Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Saúde > O tabaco e a adolescência

O tabaco e a adolescência

Categoria: Saúde
Comentários: 4
O tabaco e a adolescência

Em cada dez adulto que são fumante, você pergunta quando iniciou este vicio? Eles dizem que deu inicio antes dos dezoito anos. O que você pode ajudar para que seu filho não caia nessa. Pois os dados do ministério da saúde são de deixar os pais de cabelos em pé. Segundo o ministério da saúde em cada dez crianças, seis já deram suas tragadas, tudo na faixa etária entre 10 e 14 anos. E o que devemos fazer com nossos filhos, para que não caia nessa? Saiba que tanto os pais quanto os educadores enfrentam este dilema.

Na adolescência sabemos que é um período da vida que o indivíduo inicia um processo de busca da sua identidade, e que alguns hábitos da vida deles são formados, os quais podem persistir na vida adulta, dentre elas os hábitos relacionados ao uso de álcool e o tabaco e outras drogas. Durante este período ocorrem modificações somáticas, psicológicas e sociais importantes no indivíduo. Segundo a organização mundial de saúde os limites cronológicos de adolescentes entre 10 e 20 anos de idade.

Todo o processo de transformação física do adolescente é normalmente acompanhado de um processo de evolução psicológica e de um acompanhamento típico desta fase de desenvolvimento denominada de síndrome da adolescência normal. Também faz parte desta síndrome à busca de si mesmo e da identidade adulta. Isso é quando o adolescente procura o conhecimento de sua individualidade biológica e social no mundo que nos rodeia, tentando acompanhar e entender as transformações rápidas que ocorrem em seu corpo, e ao mesmo tempo em que procura evoluir, da identidade dependente de infantil para a independência adulta. E é nessa busca de identidade que o adolescente se une aos seus iguais, na mesma situação que ele e, é assim que são formados os grupos, onde todos se identificam com cada um e cada um com todos, sempre adotando hábito e regras do grupo e não mais da família.

Como demonstra em alguns estudos, ter amigo que fuma é um fator importante para que o adolescente experimente ou inicie o hábito de fumar, isso só reforça a importância das relações de a proximidade em relação ao álcool, estudos revelam o primeiro lugar do consumo, dentre outras substâncias psicoativas, são entre adolescentes nas ultimas décadas. Pois para os jovens eles são motivados pelo imediatismo, ou seja, o que conta é o agora, e o amanhã é uma data muito distante para ser pensada. E assim é o prejuízo produzido pelas drogas no longo prazo, e é difícil de ser entendido. Mais é possível ser desviado destas amizades que não somam e sim divide como divide dentro de casa, e divide os sonhos. Saiba conversar e alertar seu filho procure as amizades dele, e sempre esteja por perto, saiba que o mundo já não é mais o mesmo.

Waldiney Melo

Título: O tabaco e a adolescência

Autor: Waldiney (todos os textos)

Visitas: 0

780 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 4 )    recentes

  • Luene ZarcoLuene

    22-07-2014 às 19:53:37

    A adolescência é uma fase muito conturbada. É nessa fase que somos mais influenciados pelas amizades, com aquela sensação de ser aceito pelo grupo e daí acabam aceitando o cigarro. O pior é que se torna um vício. O tabaco é uma das doenças que mais tem matado as pessoas.

    ¬ Responder
  • Alvaro Oliveiraadriana

    23-04-2011 às 18:09:01

    ola pessoal fumantes. vou dar um conselho de uma vellha apaixonada pare de fumaren pq isso nao tem graça se quizer sequir jesus vai ter que morre!!!

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de Climatizaçãoanónimo

    18-02-2010 às 16:31:45

    ajudoume imenso o vosso texto

    ¬ Responder
  • lara silvalara silva

    27-01-2010 às 12:22:17

    acho que os adolescentes e os adultos deviam pensar mais na sua saude porque ao fumarem podem morrer. por isso deixem de fumar! se quiserem ser felizes sem problemas de saude nao fumem!

    ¬ Responder

Comentários - O tabaco e a adolescência

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

O que é uma Open House?

Ler próximo texto...

Tema: Imóveis Venda
O que é uma Open House?\"Rua
Este é um tema que vem pôr muito a lindo o trabalho de alguns mediadores imobiliários e do seu trabalho.

Quando temos um imóvel para vender, muitos são os métodos a utilizar e os meios que nos levam até eles para termos o nosso objetivo cumprido – A venda da Casa.
Quando entregamos o nosso imóvel para que uma mediadora o comercialize, alguns aspetos têm de ser tidos em conta, como a legalidade da empresa e quem será a pessoa responsável pela divulgação da sua casa, mas a ansia de vermos o negócio concretizado é tanta, que muitas vezes nos escapa a forma como fazem a referida divulgação e publicidade do imóvel.

Entre anúncios na internet e as conhecidas folhas nas montras dos estabelecimentos autorizados, muitas mediadoras optam por fazer uma ação que está agora muito em voga que é uma Open House. Mas afinal, o que é isto de nome estrangeiro que tanto se vê pelas ruas e em folhetos de anúncio?

Ora bem, a designação em Português é muito simples – Casa Aberta. E na realidade, uma Open House é isso mesmo. Abrir uma Casa para que todos a possam ver. NO entanto, requerem-se alguns aspetos que as mediadoras normalmente preveem, mas que é fundamental que o proprietário do imóvel também tenha consciência e conhecimento.

Por norma as imobiliárias só fazem este tipo de intervenção e ação em imóveis que têm como exclusivo, isto é, quando é uma só determinada mediadora, a autorizada a poder comercializar o imóvel.

Em segundo lugar, este tipo de ação de destaque requer à mediadora custos com tempo, recursos humanos e financeiros.
A mediadora começa por marcar um dia próprio que por norma é datado para um feriado ou fim de semana. Faz então publicidade local através de folhetos e flyres anunciando a Open House, o dia e a hora, tal como o local. Muito provavelmente serão tiradas fotografias ao seu imóvel.

Através de redes sociais também poderão ser divulgadas as ações.
No dia da Open House, o local será indicado com publicidade da sua casa e da imobiliária e começarão a aparecer visitas ao imóvel.

Sugiro que não tenha mobiliário e muito menos valores em casa. O ideal será o imóvel estar desocupado de todos e quaisquer bens, por uma questão de segurança, mas também porque as áreas parecerão maiores e isso com toda a certeza ajuda à venda.

A imobiliária será responsável pela limpeza e trato do imóvel, pelo que se ocorrerem danos, serão eles os responsáveis.
Neste tipo de ações, é normal que a concorrência das imobiliárias apareça e faça parcerias que para si só trará vantagens.

Uma Open House pode não ser uma ação de destaque em Portugal, mas por exemplo nos Estados Unidos, é o normal e mais agradável. Os clientes não se sentem pressionados como numa visita normal e os negócios concretizam-se com muito mais rapidez e naturalidade.

Pesquisar mais textos:

Carla Horta

Título:O que é uma Open House?

Autor:Carla Horta(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios