Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Música > Dar música às crianças

Dar música às crianças

Categoria: Música
Visitas: 6
Comentários: 1
Dar música às crianças

Desde cedo que a música exerce um imenso poder sobre as nossas emoções e sobre os nossos actos. Na barriga da mãe ou no berço um bebé está já a aprender música. As melodias que no inicio ouve são apenas bater do coração da mãe. Com o passar do tempo, o bebé passar a ligar-se ao exterior. Através da música que o rodeia e das cantigas que a mãe canta. A música é assim já um elo de ligação entre ambos. Estudos mostram que ouvir música clássica durante a gravidez ajudam no desenvolvimento do cérebro do bebé

Se a música é capaz de transmitir emoções a uma grávida, o mais provável é que o bebé que ela traz dentro da barriga seja contagiado, não só pelos sons, mas também pela sensação de bem estar que esses sons provocam na mãe. O bebé sente-se tranquilo e seguro.

Está provado que os bebés se recordam das músicas e das cantigas que ouviam quando estavam na barriga da mamã. Daí se estimular e se incentivar as grávidas a ouvirem música e a cantarem muito durante os nove meses de gestação. Depois de nascerem os bebés são capazes de se acalmarem ao ouvirem a voz da mãe ou as cantigas e músicas que esta mais ouvia quando ele ainda estava na barriga.

Mais calmos, mais sensíveis, mais inteligentes... Serão provavelmente assim os bebés que, desde cedo, se familiarizarem com a música. Cantar para um bebé é essencial, porque eles precisam e merecem.

São muitas as formas de fazermos música com os nossos os bebés, com canções de embalar, jogos de exploração do espaço, música gravada.

As crianças que crescem em ambientes ricos musicalmente, desenvolvem a aprendizagem e a comunicação mais rapidamente do que as outras crianças. Ao ouvirem música e a cantarem, as crianças aprendem a concentrar-se, e treinam a capacidade de memorização.

Está provado que uma criança que tenha uma boa educação musical tornar-se-á um excelente aluno em diversas áreas, tais como a matemática e o português, e em disciplinas que requeiram criatividade. Desenvolve ainda um carácter mais sólido e o espírito de liderança.



Catarina Bandeira

Título: Dar música às crianças

Autor: Catarina Bandeira (todos os textos)

Visitas: 6

789 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • SophiaSophia

    13-05-2014 às 20:48:26

    Com certeza que a música influencia grandemente na vida de uma criança. É nessa faze que ela está a descobrir sua identidade e cabe aos pais oferecerem músicas com qualidade. Hoje em dia é um pouco difícil, mas fazendo uma pesquisa é possível encontrar músicas boas e que vale a pena ouvir.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Comentários - Dar música às crianças

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Ler próximo texto...

Tema: Informática
Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?\"Rua
Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Bom, Não é de hoje que tecnologia vem surpreendendo a todos nós com grandes revoluções e os custos que diminuem cada vez mais.
Hoje em dia é comum ver crianças com smarthphones com tecnologia que a 10 anos atrás nem o celular mais moderno e caro do mercado tinha.
Com isso surgiram sugiram vários profetas da tecnologia e visionários, tentando prever qual será o próximo passo.

E os filmes retratam bem esse tema e usam essa formula que atrai a curiosidade das pessoas.
Exemplos:

Minority report - A nova lei de 2002 (Imagem)

Transcendence de 2014

Em Transcendence um tema mais conspiratório, onde um ser humano transcende a uma consciência artificial e assim se torna imortal e com infinita capacidade de aprendizagem.
Vale a pena ver tanto um quanto o outro filme. Algumas tecnologias de Minority Report, como utilizar computadores com as mãos (caso do kinect do Xbox 360 e One) e carros dirigidos automaticamente, já parecem bem mais próximo do que as tecnologias vistas em Transcendence, pois o foco principal do mesmo ainda é um tema que a humanidade engatinha, que é o cérebro humano, a máquina mais complexa conhecida até o momento.

Eu particularmente, acredito que em alguns anos teremos realmente, carros pilotados automaticamente, devido ao investimento de gigantes como o Google e o Baidu nessa tecnologia.

Também acho que o inicio da colonização de Marte, vai trazer grandes conquistas para humanidade, porém grandes desafios, desafios esses que vão nos obrigar a evoluir rapidamente nossa tecnologia e nossa forma de encarar a exploração espacial, não como um gasto, mas sim como um investimento necessário a toda humanidade e a perpetuação da sua existência.

A única salvação verdadeira para humanidade e para o planeta terra, é que seja possível o ser humano habitar outros planetas, seja localizando planetas parecidos com a terra ou mudando planetas sem condições para a vida em planetas habitáveis e isso só será possível com gente morando nesses planetas, como será o caso do Marte. O ser humano com a sua engenhosidade, aprendeu a mudar o ambiente a sua volta e assim deixou de ser nômade e da mesma forma teremos que aprender a mudar os mundos, sistemas, galáxias e o universo a nossa volta.

Espero que tenham gostado do meu primeiro texto.
Obrigado à todos!
Até a Próxima!


Pesquisar mais textos:

Érico da Silva Kaercher

Título:Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Autor:Érico da Kaercher(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios