Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Automóveis > Primeiros carros no mundo

Primeiros carros no mundo

Categoria: Automóveis
Visitas: 58
Comentários: 2
Primeiros carros no mundo

Tens carro? Sim. E como surgiu o carro?

Nos dias de hoje, a maioria da população tem em sua pose no mínimo um automóvel, e pouco se preocupa, de onde vem as verdadeiras origens, o porquê das quatro rodas e outras funcionalidades. Quando alguém se dirige a um stand para comprar um automóvel, baseia-se principalmente pelo nº de cavalos, o consumo que necessita para se deslocar, o espaço interior e outros entreténs.

O primeiro automóvel apareceu a 1763 para uso militar, inventado pelo Engenheiro militar Nicolas Cugnot de origem francesa. Tal geringonça era composta por três rodas, servia na maioria das vezes para transportar artilharia e movia-se a vapor, atingindo os quatro quilómetros por hora, de forma a poupar os cavalos.

Infelizmente, tal criação não teve muito êxito, acabando por levar Nicolas á prisão por ter colocado pessoas em perigo.

A 1885, o engenheiro Karl Benz fabricou um carro que já tinha motor e mais segurança que o automóvel de Nicolas. Esta nova invenção foi testada em frente a um grupo de funcionários que o observavam atentamente quando dava voltas á fabrica Tornando-se conhecido pelo protótipo de Benz.

A invenção precisou com o avançar do tempo ser melhorada, o que não deu bom resultado, levando a embater contra um árvore.

Gottieb Daimler, ajudou Benz na sua invenção aperfeiçoando as funcionalidades do motor, tornando o automóvel mais falado a nível mundial, corria a palavra em todas as bocas, e jornais deste meio de transporte. A 1926, Daimler e Benz juntaram-se para fabricar o hoje conhecido por Mercedes-Benz.

A 1903 o americano Henry Ford criou o primeiro automóvel movido a gasolina, tendo muito sucesso e produzindo cerca de quinze milhões de unidades, em modelo T, de cor preta (era a tinta da época mais barata e de secagem rápida).

Após este ultimo, foi o boom dos carros, aperfeiçoando a máquina, feitios, compostos, cores, etc. O piloto francês, Gustave Liebau aperfeiçoou a máquina de Henry Ford, implantando o cinto de segurança, passando a fazer parte em todos os veículos a partir de 1949.

A 1922, George Frost resolveu aperfeiçoar a máquina de Ford, colocando espelhos nas laterais do modelo T, retrovisor, rádio e bateria, tornando-se o primeiro carro da época conhecido como o primeiro Auto-som. Desde então, foi até aos dias de hoje aperfeiçoando a máquina. Naquele tempo era inimaginável, as funcionalidades de hoje com os sensores de estacionamento, entre outras.


Sandra Mendes

Título: Primeiros carros no mundo

Autor: Sandra Mendes (todos os textos)

Visitas: 58

663 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 2 )    recentes

  • SophiaSophia

    17-06-2014 às 03:43:55

    Não sabia que um dos primeiros carros do mundo tinham 3 rodas, imagino que seja bem engraçado. Os primeiros carros no mundo, com certeza, eram por demais disputados e muito interessantes.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder
  • Sofia NunesSofia Nunes

    17-09-2012 às 16:57:25

    Ainda que, como lembra no seu texto, a história do automóvel remonte à segunda metade do século XVIII, a disseminação deste meio de transporte está muito ligado à imagem de Henry Ford, que de certa forma banalizou o automóvel, passando a estar presente na vida de muitas famílias de classe média- é em parte por isso que Henry Ford é visto como uma espécie de símbolo da época em que o consumismo desenfreado teve origem.

    ¬ Responder

Comentários - Primeiros carros no mundo

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Receptores digitais

Ler próximo texto...

Tema: TV HIFI
Receptores digitais\"Rua
Os receptores digitais são instrumentos que têm a função de receber sinal por via de canais digitais.

De acordo com a sua função, estes canais poderão ser satélite ou por cabo. Actualmente, já existem bastantes serviços de televisão por cabo que funcionam apenas com estes receptores, uma vez que é através deles que se consegue ter acesso não só aos canais de serviço, mas também a pacotes codificados.

O serviço de recepção de canais por satélite é um sistema independente para o qual é necessário ter um disco receptor satélite de modo a poder ter canais digitais fora dos serviços prestados pelos operadores de televisão digital.

Este instrumento permite que os próprios ecrãs sem tecnologia digital passem a usufruir desta através destes receptores. No entanto, a melhor qualidade só é garantida com um ecrã já com esta tecnologia.

Os receptores digitais permitem também aceder a uma multiplicidade de serviços, desde que devidamente configurados. Por exemplo, com estes receptores, é possível aceder a menus específicos de pausa de emissão para depois ser continuada, de serviços on-demand ou acesso a portais específicos, entre outros.

Esta pequena caixinha permite ao seu utilizador usufruir da televisão a um novo nível, de modo a que possa ter todas as comodidades no conforto do lar. 

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Receptores digitais

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    04-06-2014 às 06:53:28

    Gostei dos receptores digitais. Bom texto abordando isso.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios