Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Saúde > Cuide da autoestima do seu filho

Cuide da autoestima do seu filho

Categoria: Saúde
Cuide da autoestima do seu filho

A autoestima é o que influencia diretamente na autoconfiança e no modo como as pessoas agem perante o mundo social. Mas, esse sentimento não pode ser obtido do dia para a noite, a autoestima é construída ao longo da trajetória de vida. Na infância, quando se recebe diversas informações e aprendizados, é quando fica estabelecida a relação da pessoa com o mundo. Por isso é importante cuidar da autoestima desde pequeno.

Quando uma criança possui baixa autoestima, ela não é capaz de confiar em suas atitudes, sente medo de não ser aceita e não se sente amada. E esses fatores são capazes de gerar problemas nas relações formadas e comportamentos retraídos. Um ambiente que não valoriza ou que não dá a devida importância às vontades da criança pode reduzir sua autoestima. Por isso é importante que os pais saibam quais são os gostos do filho e requeiram a opinião dele. Dessa maneira ele se sentirá percebido e valorizado no ambiente.

Outra ação muito importante que contribui para aumentar a autoestima do seu filho é valorizar as ações dele. Alguns pais cobram comportamentos, reclamam quando as crianças não vão bem na escola e apontam os erros do filho o tempo todo, mas não se lembram de validar as escolhas certas dos filhos e de valorizá-las verbalmente. Neste caso a palavra chave é o equilíbrio. Os erros devem ser apontados, mas com cautela, amabilidade e reforçando o caminho certo a ser seguido.

A percepção da criança sobre ela fica fortalecida quando os pais valorizam comportamentos adequados e a trata com gentileza, e também define a maneira de tratar os outros e a si mesma. Quando seu filho está com a autoestima baixa, ele pode apresentar ser muito tímido, dificuldade de se relacionar, e até mesmo, depressão. Todos esses fatores podem gerar problemas na escola e até dentro da família.

Uma criança cuja autoestima é elevada certamente se tornará um adulto autoconfiante e independente, que será capaz de evitar ocasiões complicadas. Como por exemplo, aceitar consumir bebida alcoólica ou usar drogas, somente para poder participar de um grupo. O amor e o afeto são os sentimentos aliados da autoestima. Quando a criança se sente querida, protegida e amparada, ela percebe seu valor e sua importância.


Rua Direita

Título: Cuide da autoestima do seu filho

Autor: Rua Direita (todos os textos)

Visitas: 0

609 

Comentários - Cuide da autoestima do seu filho

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Fine and Mellow

Ler próximo texto...

Tema: Música
Fine and Mellow\"Rua
"O amor é como uma torneira
Que você abre e fecha
Às vezes quando você pensa que ela está aberta, querido
Ela se fechou e se foi"
(Fine and Melow by Billie Holiday)

Ao assistir a Bio de Billie Holiday, ocorreu-me a questão Bluesingers x feminismo, pois quem ouve Blues, especialmente as mais antigas, as damas dos anos 10, 20, 30, 40, 50, há de pensar que eram mulheres submissas ao machismo e maldade de seus homens. Mas, as cantoras de Blues, eram mulheres extremamente independentes; embora cantassem seus problemas, elas não eram submissas a ponto de serem ultrajadas, espancadas... Eram submissas, sim, ao amor, ao bom trato... Essas mulheres, durante muito tempo, tiveram de se virar sozinhas e sempre que era necessário, ficavam sós ou mudavam de parceiros ou assumiam sua bissexualidade ou homossexualidade efetiva. Estas senhoras, muitas trabalharam como prostitutas, eram viciadas em drogas ou viviam boa parte entregues ao álcool, merecem todo nosso respeito. Além de serem precursoras do feminismo, pois romperam barreiras em tempos bem difíceis, amargavam sua solidão motivadas pelo preconceito em relação a cor de sua pele, como aconteceu a Lady Day quê, quando tocava com Artie Shaw, teve que esperar muitas vezes dentro do ônibus, enquanto uma cantora branca cantava os arranjos que haviam sido feitos especialmente para ela, Bilie Holiday. Foram humilhadas, mas, nunca servis; lutaram com garra e competência, eram mulheres de fibra e cheias de muito amor. Ouvir Billie cantar Strange Fruit, uma das primeiras canções de protestos, sem medo, apenas com dor na alma, é demais para quem tem sentimentos. O brilho nos olhos de Billie, fosse quando cantava sobre dor de amor ou sobre dor da dor, é insubstituível. Viva elas, nossas Divas do Blues, viva Billie Holiday, aquela que quando canta parte o coração da gente; linda, magnifica, incomparável, Lady Day.

O amor vai fazer você beber e cair
Vai fazer você ficar a noite toda se repetindo

O amor vai fazer você fazer coisas
Que você sabe que são erradas

Mas, se você me tratar bem, querido
Eu estarei em casa todos os dias

Mas, se você continuar a ser tão mau pra mim, querido
Eu sei que você vai acabar comigo

Pesquisar mais textos:

Sayonara Melo

Título:Fine and Mellow

Autor:Sayonara Melo(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios