Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Segurança > Desabafo de uma cidadã inconformada

Desabafo de uma cidadã inconformada

Categoria: Segurança
Visitas: 3
Comentários: 1
Desabafo de uma cidadã inconformada

Diante de tantos questionamentos e também da situação em que se encontra nosso país atualmente, senti a necessidade de extravasar minha indignação.
Dias atrás fui assaltada, não levaram meu celular, tablet ou carteira, levaram algo que vai levar anos para mim ter de volta, algo que faz com que cada vez que me olho no espelho, me faz lembrar dessa invasão, pois sim roubaram meu cabelo.

E junto com ele foi mais um pouco da minha esperança na humanidade, da minha esperança em uma sociedade totalmente decadente que está se perdendo em brigas e jogadas políticas e se desgraçando cada vez mais aos olhos do mundo.

Os olhares de todos estão focados na crise governamental que está acontecendo lá em Brasília e se esquecendo que por aqui a vida continua, a segurança, a educação, a saúde e muitas outras necessidades básicas foram colocadas em segundo plano, e acontece que quem sofre é o povo.

Me pergunto se todos voltassem para ver ao seu redor o que está acontecendo, eu não teria sido poupada dessa situação horrível. Fui drogada, roubada, e ainda tenho pesadelos com a hora que percebi que meu cabelo já não estava mais lá, porque independente do motivo do roubo, seja para comprar drogas ou leite para um filho faminto, isso diz muito para onde tudo está se encaminhando, sim acredito que a situação está tão grave que em breve seremos uns contra os outros na busca pela sobrevivência, mas nada justifica a perda da integridade, da moral e dos bons costumes, e principal a perda de respeito pelo próximo, ainda mais quando o mesmo se encontra vulnerável.

Mas antes de me render ao inconformismo, ouso tentar mais um pouco, ouso apelar para os que ainda tem um coração honrado e bom para que olhe ao redor tente fazer algo para melhorar a situação do pequeno espaço em que vive, pois como disse Steve Jobs “Os loucos que acham que podem mudar o mundo, são os que efetivamente o fazem”.

Não estou falando em pessoas indo às ruas, ou se reunindo para discutir a política, estou dizendo que se cada um conseguir fazer a sua parte sem tentar puxar o tapete do outro, nossa situação seria diferente e estaríamos olhando para um quadro mais suave em vez dessa mistura confusa de brigas, roubos, mortes, ameaças, corrupção e mentiras.

Sejamos realistas, o povo está assustado, acredito que muitos já chegaram na casa do desespero, mas se todos perderem a razão e esquecerem o bom senso, pense onde que vamos parar? Como nação, como povo, como família, como pessoas? Que tipo de valores ensinaremos, ou acreditaremos? Sim quero que cada um se questione, e pare de olhar tão longe e passe a agir em favor do que ainda está ao seu alcance.


Clarissa Reinoco Machado

Título: Desabafo de uma cidadã inconformada

Autor: Clarissa Reinoco Machado (todos os textos)

Visitas: 3

10 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • Claudia Reinoço Machadoclaudia

    22-04-2016 às 10:50:39

    gostei do texto e é bom poder desabafar de vez em quando .

    ¬ Responder

Comentários - Desabafo de uma cidadã inconformada

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Como fazer disfarces de Carnaval

Ler próximo texto...

Tema: Vestuário
Como fazer disfarces de Carnaval\"Rua
O ano começa e depressa chega uma data muito ansiada principalmente pelos mais jovens: o desejado Carnaval!

Esta é uma data que os pequenos adoram e deliram com as fantasias. O problema maior é a despesa que os disfarces representam e no ano seguinte já não usarão o mesmo disfarce ou, no caso dos mais pequenos, já não lhes serve.
O melhor nesta data é mesmo reciclar e aprender a fazer disfarces caseiros utilizando truques mais económicos e materiais reciclados para preparar as fantasias dos pequenitos!

Uma sugestão para os meninos é o traje de pirata que pode facilmente ser criado a partir de peças que tenha em casa. Procure uma camisa de tamanho grande e, de preferência, de cor branca com folhos. Se não tiver uma camisa com estas características facilmente encontrará um modelo destes no guarda-vestidos de alguma familiar, talvez da avó.

Precisará de um colete preto. Na falta do colete pode utilizar um casaco preto que esteja curto, rasgue as mangas pelas costuras dos ombros. As calças devem ser velhas e pretas para poderem ser cortadas na zona das pernas para envelhecer a peça. Coloque um lenço preto ou vermelho na cabeça do menino e, de seguida, com um elástico preto e um pouco de velcro tape um dos olhos.

Para as meninas não faltam ideias originais para fazer disfarces bonitos e especiais para este dia. Uma ideia original é a fantasia de Flinstone. É muito fácil e prática de fazer e fica um disfarce muito bonito. Comece por arranjar um pedaço de tecido branco. Coloque o tecido em volta do corpo como uma toalha de banho e depois amarre num dos braços fazendo uma alça. Depois corte as pontas em ziguezague mantendo um lado mais comprido que o outro. Amarre o cabelo da menina todo no cimo da cabeça, como se estivesse a fazer um rabo-de-cavalo mas alteie-o mais. Com o auxílio de um pente frise o cabelo, pegando nas pontas e passando o pente em sentido contrário até que fique todo despenteado. Numa loja de disfarces compre um osso de plástico e prenda na fita da criança.

Pegue nos materiais, puxe pela imaginação e ponha mãos ao trabalho!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Como fazer disfarces de Carnaval

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    09-06-2014 às 04:01:21

    Não em carnaval, mas em bailes de fantasia, sempre usei o TNT. Eles são ótimos para trabalhar o corte, para costurar e deixa bem bonito!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios