Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Segurança > Torne as suas portas e janelas mais seguras

Torne as suas portas e janelas mais seguras

Categoria: Segurança
Visitas: 40
Comentários: 1
Torne as suas portas e janelas mais seguras

A maioria dos assaltos a casas são realizados por meio de arrombamento das portas e janelas ou através da utilização de chaves falsas, regra geral acontecem entre a meia noite e as cinco da manhã. Em alguns casos os assaltos também são fruto de uma oportunidade momentânea, isto quer dizer, que o ladrão apenas necessita de detectar uma janela aberta e uma porta ou um portão encostado.

Analise a sua casa e verifique se a segurança desta é muito ou pouco credível? Na maioria das vezes, imóveis com pouca segurança tem muito mais hipóteses de serem assaltadas que os imóveis com boa segurança.

Não há desculpa para não cuidar da segurança da sua casa ou de qualquer outro bem, se tivermos em conta os custos e incómodos de um assalto, tomar as determinadas precauções irá poupar-lhe grandes dores de cabeça e muito menos despesas.

Elimine um eventual roubo à sua casa e torne a sua entrada um alvo mais difícil para os ladroes. A tomada de simples precauções pode diminuir o risco da sua casa ser assaltada. Aposte na sua segurança começando por apostar na segurança da sua casa!

Instale fechaduras de bloqueio nas portas externas, assim será preciso uma chave para abrir as portas do lado de fora e do lado de dentro. Não confie nos trincos de corrente, uma pessoa forte consegue sempre rebenta-los.

Instale fechos com chave nas janelas, desta forma o ladrão precisa de partir o vidro para poder entrar, situação que estes evitam devido ao barulho e ao risco de deixarem provas. Coloque protecção dupla nas janelas, se achar mesmo necessário não hesite em colocar grades.

Não coloque as chaves de casa à vista de outras pessoas, perto das janelas ou das portas, nem as guarde num local óbvio da casa, tal como na caixa postal, por baixo do tapete ou dentro de jarros.

Torne a entrada do jardim ou do terreno da casa mais complicado optando por um portão robusto e com um bom cadeado.

Mesmo que saia por um curto período de tempo deixe todas as janelas e portas fechadas à chave. Nunca se sabe quando um assalto pode vir a acontecer!

Por último, nunca rotule as chaves com o nome e morada.


Rua Direita

Título: Torne as suas portas e janelas mais seguras

Autor: Rua Direita (todos os textos)

Visitas: 40

786 

Imagem por: emdot

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • SophiaSophia

    29-05-2014 às 06:36:08

    Muito boa essas dicas para deixar portas e janelas mais seguras em casa e em qualquer lugar.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Comentários - Torne as suas portas e janelas mais seguras

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Ler próximo texto...

Tema: Informática
Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?\"Rua
Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Bom, Não é de hoje que tecnologia vem surpreendendo a todos nós com grandes revoluções e os custos que diminuem cada vez mais.
Hoje em dia é comum ver crianças com smarthphones com tecnologia que a 10 anos atrás nem o celular mais moderno e caro do mercado tinha.
Com isso surgiram sugiram vários profetas da tecnologia e visionários, tentando prever qual será o próximo passo.

E os filmes retratam bem esse tema e usam essa formula que atrai a curiosidade das pessoas.
Exemplos:

Minority report - A nova lei de 2002 (Imagem)

Transcendence de 2014

Em Transcendence um tema mais conspiratório, onde um ser humano transcende a uma consciência artificial e assim se torna imortal e com infinita capacidade de aprendizagem.
Vale a pena ver tanto um quanto o outro filme. Algumas tecnologias de Minority Report, como utilizar computadores com as mãos (caso do kinect do Xbox 360 e One) e carros dirigidos automaticamente, já parecem bem mais próximo do que as tecnologias vistas em Transcendence, pois o foco principal do mesmo ainda é um tema que a humanidade engatinha, que é o cérebro humano, a máquina mais complexa conhecida até o momento.

Eu particularmente, acredito que em alguns anos teremos realmente, carros pilotados automaticamente, devido ao investimento de gigantes como o Google e o Baidu nessa tecnologia.

Também acho que o inicio da colonização de Marte, vai trazer grandes conquistas para humanidade, porém grandes desafios, desafios esses que vão nos obrigar a evoluir rapidamente nossa tecnologia e nossa forma de encarar a exploração espacial, não como um gasto, mas sim como um investimento necessário a toda humanidade e a perpetuação da sua existência.

A única salvação verdadeira para humanidade e para o planeta terra, é que seja possível o ser humano habitar outros planetas, seja localizando planetas parecidos com a terra ou mudando planetas sem condições para a vida em planetas habitáveis e isso só será possível com gente morando nesses planetas, como será o caso do Marte. O ser humano com a sua engenhosidade, aprendeu a mudar o ambiente a sua volta e assim deixou de ser nômade e da mesma forma teremos que aprender a mudar os mundos, sistemas, galáxias e o universo a nossa volta.

Espero que tenham gostado do meu primeiro texto.
Obrigado à todos!
Até a Próxima!


Pesquisar mais textos:

Érico da Silva Kaercher

Título:Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Autor:Érico da Kaercher(todos os textos)

Imagem por: emdot

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios