Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Música > A revolução da indústria pop

A revolução da indústria pop

Categoria: Música
Visitas: 8
Comentários: 2
A revolução da indústria pop

A MTV (Music Television) iniciou uma revolução no mundo da música. No dia 1 de Agosto de 1981 este canal de televisão iniciou as suas emissões regulares com o videoclip “Video Killed the Radio Star”, dos The Buggles.

Até esta data, as bandas de rock and roll não tinham por hábito apostar no formato videoclip. As despesas de produção de um vídeo eram bastante caras e não se sentia a necessidade de avançar para este tipo de projectos, que se pensava não trazerem grandes retornos. Com a MTV, a transmissão de vídeos passou a ser um mercado emergente, que hoje é explorado por todas as bandas e tipos de música.

O conceito de televisão criado pela MTV rapidamente se desenvolveu e fez sucesso, o que tornou este formato um sucesso que teve seguidores, não só com programas de televisão dedicados só a passar vídeos, mas também com o advento de outros canais de música.

No início, o videoclip mostrava apenas imagens da banda a tocar, fosse em estúdio, fosse em concerto. Por volta do início dos anos 1980, a aposta foi feita num outro tipo de formato, em que os videoclips passaram a contar pequenas histórias. Quem não se lembra, por exemplo de “Thriller”, de Michael Jackson, um videoclip que é, ao mesmo tempo uma curta-metragem, ou ainda “Take on me” dos A-Ha, que mistura a realidade com a banda desenhada?

A revolução na indústria pop prolongou-se ao longo dos anos, tudo em nome da busca pela perfeição na arte de realizar pequenos filmes que estejam relacionados com a arte das bandas.

Quando a MTV apareceu, em 1981, o seu objectivo era o de atingir uma faixa etária mais jovem. Em 1985, surgiu o Video Hits One (VH1), que tinha o objectivo de chegar a uma faixa etária mais velha. Este canal mantém-se fiel ainda hoje a estes princípios, apostando num tipo de música bastante mais “leve”.
Existem hoje canais de música para todos os gostos.

Com o surgimento dos canais de música, começou-se a questionar o papel da rádio e da relação dos artistas com esta. No entanto, com o passar do tempo, é possível ver que cada coisa tem um papel e que este está bem definido. Tanto a rádio como a televisão conseguem perfeitamente complementarem-se e trazer valor acrescentado, não só ao nível do mercado, mas também de orientação artística.

Os canais de música são, desde o seu início, um dos principais meios de divulgação, não só da música, mas também da cultura de cada época.



Luís Seco Passadouro

Título: A revolução da indústria pop

Autor: Luís Seco Passadouro (todos os textos)

Visitas: 8

635 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 2 )    recentes

  • SophiaSophia

    13-05-2014 às 20:23:07

    Até hoje a música pop vive e revive a música, ela nunca deixará de existir!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoSofia Nunes

    13-09-2012 às 16:47:42

    A minha relação com a música pop é, a bem dizer, péssima. Por associação, também a MTV é um canal que, embora possua, não tenho por hábito ver. Não que nunca tinha visto, mas por volta dos 16 anos de idade os meus gostos musicais alteraram-se. O outro canal que refere como sendo destinado a um público-alvo mais velho (O Video Hits One) é, segundo a minha opinião, bem melhor que a comercial MTV.

    ¬ Responder

Comentários - A revolução da indústria pop

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

MELHORES CREMES PARA PELE DERMATOLOGICAMENTE TESTADOS E APROVADOS

Ler próximo texto...

Tema: Beleza
MELHORES CREMES PARA PELE DERMATOLOGICAMENTE TESTADOS E APROVADOS\"Rua
Anualmente,ouvimos falar de muitos cremes e produtos para a pele milagrosos,descrevendo até mesmo uma renovação da pele anormal, para os padrões e formulas químicas inclusas no produto.
A Verdade é que são poucos os produtos que realmente fazem alguma diferença.

Mas aqui informamos uma lista de 5 cremes para a pele dermatologicamente testados e que realmente fazem a diferença sem propagandas enganosas comprovado por médicos usuários sendo reconhecidos pela qualidade no mercado atual dos cosméticos.

ATENÇÃO PARA A LISTA TOP5 PRODUTOS PARA UMA PELE MAIS SAUDÁVEL:

VITANOL A-ácido retinóico limpeza facial profunda clareamento de pele peeling recomendado pelos dermatologistas sendo o mais frequente em recomendações médicas.

Active Dermato Creme Esfoliante Facial, 60g realmente
rende uma boa limpesa facial -O Boticário

Ácido kójico, despigmentante derivado do arroz, promove sim um resultado mais leve.

Idebenona, nova favoritaa dos espertinhos, tem efeito clareador tão potente quanto o da hidroquinona. Melhor: é mais segura, sem tantas reações adversas.

Clarinskin II é extraído do gérmen do trigo e também controla a síntese de melanina. Destaque: é liberado para o uso em gestantes, vantagem Boaa no mundo dos cremes clareadores.

DICA RÁPDA:HIDRATANTE MELHORA SIMMMM AS RUGAS!!
O uso de filtro solar, associado ou não ao hidratante, protege a pele dos raios ultravioleta. É preventivo contra envelhecimento e até tumores de pele.
DICA RÁPDA: Todo creme deve ser passado debaixo para cima
DICA RÁPDA: Os produtos para limpar, tonificar e hidratar a pele tem de ser da mesma linha
DICA RÁPDA:Os cremes usados à noite não deixam a pele respirar.

.O que causa o aparecimento da celulite? Fatores hereditários interferem?

A celulite é causada por vários fatores concomitantes. A questão hereditária da predisposição também é relevante e quando existem famílias que as mães, as mulheres família tem muita celulite, as filhas terão logicamente maio tendência. A questão genética ou hereditária também está relacionada ao tipo de corpo, os corpos "mais arredondados, mais curvilinhos, mais femininos", são aqueles que tem mais chance de ter celulite, enquanto que aqueles mais retos com características um pouco mais masculinas são aqueles que tem menos chance de ter celulite. Além dos fatores hereditários existe e tendência relacionada ao hormônio feminino que predispõe uma retenção de líquido, as trocas do tecido vão piorando gradativamente, vai havendo uma má irrigação e uma alteração dos vasos desse tecido e também há uma questão relacionada a célula gordurosa que é uma célula hipertrofiada e com maior dificuldade de metabolização da gordura. Tudo isso associado faz com que a celulite possa aparecer.


Pesquisar mais textos:

Bell Bellucci

Título:MELHORES CREMES PARA PELE DERMATOLOGICAMENTE TESTADOS E APROVADOS

Autor:Bell Bellucci(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios