Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Automóveis > Dodge Journey

Dodge Journey

Categoria: Automóveis
Comentários: 1
Dodge Journey

Para uma vida em continua mudança, o dodge Journey oferece a praticidade de uma minivan, a capacidade de um utilitário esportivo “SUV” é a eficiência de um automóvel de passeio, mesclando todos os melhores atributos de cada um destes seguimentos em um novíssimo crossover do tamanho certo para a marca dodge. Isto é o que orna o dodge Journey um veiculo flexível, funcional e divertido de dirigir.

O Journey é construído sobre a plataforma global do seguimento D, sendo projetado para atender as necessidades de diversos perfis de clientes, sejam jovens solteiros casais e famílias com crianças pequenas ou ate mesmo com filhos adolescente. Na configuração de assentos cinco + dois, o veiculo conta com amplo espaço de carga e vários porta objetos escondidos no piso e embaixo do assento do passageiro dianteiro. Com segurança também é funcional o Journey trás de serie a airbags dianteiros de múltiplos estágios para motoristas e passageiros os airbags laterais dianteiros montados nos assentos, airbags laterais de 3 fileiras tipo cortina, freios a disco anti-bloqueio nas quatro rodas (ABS), programa eletrônico de estabilidade (ESP)-que aplica frenagem seletiva ou redução de aceleração nas rodas para controlar superesterçamento ou subesterçamento e programa eletrônico anti-capotamento.

A equipe de desing do dodge journey desenvolveu um habitáculo com aspectos inovadores, encontrados tipicamente somente nas minivans. A disponibilidade da sua terceira fileira da aos passageiros 51 mm a mais de altura útil que seus concorrentes no mercado norte-americano. O exclusivo sistema Flip ‘ N Stow permite que o assento do passageiro dianteiro do journey desloque-se para frente, revelando um grande recipiente de 273 x 222 mm, suficiente para armazenar uma bolsa, guarda chuva, agenda ou fones de ouvido. As portas traseiras do Journey abrem 90 graus, facilitando entrar e sair da segunda fileira e ter acesso aos assentos da terceira fileira. Na segunda fileira, o novíssimo Dodge Journey oferece assentos tipo tetro, dando aos passageiros na segunda e terceira fileiras melhor visão para fora do veiculo o que é especialmente útil para manter as crianças entretidas em longas viagens. Com a tração dianteira o dodge journey possui suspensão dianteira independente tipo macpherson,suspensão traseira multi-link, e freios a disco nas quatro rodas. Elemento que garantem uma rodagem silenciosa, com menos vibração e segurança. Sua transmissão automática de 6 velocidades proporciona aceleração mais rápida que um transmissão de 4 ou 5 velocidades, devido a um a relação de primeira marcha numericamente maior e um diferencial mais robusto com capacidade de toque aumentada, otimiza o desempenho de arranque exigindo menos gerenciamento de toque, limitando o toque disponível eletronicamente durante os estágios iniciais de aceleração.

A produção do journey 2009 foi iniciada no primeiro trimestre de 2008 na fabrica da dodge de Toluca, México.

Waldiney Melo

Título: Dodge Journey

Autor: Waldiney (todos os textos)

Visitas: 0

662 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • SophiaSophia

    17-06-2014 às 06:01:23

    O melhor de Dodge Journey é que podemos levar a família todaaaa...rsrsr
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Comentários - Dodge Journey

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Os primeiros brinquedos

Ler próximo texto...

Tema: Brinquedos
Os primeiros brinquedos\"Rua
O brinquedo é mais do que um objecto para a criança se divertir e distrair, é também uma forma de conhecer o mundo que tem ao seu redor e para dar asas à sua imaginação. Desta forma, os brinquedos sempre estiveram presentes na sociedade.

Os primeiros brinquedos datam de 6500 anos atrás, no Japão, em que as crianças brincavam com bolas de fibra de bambu. Entretanto há 3000 anos surgiram os piões feitos de argila e decorados, na Babilónia.

No século XIII apareceram os soldadinhos de chumbo, porém só eram acessíveis às famílias nobres. Cinco séculos mais tarde, apareceram as caixas de música, criadas por relojoeiros suíços.

As bonecas são muito antigas, surgiram enquanto figuras adoradas como deusas, há 40 mil anos, mas a primeira fábrica abriu apenas em 1413 na Alemanha. Barbie, a boneca mais famosa do mundo, foi criada em 1959, mas ainda hoje é das mais apetecíveis pelas crianças.

O grande boom dos brinquedos aconteceu quando se descobriu o plástico para o fabrico. Mesmo assim, muitas famílias não podiam comprar brinquedos aos filhos, como tal, estes utilizavam diversos tipos de materiais e construíam os seus próprios brinquedos.

Actualmente, as crianças têm acesso a uma enorme variedade de brinquedos, desde bonecas, a carros telecomandados, a videojogos… Educativos ou apenas lúdicos, há de tudo e para todos os gostos e preços.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Os primeiros brinquedos

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • umdolitoys 23-01-2013 às 05:46:38

    Adorei a reportagem! e tenho algo para vocês verem!!

    Espero que gostem!!!

    ¬ Responder
  • sofia 22-07-2012 às 21:56:29

    Achei muito interecante e muito legal saber que ano foi fabricadoas bonecas

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios