Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Restaurantes > Restaurante o que há de melhor

Restaurante o que há de melhor

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Restaurantes
Visitas: 126
Comentários: 2
Restaurante o que há de melhor

Comermos fora ainda é a melhor opção, tanto para o lazer como para encontros e até mesmo para um bom bate papo executivo onde se descontrai relaxa e cria idéias para o trabalho. Para a dona de casa é maravilhoso onde ela sai do cotidiano e muda de paladar.

Hoje se tem restaurantes para todo tipo de gosto, massa, churrasco, comida árabe, japonesa onde você encontra sushi.

Em um restaurante é indispensável à limpeza e uma boa musica suave, onde você encontra amigos, descontrai e curte uma boa alimentação.

Em um restaurante o que faz o cliente voltar sempre é o tratamento e a especialidade da casa e uma boa instalação. Tudo o que se faz em um restaurante é fazer sempre o melhor para deixar seus clientes satisfeitos, sempre mantendo o mesmo padrão isso é o segredo do negocio.

Em um restaurante que sua especialização é o marisco, ele deve ter de tudo um pouco mais sempre se especializar em uma só qualidade, pois o marisco ele tem diversas opção, um camarão ao alho e óleo, peixada, lagosta, sempre satisfaz ao bom paladar.

Já um restaurante que sua especialidade é a massa nada melhor que uma boa lasanha a bolonessa, inhoque, macarronada, pizza, são pratos que em uma casa de massa não pode faltar. O ambiente tem que ter o seu requinte e aconchego.

Para se ter um bom restaurante é preciso se ter qualidade na comida, e manter esta qualidade, pois todo começo são flores dizia o ditado, mais isso não pode acontecer para se ter sucesso.

O espaço é outra qualidade para se ter um bom restaurante, todo restaurante que se preza deve ter o espaço livre para as crianças, pois a criança ela não tem a mínima condição de ficar sentada em um restaurante, esperando pelo alimento, ela quer espaço para correr e desfrutar de suas horas de espera para uma boa comida.

Casa lotada é sinal de um ambiente que sua prioridade esta no alimento, na higienização e no conforto da casa.

Os donos de restaurantes devem criar ambiente diferenciado, agradáveis e econômicos, com o arrocho da crise, o estomago não tem crise, é só saber fazer boas promoções e atrativos para o cliente, o alimento por quilo é uma boa opção, a cada dia uma promoção de um prato tudo isso afasta o restaurante da crise e bom apetite.


Waldiney Melo

Título: Restaurante o que há de melhor

Autor: Waldiney (todos os textos)

Visitas: 126

781 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 2 )    recentes

  • Vicente SilvaVicente

    15-09-2014 às 22:25:46

    Ir ao restaurante é sempre muito prazeroso e que nos gera uma excelente sensação. Apreciar o ambiente decorativo bem como a culinária nos dá grande alegria. Todo restaurante demonstra sua beleza e o que pode oferecer de melhor e de maneira diferenciada.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de Climatizaçãohumberto faria antunes ferreira da silva

    17-05-2009 às 20:15:33

    Dona Waldiney o seu texto sobre restaurantes foi simplesmente maravilhoso.

    O espaço num restaurante é defenitivamente uma, e para mim a maior, qualidade . Que pena que em portugal os donos dos restaurantes não terem lido o seu texto.

    Muito obrigado e ...bon apetit!

    ¬ Responder

Comentários - Restaurante o que há de melhor

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Os primeiros brinquedos

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Brinquedos
Os primeiros brinquedos\"Rua
O brinquedo é mais do que um objecto para a criança se divertir e distrair, é também uma forma de conhecer o mundo que tem ao seu redor e para dar asas à sua imaginação. Desta forma, os brinquedos sempre estiveram presentes na sociedade.

Os primeiros brinquedos datam de 6500 anos atrás, no Japão, em que as crianças brincavam com bolas de fibra de bambu. Entretanto há 3000 anos surgiram os piões feitos de argila e decorados, na Babilónia.

No século XIII apareceram os soldadinhos de chumbo, porém só eram acessíveis às famílias nobres. Cinco séculos mais tarde, apareceram as caixas de música, criadas por relojoeiros suíços.

As bonecas são muito antigas, surgiram enquanto figuras adoradas como deusas, há 40 mil anos, mas a primeira fábrica abriu apenas em 1413 na Alemanha. Barbie, a boneca mais famosa do mundo, foi criada em 1959, mas ainda hoje é das mais apetecíveis pelas crianças.

O grande boom dos brinquedos aconteceu quando se descobriu o plástico para o fabrico. Mesmo assim, muitas famílias não podiam comprar brinquedos aos filhos, como tal, estes utilizavam diversos tipos de materiais e construíam os seus próprios brinquedos.

Actualmente, as crianças têm acesso a uma enorme variedade de brinquedos, desde bonecas, a carros telecomandados, a videojogos… Educativos ou apenas lúdicos, há de tudo e para todos os gostos e preços.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Os primeiros brinquedos

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • umdolitoys 23-01-2013 às 05:46:38

    Adorei a reportagem! e tenho algo para vocês verem!!

    Espero que gostem!!!

    ¬ Responder
  • sofia 22-07-2012 às 21:56:29

    Achei muito interecante e muito legal saber que ano foi fabricadoas bonecas

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios