Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Restaurantes > Os melhores restaurantes de Portugal

Os melhores restaurantes de Portugal

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Restaurantes
Comentários: 1
Os melhores restaurantes de Portugal

Portugal tem uma das melhores gastronomias do mundo, e desse facto ninguém dúvida. Este facto deve-se não só á forma original como cozinhamos, mas principalmente porque sempre estivemos abertos ao mundo.

Somos o país do refogado, dos coentros, das especiarias, e estas combinações estão-nos no sangue desde os primórdios dos descobrimentos.

Se em qualquer restaurante Português se consegue comer um bitoque, existem casas regionais onde as especialidades não se encontram apuradas em mais lado nenhum se não ali mesmo. As casas de pasto estão espalhadas por esse Portugal fora e em cada Português existe um gosto muito próprio e no entanto tão nacional. Experimente perguntar a um Português qual é o seu prato preferido e as respostas oscilarão entre uma caldeirada, um cozido à Portuguesa, uns pezinhos de coentrada ou uma dobrada.

Somos povo consistente e de comida consistente. Encher a barriguinha de forma farta é o ideal para qualquer Português.

Se cada um tem a sua opinião relativamente ao prato preferido, o mesmo se passa quanto ao restaurante que elege.

Desde casas de pasto tão conhecidas, a restaurantes gourmet, passando por restaurantes da moda e chiques, ou até mesmo pelo conhecido tasco, os Portugueses, como bom garfo têm muito por onde escolher, mas no coração, guarda-se o sabor mais tipicamente Português. As casas de Fado.

Com gastronomias variadas e típicas, escolhem-se canecos de vinho tinto para regar as moelas ou a carne de porco à Alentejana, ou opta-se por um bom vinho branco, enquanto as sardinhas estalam na brasa e se preparam as saladas mágicas e gulosas. Português de Portugal, escolhe comer a ouvir um fado, e seja ele corrido, vadio choroso ou à capela, os restaurantes que oferecem estes serviços obrigam-se normalmente a marcações, tal a adesão a quem quer ouvir cantar o fado.

Não só de sabores típicos são feitas estas casas tão tradicionais. A decoração, toda ela à antiga Portuguesa, enchem o olho, enquanto os aromas se misturam entre as vozes batidas da noite.

Para provar gastronomias únicas, enquanto se ouve um e outro fado, estes restaurantes primam pelas toalhas aos quadradinhos e jarros de barro.

Quando visitar uma destas casas, não deixe de provar as fabulosas entradas, recheadas por chouriço assado, os típicos e gordurosos torresmos ou os queijos da serra, enquanto mordisca o pão alentejano ou a broa de milho estaladiça. Regue com um bom vinho tinto da casa (nestas casas são sempre os melhores), e espere pelos rojões à minhota enquanto ouve o animado – “Na Casa da Mariquinhas”.


Carla Horta

Título: Os melhores restaurantes de Portugal

Autor: Carla Horta (todos os textos)

Visitas: 0

781 

Imagem por: DiscoverDuPage

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • Luene ZarcoLuene

    16-09-2014 às 05:14:23

    Ainda irei provar deste sabor português! O melhor a saber destes restaurantes em Portugal é que quando estivermos no país, já saberemos os locais para comer. Muito grata!

    ¬ Responder

Comentários - Os melhores restaurantes de Portugal

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

O que é uma Open House?

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Imóveis Venda
O que é uma Open House?\"Rua
Este é um tema que vem pôr muito a lindo o trabalho de alguns mediadores imobiliários e do seu trabalho.

Quando temos um imóvel para vender, muitos são os métodos a utilizar e os meios que nos levam até eles para termos o nosso objetivo cumprido – A venda da Casa.
Quando entregamos o nosso imóvel para que uma mediadora o comercialize, alguns aspetos têm de ser tidos em conta, como a legalidade da empresa e quem será a pessoa responsável pela divulgação da sua casa, mas a ansia de vermos o negócio concretizado é tanta, que muitas vezes nos escapa a forma como fazem a referida divulgação e publicidade do imóvel.

Entre anúncios na internet e as conhecidas folhas nas montras dos estabelecimentos autorizados, muitas mediadoras optam por fazer uma ação que está agora muito em voga que é uma Open House. Mas afinal, o que é isto de nome estrangeiro que tanto se vê pelas ruas e em folhetos de anúncio?

Ora bem, a designação em Português é muito simples – Casa Aberta. E na realidade, uma Open House é isso mesmo. Abrir uma Casa para que todos a possam ver. NO entanto, requerem-se alguns aspetos que as mediadoras normalmente preveem, mas que é fundamental que o proprietário do imóvel também tenha consciência e conhecimento.

Por norma as imobiliárias só fazem este tipo de intervenção e ação em imóveis que têm como exclusivo, isto é, quando é uma só determinada mediadora, a autorizada a poder comercializar o imóvel.

Em segundo lugar, este tipo de ação de destaque requer à mediadora custos com tempo, recursos humanos e financeiros.
A mediadora começa por marcar um dia próprio que por norma é datado para um feriado ou fim de semana. Faz então publicidade local através de folhetos e flyres anunciando a Open House, o dia e a hora, tal como o local. Muito provavelmente serão tiradas fotografias ao seu imóvel.

Através de redes sociais também poderão ser divulgadas as ações.
No dia da Open House, o local será indicado com publicidade da sua casa e da imobiliária e começarão a aparecer visitas ao imóvel.

Sugiro que não tenha mobiliário e muito menos valores em casa. O ideal será o imóvel estar desocupado de todos e quaisquer bens, por uma questão de segurança, mas também porque as áreas parecerão maiores e isso com toda a certeza ajuda à venda.

A imobiliária será responsável pela limpeza e trato do imóvel, pelo que se ocorrerem danos, serão eles os responsáveis.
Neste tipo de ações, é normal que a concorrência das imobiliárias apareça e faça parcerias que para si só trará vantagens.

Uma Open House pode não ser uma ação de destaque em Portugal, mas por exemplo nos Estados Unidos, é o normal e mais agradável. Os clientes não se sentem pressionados como numa visita normal e os negócios concretizam-se com muito mais rapidez e naturalidade.

Pesquisar mais textos:

Carla Horta

Título:O que é uma Open House?

Autor:Carla Horta(todos os textos)

Imagem por: DiscoverDuPage

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios