Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Saúde > Bolhas nos pés!!Saiba como tratar

Bolhas nos pés!!Saiba como tratar

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Saúde
Visitas: 38
Comentários: 30
Bolhas nos pés!!Saiba como tratar

Os pés estão desenhados especialmente para cumprir duas missões básicas. A primeira é sustentar o peso corporal e possibilitar a locomoção. A segunda é garantir uma postura ereta. Por isso, manter os pés sadios é permitir a saúde de todo o corpo. Isto adquire um grau maior de importância, sobretudo se você pratica atletismo ou um outro desporto que utilize os pés como principal centro de esforço.

Estruturados com 26 ossos, 33 articulações e 112 ligamentos, os pés são capaz de suportar uma força muito superior ao seu peso, enquanto tocam e se afastam do chão, numa proporção de mil vezes para cada quilómetro superado.

A própria função dos pés, o seu impacto com o solo e, especialmente a maneira como são cuidados, podem gerar vários tipos de lesões, entre as quais destacamos as bolhas, causadas principalmente pelo atrito da pele com o sapato, meia, sujeira ou por queimaduras devidas ao calor ou ao frio excessivo.

As bolhas são formadas por um acúmulo de fluidos entre as camadas da pele. Apesar de não serem graves, podem evoluir para infeções fúngicas perigosas, além de causarem muita dor e desconforto. Por isso, é necessário que sejam tratadas.

A forma mais simples e eficiente de tratar das bolhas é deixar que sequem sozinhas e depois remover a pele morta. Se optar por abrir a bolha, você deve limpá-la com sabão, álcool ou outro antisséptico e, somente depois, drenar o líquido, por um pequeno furo que pode ser feito com uma agulha esterilizada no fogo.

Não retire a pele, mesmo que uma parte tenha sido retirada devido à fricção com o calçado, remova-a apenas quando estiver seca. Cubra a região com gaze e vista meias limpas e secas, assim evita expor o ferimento à poeira e a contaminações. Após dois dias a bolha estará seca e poderá ter contacto com o ar.

O ideal é evitar o aparecimento das bolhas, com medidas simples. Para prevenção você pode usar duas meias, palmilhas de neoprene (um composto elástico muitas vezes utilizado em fatos de mergulho, etc.), ou meias de duas camadas, capazes de impedir a humidade e a fricção. Escolha sapatos e sapatilhas apropriados à anatomia dos seus pés, eles não devem ser nem folgados, nem apertados. O uso de talco ou vaselina pode ser apropriado para algumas pessoas. Há corredores que protegem com esparadrapo/adesivo as regiões dos pés mais propensas ao aparecimento das bolhas.

Respeite seus pés e cuide deles com o máximo carinho. Assim, eles continuarão a proporcionar-lhe momentos prazerosos de corridas e exercícios que proporcionarão também, bem-estar e saúde.


Helena

Título: Bolhas nos pés!!Saiba como tratar

Autor: Helena Helena (todos os textos)

Visitas: 38

772 

Imagem por: aussiegall

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 30 )    recentes

  • SophiaSophia

    15-04-2014 às 17:53:16

    Não consigo deixar secarem por si sós..heheh..sempre tenho a tentação de mexe-las - ou eu, ou alguém pisa justamente nela..hehe
    Parabéns pelo texto!

    A equipa da Rua Direita

    ¬ Responder
  • larissa souza dos santos

    07-09-2013 às 14:10:00

    Olá!
    Tenho 18 anos estou com bolhas no meus dois pés,não sei o que fazer com essa situação.Umas das bolhas do meu pé estourou e virou uma ferida muito feia,foi no medico e falou que era pra mim lavar com sabão .. mais não esta resolvendo.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de Climatizaçãofrango assado

    16-09-2013 às 19:30:48

    mim não resolve

    ¬ Responder
  • Antonio

    09-06-2013 às 06:49:57

    Minhas bolhas são sempre no pé esquerdo na parte que não encosta totalmente no chão.Coça muito.Quando aperto para estourá-las elas continuam coçando, Ficam avermelhadas como sangue e após estouradas é que ardem. Somem por um tempo e voltam. Troco as meias todos os dias sem exceção.Ponho a primeira pomada ao alcance ou álcool.O QUE PODE SER?

    ¬ Responder
  • Um usuário

    30-06-2013 às 15:36:48

    Boiolagem !!!

    ¬ Responder
  • JACKSON

    28-05-2013 às 19:19:39

    tenho 13 anos e a5 dias joguei bola na rua depois meu pe ficou com bolhas de agua, duro e vermelho, coçando muito, agora no dedo menor e esta aparecendo uma liha groça o que poderá ser? estou usndo pomada para micose e alcool.

    ¬ Responder
  • matheus

    21-02-2014 às 13:08:10

    mano n pode joga bola descalço no asfalto quente se n faz bolhas mesmo DDD.

    ¬ Responder
  • Juan

    19-04-2013 às 19:58:45

    Joguei bola em uma quadra descalço e criou uma bolha só na sola do pé ! posso furar ela e posso usar algum tipo de curativo com remédio ?

    ¬ Responder
  • Elaine cristina souza soares

    09-04-2013 às 19:37:05

    minha mae e diabetica, e queimou o pe no chao quente, dai ficou em carne viva,agora estar ficando preto e inchado, o que fazer???

    ¬ Responder
  • HelenaHelena Galindo

    10-04-2013 às 08:22:41

    Bom dia.

    Qualquer problema com pessoas diabéticas é preciso se levar ao médico porque só ele vai fazer exames e cuidar do problema de uma maneira certa. Não se brinca e nem se guarda problemas em pessoas diabéticas. Leve-a ao médico só ele pode indicar o melhro tratamento.

    Grata

    ¬ Responder
  • Aline

    15-12-2012 às 16:30:26

    Boa Tarde. A muito tempo aparece bolhas na sola do meu pe. Eu tenho que abrir as bolhas porque enquanto eu não abri elas queimam e coçam muito. Depois que abro sai um liquido clarinho e depois fica uma ferida que doi e incomoda. Meu pe fica muito ressecado descamando. Não posso usar cremes porque meu pé queima fica ardendo e depois aparece as bolhas novamente. Nos dias quentes parece aumentar o surgimento. Ja fui a varios medicos ja usei cremes e comprimidos mais ate hoje nao sei porque isso acontece. alguem podi me ajudar?

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de Climatizaçãodeb

    07-04-2013 às 11:21:50

    Isso parece disidrose e não bolhas provocadas por atrito,

    ¬ Responder
  • patrocinio

    26-10-2012 às 00:32:48

    doido dms doido dms

    ¬ Responder
  • maiara silva

    20-10-2012 às 04:21:16

    oi no meu serviço é obrigado usar botina porem meu numero é 37 mais ficou enorme no meu pé entao peguei a 36 ficou um pouco apertada. Ai nasceu duas bolhas no meu calcanhar nao sei se quando elas sara vai nascer dinovo o que eu faço??

    ¬ Responder
  • cleiton

    21-08-2012 às 15:22:30

    ja fais 3 dias que eu com nao si e bolha ou um ferida na sola do meu pe o que pode ser ?
    eu devo procurar uma farmacia ou eu devo ir al pronto socorro e outra eu nao uso chileo doda minha vida so uzei tenis

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de Climatizaçãovedima

    05-02-2013 às 19:50:18

    axho que estas botas de borracha tinham que ser debunciada ao Miniterio do Ytabalho pq como pode ser aprovado um calçado deste para se usar????Isto a fiscalização não vê msemo pq não éinteresse dos empresarioa né????

    ¬ Responder
  • hitorf

    30-07-2012 às 17:32:16

    Joguei futebol com meus primos ontem no sol porém estava descalço não nasceram bolhas nos dois pés só em um o outro só doi no meu pé direito nasceram duas bolhas uma não da quase nem pra ver a outra parece que arranquei um pedaço da minha pele e esta doende muito não consigo nem andar direito preciso ir ao medico?? (porque tenho que ir para a escola to em semana de prova mais como eu ja falei não consego nem andar direito pareço um pato andando!

    ¬ Responder
  • Kevin

    22-03-2013 às 18:40:45

    Bem,a unica coisa que não deve fazer é arranca-las, hoje arranquei e ficou uma pele fina arrasado, ta ardendo muito, por isso te recomendo a não tira-las, tambem peguei jogando bola na quadra no sol forte,

    obrigado pela atenção.

    ¬ Responder
  • JaqueJaque

    16-07-2012 às 15:59:32

    Passei a noite numa festa, e eu estava de salto alto,quando amanheceu percebi que estava com uma bolha enorme debaixo de cada pé,fiz um furo com uma agulha esterilizada e a bolha secou,porém não adiantou muito,horas depois a bolha encheu novamente,coloquei os pés numa bacia com água gelada, e nada adiantou , estou com bolhas enormes nos pés , não estou nem andando e não sei o que fazer.

    ¬ Responder
  • HelenaHelena Galindo

    17-07-2012 às 13:22:21

    Bom dia.

    O melhor a se fazer é você procurar um medico, um especialista e mostrar pra ele essas bolhas. Não é bom mexer nelas ou furar isso só prejudica mais ainda. Meu conselho procure um médico e ele te dirá como proceder. Você irá tratar as bolhas e não correrá riscos de infecção.

    Boa sorte e tudo de bom.

    ¬ Responder
  • simone

    26-04-2012 às 01:37:43

    essas bolhas são um saco.

    ¬ Responder
  • ALINEALINE

    10-04-2012 às 17:48:08

    tirei minhas duvidas ja que eu estou com uma bolha no meu pé por causa do sapato do meu traballha.

    ¬ Responder
  • LeonardoLeonardo

    12-08-2011 às 00:29:57

    Ola!
    Recentemente tive uma bolha no meu pé e n sabia o que fazer. Furava ou não....? Não sei se cada pessoa reage de uma forma, mas no meu caso só foi melhorar depois que furei a bolha. Inicialmente coloquei pomada e ela aumentou, depois deixei ela quieta e não fiz nd, para minha surpresa ela aumentou. Coloquei o pé na água quente com sal e começou a melhorar, mas não tão rápido, foi ai que eu decidi furar. La vai a dica: Lavei bem o pé, furei com uma agulha esterilizada, retirei TODO o líquido interno, coloquei o pé 3x na água quente com sal e tomei um antiinflamatório 4x por dia. No dia seguinte não tinha mais nada, mantive o processo durante 3 dias até cicatrizar. Haaa, andar o necessário e nem colocar sapato fechado, claro!
    Abraços

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoAlícia

    03-01-2011 às 21:16:05

    Tenho 10 anos, uso bastante sapatos que não são muito confortáveis.Sou alérgica a nylon então não uso meias no sapato, mas uso meias quando estou de tênis.
    Estou com uma bolha, acho que é de água, é uma bolhinha pequena mas doi muito.Devo estourar, deixar quieta, queria um conselho alguem pode me responder? Estou preocupada então gostaria de uma resposta o mais rápido possível.

    ¬ Responder
  • Gustavo RigamonteDenise Moreira Macedo Alves

    01-09-2010 às 19:56:18

    OLA PESSOAL

    bom gostaria que voces me tirassem uma duvida usei um sapato de plastico estava muito calor apareceu uma bolha no meu calcanhar a pele retirei o que eu faço para cicatrizar, demora muito para cicatrizar tenho que ir am medico, esta um pouco ressecadaa pele sta nascendo ta muito feio meu pe affff!!!!

    ¬ Responder
  • Icaro MatosIcaro Matos

    16-08-2010 às 13:23:47

    Quero um remédio natural para as bolhas..
    me disseram que gelo é bom!!!
    me disseram tbm que agua quente melhora!!!
    quero saber como curar minhas bolhas com um remédio natural!!!

    ¬ Responder
  • rosangelarosangela

    28-04-2010 às 21:00:31

    o problema é que muitos como eu, são obrigados a usar sapatos para trabalhar e não adianta comprar bons sapatos, pq se eles parecem confortaveis ao serem experimentados apos algumas horas trabalhando se tornam tortura e no outro dia vc é obrigado a calçar de novo, afff

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoGlaucio

    23-04-2010 às 18:09:02

    @Rosália Cristina Bonfim
    Os diabéticos tem tendência para desenvolver bolhas nos pés, mas não deve tirar pois pode causar infecção.

    ¬ Responder
  • Rosália Cristina BonfimRosália Cristina Bonfim

    23-04-2010 às 16:58:10

    Meu esposo é diabético, e está com uma bolha ao lado do dedo do pé, será que pode furar? Ele insiste para que eu fure mas, tenho receio do que possa acontecer depois. Aguardo uma resposta.

    ¬ Responder
  • HelenaHelena Galindo

    26-04-2012 às 13:01:58

    Bom dia. Nunca se deve em hipótese alguma furar bolhas. A pessoa sendo ou não Diabética, não se recomenda furar nem bolhas, nem furunculos, nem espinhas e nem qualquer outra coisa . Deve-se procurar um especialista. Muitas vezes por furar bolhas ou qualquer coisa que seja se provoca um dano bem maior.

    ¬ Responder

Comentários - Bolhas nos pés!!Saiba como tratar

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

O altíssimo preço da Vida

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Literatura
O altíssimo preço da Vida\"Rua
Altíssimo preço da Vida
Numa certa manhã de sol, a menina olhos clara chamada Clarisse acorda e antes que os seus familiares acordassem, ela sai para ir ao mercado até que seguindo pela calçada um rapaz desembalando uma droga em meio a um plástico logo a sua frente senta-se logo a sua frente tendo o efeito da cocaína sendo ali realizado e ajoelhado aos seus pés clama pela ajuda dela, mas um de seus melhores amigos pelo qual esconde a sete chaves um sentimento bom à vista alvejada pelo moço, olha para os dois lados da rua para atravessar, empurrá-la e chutar o rapaz que somente queria alimentar-se e uma blusa de frio.


- Por que fez isso? Ele não iria me fazer nada.
- E o que ele queria com você?
- Não sei. Você não o deixou falar!
- Com essas coisas você sabe que não pode brincar! Sabe lá que esse rapaz poderia fazer com você.
- Está certo. Só que olha lá! Ele está passando mal [...] Não vamos continuar sendo insensíveis e cegos igual ao mundo inteiro! Pelo menos vamos ali comprar um pão para ele comer, tira essa camiseta e dá a ele!
- Quem não garante que ali na esquina ele não troque o pão e a camiseta ali na esquina com um vendedor [...].
- Não pode pensar assim toda vez [...]. As pessoas são diferentes umas das outras pelo pensamento olha pra gente agora! E quem garante que ele vai comer aqui mesmo o pão e por a camiseta ou ali na esquina mesmo!
- Ok. Faça o quiser! Depois não diga que eu não avisei. – Começou a andar em direção à sua casa.
- Vai pra onde?
- Pra onde você acha? A minha mãe está me esperando para tomar café.
- Vai com Deus.


- Amém. – Saiu em direção à sua casa.
Ela estendeu o braço para o moço levantar.
- Me acompanharia até o supermercado?
- Sim. Se não for nenhum incômodo!
- Sem drama! – Respondeu ela.
- Obrigado por ter me ajudado! Aquele menino é alguma coisa sua?
- Só um amigo e nada mais.
- Entendi. Prefere comer o quê?
- Qualquer coisa! Não importa o que seja.
- Ok.
- Só você vive essa vida nas drogas da sua família?
- A minha história o que ela tem de grande, complexa e um pouco engraçado é bem capaz de que não entenda, mas, respondendo a sua pergunta. Sou o único da família!
- Por que engraçado?
- Por conta do vício perdi um diamante raro [...].
- É poeta?
- Não! Quem me dera ser poeta. – Sorriu.
- Quando disse no diamante raro, em quem estava se referindo?
- Minha mãe [...]. Uma divina com o fornecedor foi bastante para que ela morresse!
- Nossa! Que triste. Isso explicaria o porquê de estar morando na rua?
- Sim.


- Nunca pensou em esclarecer esse desentendido?
- Não adiantaria, pois não me aceitaria da forma de como sou.
- Será que não?
- Queria pedir a eles perdão pelo meu jeito mesmo que isso não traga a minha família de volta!
- Por que você não tenta?
- Não tenho mais coragem de olhá-los no fundo dos olhos [...].
- Por que não?
- Por conta desse vício maldito!
- E se propor a eles de que irá se tratar [...]. Vocês podem promover uma campanha em todo canto para a arrecadação da verba para o tratamento!
- Como e por onde eu começo?
- Aí meu Deus! – Espantada ao olhar o relógio.
- O que foi?
- Preciso ir! O meu pai vai acordar para tomar café e ir trabalhar. Encontra-me aqui mais tarde?
- Que horas?
- Ao anoitecer.
- Tudo bem.
- Tchau. – Deu um beijo na bochecha do rapaz entrou correndo no mercado. Comprou o pão e foi correndo para casa.
- Que demora menina! – Falou a mãe.
- A fila para pegar o pão estava muito grande.
- Ok. Vai acordar o seu pai! – Desligando a boca do fogão que esquentava o café.
- Tá.


Depois do café da manhã ela arrumou a sua cama, arrumou a mesa do café, disse à sua mãe que iria à casa de sua colega da faculdade para terminar um trabalho quando na verdade ela ia tomar conhecimento do altíssimo preço que às vezes é cobrado por ser bonzinho, ela é pego por trás e pelos braços, o rapaz empurrou ela para dentro de um depósito de lixo e lá ela viveu o pior momento de sua vida. Ela foi abusada por doze rapazes das quais ela não viu o rosto até que o tal viciado chegou e a salvou.
- Nossa! Obrigado. Se não houvesse chegado não sei o que seria de mim.
- Que isso faria de novo se fosse preciso.
- Eu tenho um amigo que é locutor de rádio que pode te ajudar a pedir perdão à sua família!
- Ah é! E em qual rádio ele trabalha?
- É aqui perto!
- Mas tem aquelas rádios de transmissão nacional e municipal.
- Entendi. Aí eu já não sei, mas nós podemos perguntar!
- Boa!
Eles foram até a central da rádio que ficava a duas quadras dali. Ela conversou com o seu amigo que permitiu que o moço fizesse a mensagem e que fosse transmitida pela rádio. No entanto, quando sua irmã ouviu a mensagem do outro lado, as lágrimas rolaram e ela acabou deixando cair no chão uma travessa de vidro que estava secando cair no chão e o irmão dela pergunta.
- O que foi? Está tudo bem aí?
- O nosso irmão está no rádio!
- O que foi? – Saltou da cama o rapaz impressionado. – Ele disse aonde e como está? – Perguntou.
- Zona sul de São Paulo.
- Mas deixou o endereço?
- Não.


- Que rádio é?
- Metropolitana.
- Pega o número telefônico no site!
- Isso que estou fazendo agora.
Depois de pegar o número na internet a menina pegou e discou no telefone, mas somente caía na caixa postal.
- E aí?
- Caiu já na caixa postal novamente!
- O que acha de nós irmos pra lá de novo?
- Uma boa, mas você tem dinheiro?
- Sim. Só falta saber qual é o preço da passagem na rodoviária!
- Vou dar uma pesquisada aqui!
- O que você quebrou?
- A travessa de vidro. O que vamos dizer ao papai?
- Que nós vamos fazer uma visita a um amigo seu.
- Tá. Ok!
Ao fim da tarde ela chegou a na cidade de São Paulo e foram logo a radio. Disseram que o rapaz pelo qual foi cedido o espaço na programação é irmão deles. Com isso o radialista ligou para a sua amiga dele e combinou um local para fazer o encontro surpresa da família toda reunida no dia seguinte.
No amanhecer do dia seguindo o rapaz, morador de rua foi acordado por sua nova amiga e ela pediu que ele a acompanhasse sem que soubesse de nada. Quando chegou a uma praça ele logo reconheceu os seus irmãos de costas para ele que não conseguiu a partir de então segurar as lágrimas e eles enfim, se perdoaram e disseram um ao outro que nada e ninguém viriam a separá-los novamente.
O amigo radialista da garota percebeu de que estava com umas marcas estranhas e perguntou descontraído.
- O que te aconteceu?
- Passei por um episódio triste ontem.
- O que aconteceu?


- Quase fui estuprada ontem [...] Só não fui graças a este meu amigo.
- Já foi à delegacia fazer o boletim de ocorrência? Contou aos seus pais?
- Ainda não.
- Está esperando o quê? Quer que eu ajude você estando contigo quando contar?
- Estou com medo! Sim.
- Não é pra menos!
Deixaram-nos lá no momento angelical e familiar e ela foi lá com o radialista contar e não foi pra menos, sua família deu parte na delegacia além de promover uma campanha contra esses absurdos na vida de uma mulher.

Pesquisar mais textos:

Kaique Barros

Título:O altíssimo preço da Vida

Autor:Kaique Barros(todos os textos)

Imagem por: aussiegall

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios