Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Segurança > Segurança na rua

Segurança na rua

Categoria: Segurança
Visitas: 52
Comentários: 1
Segurança na rua

Infelizmente nos dias de hoje em que os índices de violência só aumentam (apesar de tantas campanhas de conscientização e projetos que investem em educação) temos que conviver seguidamente com o medo e a insegurança de andar pelas ruas. O que antes eram momentos felizes de passeio ao ar livre hoje são necessidades de trânsito rápido entre um destino e outro a fim de evitar maiores transtornos, furtos, roubos ou até mesmo violência corporal. As pessoas atualmente, ao andarem nas ruas, precisam cuidar da sua segurança pessoal e, para isso, são importantes que alguns cuidados e precauções sejam tomados.

Transitar pelas ruas com joias, objetos de valor e grande quantidade de dinheiro era perfeitamente possível no passado. Hoje não é recomendado andar com objetos valiosos que possam chamar a atenção de pessoas de má índole. Da mesma forma, evitar andar com a carteira cheia de cartões de crédito e de loja é igualmente importante. Esses cartões devem ser levados quando realmente forem necessários. Andar com o mínimo de objetos e acessórios é o mais adequado. Apenas um documento com foto é o ideal. Não é necessário andar com vários documentos pela rua.

Bolsas de mão são perigosas, pois chamam muito à atenção na rua pela facilidade em furtá-las. Portanto, levá-las, carregadas de documentos e valores, deve ser evitado.  Celulares também devem estar escondidos. Mostrá-los é dar facilidade de perdê-los por roubo ou até mesmo por esquecimento. Abrir a bolsa ou carteira em público, em terminais de trem ou ônibus, em praças ou em qualquer outro ambiente ao ar livre deve ser sempre evitado. Isso facilita a ação dos ladrões.

Ao andar seguidamente na rua é importante fazer caminhos diferentes e ficar atento às outras pessoas. Tomar cuidado ao ser abordado na rua e em caso de estar sendo vigiado e seguido o mais indicado é entrar no primeiro estabelecimento comercial que encontrar, pedir ajuda e esperar. Outra opção é tentar desviar, atravessando a rua. É fundamental também evitar locais de pouco movimento como becos, vielas, locais demasiadamente arborizados e cheios de vegetação que podem esconder a ação de marginais, principalmente à noite. Se possível o melhor é sempre andar com alguém, evitando andar sozinho e distraído. Locais sem boa iluminação também devem ser evitados.

Uma boa dica é deixar um dinheiro reservado no bolso da calça caso venha precisar para evitar a necessidade de abrir a bolsa ou carteira na rua. Em caso de assalto ou qualquer outra abordagem é bastante conveniente manter a calam para evitar agressões físicas. Nesse momento é importante tentar controlar as emoções para evitar reações bruscas que podem gerar raiva e violência por parte dos agressores.

Caso seja inevitável carregar bolsas ou sacolas, é aconselhável carrega-las bem próximo ao corpo e, de preferência pelo lado da calçada, dificultando a ação rápida dos ladrões.

Por fim, outra dica importante que igualmente deve ser seguida como as outras citadas anteriormente é evitar a retirada de dinheiro em bancos ou caixas eletrônicos nos dias mais comuns de pagamento em que os marginais estão atentos para possíveis assaltos.

Tomando essas precauções vários transtornos podem ser evitados. A chave da segurança na rua é evitar chamar a atenção. Então passar o mais despercebido é o ideal.


Rosana Fernandes

Título: Segurança na rua

Autor: Rosana Fernandes (todos os textos)

Visitas: 52

788 

Imagem por: Sienar

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • SophiaSophia

    28-05-2014 às 18:46:24

    Em hipótese alguma andar com o celular na rua ou qualquer outro equipamento que chame atenção. É atrair o roubo para si. Na verdade, o roubo acontece pelas oportunidades que eles veem na rua, então, previna-se!!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Comentários - Segurança na rua

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Contador de moedas

Ler próximo texto...

Tema: Material Escritório
Contador de moedas\"Rua
O mundo dos negócios exige um grande dispêndio de energia e muitas horas de trabalho. No entanto hoje já é possível fazer recurso da alta tecnologia para poupar tempo e dinheiro. O recurso às funções do computador para o comércio facilita e atrai muitos clientes para empresas e comerciantes. No que diz respeito a contas é possível fazer uma contagem rápida e eficaz do dinheiro, sem passar horas a contar e com o risco de engano. É por isso que cada vez mais pessoas ligadas a negócios e serviços optam por adquirir um contador de moedas. Deste modo sabem que poupam tempo e não falham na sua contagem.

Dos inúmeros equipamentos que a alta tecnologia põe ao dispor, este é sem dúvida um equipamento que beneficia em muito o trabalho de muita gente. Por ser pequeno é muito cómodo e exige pouco espaço, ou melhor pode ser colocado em qualquer lugar.

Torna-se evidente que as novas tecnologias vieram para simplificar a vida e trazem muitas vantagens, rentabilizam e poupam tempo. No caso do contador de moedas, sem enganos, falhas e complicações. É o ideal para ter num escritório de uma empresa, em escolas, cafés, pastelarias, salões de jogos, bancos, cinema, serviços financeiros e de tesouraria e outros ligados a serviços públicos e privados.

Em resumo, se está ligado a qualquer trabalho de comércio ou serviços pode poupar muto tempo e problemas apenas colocando um equipamento destes no seu espaço de trabalho. As suas vantagens são inúmeras, em especial: permite realizar uma contagem rápida das moedas dividindo-as e fazendo a sua soma, conta o total das moedas, o valor total em cada tipo de moedas e a quantidade de todas as moedas.

Contem e separa no mínimo duzentas e vinte moedas por minuto, sem erro, conta e separa tudo no mesmo equipamento, permite alimentar o aparelho com quantidades entre as trezentas e quinhentas moedas de cada vez e continuar a adicionar mais moedas enquanto está a contar. Além disso o aparelho pode ser programado para separar um número de moedas predeterminado.

O seu design é bastante inovador e resistente. Os materiais de elevada qualidade, de fácil ligação e paragem automática.

Possui uma elevada funcionalidade, baixo consumo (70W), pouco peso, aproximadamente quatro kg, velocidade ultra rápida, pequena dimensão e estão todos certificados pela EU. Deste modo também possuem garantia, são fáceis de usar e de arrumar.

As suas funções práticas permitem que o contador de moedas possa estar em qualquer lugar.

Pesquisar mais textos:

Teresa Maria Batista Gil

Título:Contador de moedas

Autor:Teresa Maria Gil(todos os textos)

Imagem por: Sienar

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios