Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Restaurantes > Os melhores restaurantes de Portugal

Os melhores restaurantes de Portugal

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Restaurantes
Comentários: 1
Os melhores restaurantes de Portugal

Portugal tem uma das melhores gastronomias do mundo, e desse facto ninguém dúvida. Este facto deve-se não só á forma original como cozinhamos, mas principalmente porque sempre estivemos abertos ao mundo.

Somos o país do refogado, dos coentros, das especiarias, e estas combinações estão-nos no sangue desde os primórdios dos descobrimentos.

Se em qualquer restaurante Português se consegue comer um bitoque, existem casas regionais onde as especialidades não se encontram apuradas em mais lado nenhum se não ali mesmo. As casas de pasto estão espalhadas por esse Portugal fora e em cada Português existe um gosto muito próprio e no entanto tão nacional. Experimente perguntar a um Português qual é o seu prato preferido e as respostas oscilarão entre uma caldeirada, um cozido à Portuguesa, uns pezinhos de coentrada ou uma dobrada.

Somos povo consistente e de comida consistente. Encher a barriguinha de forma farta é o ideal para qualquer Português.

Se cada um tem a sua opinião relativamente ao prato preferido, o mesmo se passa quanto ao restaurante que elege.

Desde casas de pasto tão conhecidas, a restaurantes gourmet, passando por restaurantes da moda e chiques, ou até mesmo pelo conhecido tasco, os Portugueses, como bom garfo têm muito por onde escolher, mas no coração, guarda-se o sabor mais tipicamente Português. As casas de Fado.

Com gastronomias variadas e típicas, escolhem-se canecos de vinho tinto para regar as moelas ou a carne de porco à Alentejana, ou opta-se por um bom vinho branco, enquanto as sardinhas estalam na brasa e se preparam as saladas mágicas e gulosas. Português de Portugal, escolhe comer a ouvir um fado, e seja ele corrido, vadio choroso ou à capela, os restaurantes que oferecem estes serviços obrigam-se normalmente a marcações, tal a adesão a quem quer ouvir cantar o fado.

Não só de sabores típicos são feitas estas casas tão tradicionais. A decoração, toda ela à antiga Portuguesa, enchem o olho, enquanto os aromas se misturam entre as vozes batidas da noite.

Para provar gastronomias únicas, enquanto se ouve um e outro fado, estes restaurantes primam pelas toalhas aos quadradinhos e jarros de barro.

Quando visitar uma destas casas, não deixe de provar as fabulosas entradas, recheadas por chouriço assado, os típicos e gordurosos torresmos ou os queijos da serra, enquanto mordisca o pão alentejano ou a broa de milho estaladiça. Regue com um bom vinho tinto da casa (nestas casas são sempre os melhores), e espere pelos rojões à minhota enquanto ouve o animado – “Na Casa da Mariquinhas”.


Carla Horta

Título: Os melhores restaurantes de Portugal

Autor: Carla Horta (todos os textos)

Visitas: 0

781 

Imagem por: DiscoverDuPage

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • Luene ZarcoLuene

    16-09-2014 às 05:14:23

    Ainda irei provar deste sabor português! O melhor a saber destes restaurantes em Portugal é que quando estivermos no país, já saberemos os locais para comer. Muito grata!

    ¬ Responder

Comentários - Os melhores restaurantes de Portugal

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Como Organizar Qualquer Tipo De Evento

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Eventos
Como Organizar Qualquer Tipo De Evento\"Rua
Com todas as mudanças no mundo precisamos de pessoas capacitadas e qualificadas para se organizar um evento de porte. Não mais uma pessoa que faz tudo, que quebra-galho, mas um profissional estudioso no ramo para levar um evento de grande estima que atinja seu público de forma satisfatória e abrangente.

Para estar na frente exige-se muito trabalho, esforço e dedicação extrema para que se obtenha grande sucesso não somente para quem recebe como também para a própria instituição em que se realiza o evento. Isso tem causado uma procura por esses profissionais e até tem sido reconhecido como uma profissão que será valorizada muito nesses próximos anos.

Como Organizar?

Para estar na frente de um evento é necessário muita dedicação e amor. Muitas horas planejando e com uma grande antecedência. Pois, qualquer problema que ocorra no dia, será de responsabilidade de quem está organizando.

Então, todos os cuidados devem ser levados em consideração, devemos ter ações prevenidas e tudo deve ser listado, feito e dado uma atenção especial. Diante dos que se pretende fazer em um evento seja ele cultural, religioso, comercial, precisa de alguns parâmetros para serem seguidos cuja finalização tenha muito sucesso.

Eis quais são as etapas para você compreender melhor:
1. Objetivos: você deve primeiramente traçar um objetivo daquilo que se pretende realizar. Deve ser dividido em duas partes: a geral e a específica;

2. Públicos: quem são os públicos que serão atingidos? É um grupo de mulheres, um grupo de homens? Que faixa de idade? Essas e outras perguntas devem ser feitas;

3. Estratégias: essas estratégias consistem simplesmente em como você vai atingir o seu público, o que mais irá atraí-los para que possam ir ao seu evento?

4. Recursos: os recursos tanto materiais, humanos, físicos, todos esses recursos devem ser bem estruturados e anotados;

5. Implantação: Que métodos serão usados para o evento desde o início até o término do evento? Refere-se a todos os procedimentos;

6. Acompanhamento e controle: estipular alguém que irá acompanhar todo o processo e controlar, como por exemplo, as despesas;

7. Avaliação: feita após o término do evento, ela é produzida em formato de relatório e entregue a quem organizou o evento;

8. Orçamento Previsto: este deve ser feito bem detalhado. Uma das mais importantes partes de todo o evento. Pode buscar patrocínio, parcerias com empresas para assim evitar os gastos, mas tudo deve ser anotado e controlado.

Pesquisar mais textos:

Luene Zarco

Título:Como Organizar Qualquer Tipo De Evento

Autor:Luene Zarco(todos os textos)

Imagem por: DiscoverDuPage

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios