, já sabes que as consequências são sempre fatais, como a mulher que amas.

Penso que ficaria mal falar em homens fatais, é que teria de imaginá-los como a Jessica Rabbit e ela é única dentro dos seus sensuais pixeis que agradam tanto a miúdos e graúdos, aproveitas e procuras pelo dvd, pode ser que haja alguma edição especial com doze discos cheios de extras. Passas por uma loja de eletrodomésticos e aquela televisão ficava mesmo a matar lá na sala, só que tens de arranjar as unhas, o cabelo e as tuas amigas esperam-te.

Espera, desviei-me do assunto, mas o problema das sociedades de consumo são isso mesmo, a panóplia de cores e sabores, aromas e odores desviam-te tudo do devido sítio e acabas por nem ter vontade própria.

Voltando à estação, há um pequeno centro comercial, mas isso já tu sabias, está-te no sangue buscar sítios desses, com escadas para subir e descer, títulos apelativos de gente conhecida, algo que gostarias de ser, mas que não podes, não foi para isso que nasceste.




De tempos a tempos dizem-te que pertencer a uma sociedade dessas é um pecado, que és culpado dos teus atos tresloucados de gastar dinheiro em coisas supérfluas, de tal maneira que nem ficas com dinheiro para pagar as contas do costume. Espera, para isso há aquele cartaz com um menino de África, a morrer de fome e com um olhar suplicante. Pensas na sorte que tens, continuas o teu caminho, sem nada fazer, apenas pensando que és um filho de Deus com o menino, apenas mais afortunado.

Pensaste no menino, porventura já comido pelas moscas, dás graças tua pela sorte e segues caminho. Já te sentes bem e a sociedade de consumo agradece isso mesmo, deu-te as aparências, fez-te sentir culpado, para te lembrar a humanidade que te habita mas agora é tempo de a sustentares.

Para sobreviveres aos teus hábitos bastaria pensar pela tua cabeça, ou então segues os conselhos dos teus verdadeiros donos e baixas a cabeça, culpabilizas-te com a crise e aceitas o castigo, algo cíclico mas que não imaginarias que te tocasse no plo.

Então que esperas que te diga? Também gosto de ir cortar o cabelo embora não ligue assim tanto às unhas, e a Jessica Rabbit é possível que apareça por aí numa qualquer edição especial com o seu coelho a explicarem como foi fazerem o filme naquela altura. Espera... mas eles são apenas produto de uma sociedade de consumo e agora é pecado sequer gostar disso.


António Borges

Título: Como sobreviver a uma sociedade de consumo

Autor: António Borges (todos os textos)

Visitas: 0

601 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 3 )    recentes

  • SophiaSophia

    13-05-2014 às 20:02:25

    A cada dia está a aumentar o consumismo em nossa sociedade. Mesmo com tantas crises, desperdícios, o consumo ainda se encontra fortemente enlaçado em muitas pessoas. Agora, até nas crianças isso já é evidente, o que nos deixa tristes e preocupadas.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoDomingues

    06-09-2012 às 17:25:22

    Gostei do que li aqui, retrata de um modo geral o que na verdade somos todos, uma maquina que trabalha com o consumo tresloucado de coisas que servem para nada a não ser encher as nossas mãos de sacos para poder passar no shopping e disser EU COMPREI...
    Mas é como tudo, uns sãos mais que outros e então as mulheres com os seus brincos, perfumes e sapatos são demais.
    Deixo aqui o desafio de o ver a escrever mais textos como os que tem escrito por aqui.
    Abraço e até breve

    ¬ Responder
  • António BorgesAntónio Borges

    15-09-2012 às 01:06:40

    Caro Domingues, agradeço a visita e os elogios. Seguramente voltarei para escrever muitos mais textos, é algo que gosto muito de fazer!

    Abraço e volte sempre!

    ¬ Responder

Comentários - Como sobreviver a uma sociedade de consumo

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Maratona de Boston: O maior evento de corrida do mundo!

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Desporto
Maratona de Boston: O maior evento de corrida do mundo!\"Rua
A Maratona de Boston é a mais antiga maratona anual do mundo e se classifica como um dos eventos de corrida de estrada de grande prestígio. O Boston Athletic Association gera esse clássico americano, que é patrocinado pela John Hancock Financial Services.

A Maratona de Boston tem se destacado como o evento máximo dentro do esporte de corridas de estrada em virtude de sua tradição, longevidade e método de ganhar a entrada na corrida (via qualificação). Para isso, você terá aqui algumas informações sobre esse evento que atrai milhões de pessoas e que tem a participação de patrocinadores, voluntários, corredores, imprensa e muito mais!!!

Aos Participantes:
Todos os participantes receberão:
* A entrada para a festa das massas na pré-corrida e festa pós-corrida
* Programa Oficial da raça e Racers Resultados Livro
* A T-shirt de manga comprida
* Transporte para o início
* Finalizadores receberão uma medalha comemorativa.

Desde 1996, a Maratona de Boston tem utilizado um sistema de cronometragem computador. Os relógios digitais que exibem o tempo decorrido estão localizados em cada milha e com o marcador de cinco quilômetros. A distância a percorrer é de 26 milhas, com 385 metros (42,195 km).

Informações sobre o evento:
A cidade de Boston oferece uma variedade de artes de palco, com emocionantes passeios aos locais turísticos, eventos esportivos, e áreas comerciais. Para ajudar a fornecer-lhe algumas ideias para quando você estiver esse evento na cidade, por favor consulte os seguintes links:

http://www.bostonusa.com/
http://www.massvacation.com/
http://www.cityofboston.gov/

Os voluntários:
Todos e cada um dos 10 mil voluntários são de vitais importâncias para a experiência que é dada aos participantes locais e internacionais da corrida. Pode-se ver a união no trato uns com os outros com todo o respeito, compaixão e empatia. Cada um encoraja uns aos outros para alcançar seus objetivos e cumprir ao máximo do seu potencial. A comunidade que você cria dentro do rol de voluntários é algo que todo mundo merece fazer parte.

Os patrocinadores:
Desde 1986, o Boston Athletic Association usou patrocínios para ajudar a manter a Maratona de Boston como a corrida mais venerada e respeitada no mundo. Graças ao principal patrocinador John Hancock Financial - que estará comemorando seu 30 º ano em 2015 - a Maratona de Boston oferece uma premiação de $ 806.000 para o qual os atletas competem todos os anos. John Hancock também fornece recursos financeiros para supervisionar a John Hancock Elite Athlete Team, que traz muitos dos melhores corredores de todo o mundo a cada dia Hopkinton Patriots. A empresa hospeda os atletas para a semana da corrida no "John Hancock Elite Athlete Village" criado no John Hancock Conference Center.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Maratona de Boston: O maior evento de corrida do mundo!

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios