Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Saúde > Pais omissos na obesidade infantil

Pais omissos na obesidade infantil

Categoria: Saúde
Comentários: 1
Pais omissos na obesidade infantil

Pesquisa mostra que os pais têm culpa nos maus hábitos alimentar dos filhos. Mais isso é falta de pulso firme aos pais na hora de controlar a dieta. Houve um estudo, realizado na Escola de Medicina de Harvard (EUA), a respeito do crescimento em casos de obesidade infantil. Após acompanhar a rotina de pais com crianças de sobrepeso, os médicos descobriram que o problema, na maioria das vezes, não está na falta de informação, e sim nos adultos. Pois os pais sabem o que prejudica a saúde de seu filho, mas sentem-se pena em proibir os maus hábitos dos filhos.

Os pais foram estimulados a tirar a televisão na hora das refeições, e reduzir o consumo de frituras, cortarem os refrigerantes, e obrigar a prática de exercícios físicos e aumentar o número de refeições feitas. Mas nem sempre as mudanças aconteceram, muitos pais sentiam-se triste ao impor limitações, quanto ao uso da televisão e as refeições em família foram às regras mais desrespeitadas. O grupo incluía pais de crianças com idades entre dois e doze anos. "As crianças aprendem muito com os exemplos. Se os pais proíbem as refeições em frente da televisão, mas fazem lanches na cama, perdem a autoridade", afirmam os nutricionistas, Para manter a saúde e o peso ideal, a rotina de toda a família precisa ser saudável. Sem diferenças, com isso fica mais fácil manter a disciplina. Se ninguém em casa toma refrigerante, a tentação some.

O estudo também identificou que os adultos que se mantinham no peso ideal mostraram-se mais à vontade para impor as proibições às crianças, mas os pais obesos relutam em manter as restrições. Mas você tem que proteger seu filho da obesidade na infância. O excesso de peso favorece doenças como hipertensão e diabetes, Isso também levou ao aumento de doenças que afligem a vida desses jovens. A obesidade na infância está associada ao maior risco de desenvolvimento precocemente de doenças crônicas não transmissíveis, como dislipidemias, hipertensão, diabetes, doenças cardiovasculares e problemas ortopédicos, afirma a nutricionista.

Estudos também apontam que crianças e adolescentes obesos têm maior risco de se manterem obesos na vida adulta. Assim, é essencial prevenir a obesidade já na infância. Um dos fatores determinantes da obesidade na infantil é a presença de hábitos e comportamentos inadequados. Os pais têm que entender que a criança tem que ter horários e uma alimentação correta.

Waldiney Melo

Título: Pais omissos na obesidade infantil

Autor: Waldiney (todos os textos)

Visitas: 0

686 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • Sofia NunesSofia Nunes

    15-09-2012 às 21:26:12

    Sem dúvida que os pais são os grandes culpados na obesidade dos filhos. Sabemos que os perigos da sociedade são muitos, espreitando de todos os lados, mas é aos pais que cabe o papel principal na educação dos filhos. E ensinar o que comer faz parte da educação. Se uma criança for ensinada a comer comida saudável, podendo obviamente ceder aos prazeres do fast-food esporadicamente, irá provavelmente tornar-se num adulto saudável, com bons hábitos alimentares.

    ¬ Responder

Comentários - Pais omissos na obesidade infantil

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Como fazer disfarces de Carnaval

Ler próximo texto...

Tema: Vestuário
Como fazer disfarces de Carnaval\"Rua
O ano começa e depressa chega uma data muito ansiada principalmente pelos mais jovens: o desejado Carnaval!

Esta é uma data que os pequenos adoram e deliram com as fantasias. O problema maior é a despesa que os disfarces representam e no ano seguinte já não usarão o mesmo disfarce ou, no caso dos mais pequenos, já não lhes serve.
O melhor nesta data é mesmo reciclar e aprender a fazer disfarces caseiros utilizando truques mais económicos e materiais reciclados para preparar as fantasias dos pequenitos!

Uma sugestão para os meninos é o traje de pirata que pode facilmente ser criado a partir de peças que tenha em casa. Procure uma camisa de tamanho grande e, de preferência, de cor branca com folhos. Se não tiver uma camisa com estas características facilmente encontrará um modelo destes no guarda-vestidos de alguma familiar, talvez da avó.

Precisará de um colete preto. Na falta do colete pode utilizar um casaco preto que esteja curto, rasgue as mangas pelas costuras dos ombros. As calças devem ser velhas e pretas para poderem ser cortadas na zona das pernas para envelhecer a peça. Coloque um lenço preto ou vermelho na cabeça do menino e, de seguida, com um elástico preto e um pouco de velcro tape um dos olhos.

Para as meninas não faltam ideias originais para fazer disfarces bonitos e especiais para este dia. Uma ideia original é a fantasia de Flinstone. É muito fácil e prática de fazer e fica um disfarce muito bonito. Comece por arranjar um pedaço de tecido branco. Coloque o tecido em volta do corpo como uma toalha de banho e depois amarre num dos braços fazendo uma alça. Depois corte as pontas em ziguezague mantendo um lado mais comprido que o outro. Amarre o cabelo da menina todo no cimo da cabeça, como se estivesse a fazer um rabo-de-cavalo mas alteie-o mais. Com o auxílio de um pente frise o cabelo, pegando nas pontas e passando o pente em sentido contrário até que fique todo despenteado. Numa loja de disfarces compre um osso de plástico e prenda na fita da criança.

Pegue nos materiais, puxe pela imaginação e ponha mãos ao trabalho!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Como fazer disfarces de Carnaval

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    09-06-2014 às 04:01:21

    Não em carnaval, mas em bailes de fantasia, sempre usei o TNT. Eles são ótimos para trabalhar o corte, para costurar e deixa bem bonito!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios