Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Saúde > Perigos das queimaduras solares

Perigos das queimaduras solares

Categoria: Saúde
Comentários: 3
Perigos das queimaduras solares

Embora a cor bronzeada designe, habitualmente, uma saúde vigorosa e uma conduta activa e atlética, a verdade é que a exposição aos raios ultravioleta (A ou B) é passível de induzir transformações ou lesões na pele. Efectivamente, não existe segurança em qualquer tipo de bronzeado; até o artificial é nefasto.

As queimaduras solares decorrem da exposição exagerada ao sol. O tipo de pele, a hora do dia, o local e a duração dessa exposição determinam a gravidade. Por exemplo, na praia o perigo é superior, uma vez que a areia reflecte os raios solares. Uma pele vermelha significa uma queimadura ligeira a moderada. Num grau mais avançado, há dor a hipotética formação de bolhas. Uma grande área queimada pode aportar dores de cabeça, febre, náuseas e astenia. Um banho frio, compressas de água fria e cremes hidratantes aliviam as zonas queimadas. Quando mais de 15 por cento do corpo é atingido, deve consultar-se um médico.

TODA A GENTE é vulnerável, em maior ou menor coeficiente. As pessoas de pele escura são mais resistentes às consequências perniciosas do sol (queimaduras, envelhecimento prematuro da cútis e cancro da pele), e os albinos queimam-se gravemente sem se bronzearem, dado que não têm melanina na pele, com uma curta estadia debaixo do astro-rei. Caso não se protejam devidamente, estes indivíduos tendem a desenvolver cancro da pele em idades muito jovens.

Apesar de se usarem protectores solares, alguns de auxílio duvidoso, quer pelo baixo factor de protecção, quer pelas substâncias que contêm, o suor e a entrada na água sem dar tempo para que os produtos se fixem bem na pele reduzem ou anulam a sua eficácia. Por outro lado, a água não filtra os raios UV, tal como as nuvens e o nevoeiro. Estes raios são capazes de atravessar 35 cm de água transparente e num dia encoberto também se sofrem queimaduras solares. A neve, a água e a areia reflectem a luz do sol e ampliam a exposição da pele aos referidos raios.

Mas não se pense que as queimaduras solares dizem respeito somente à epiderme. Não! Os olhos são também prejudicados, com aumento da tendência para desenvolver algumas doenças oculares. A acção aguda dos raios ultravioleta provoca nos olhos uma queimadura na superfície ocular semelhante à causada na pele, mas o efeito cumulativo de longos períodos de exposição é passível de ocasionar diversas alterações, sendo a mais temida a da mácula. É contra este tipo de radiação que nos devemos proteger com óculos cujas lentes filtrem 99 a 100 por cento da luz ultravioleta, tanto A como B. Olhar directamente para o sol é um acto capaz de arriscar uma queimadura na retina.

O somatório de muitas exposições solares é nocivo, sendo que, segundo se acredita, o grande prejuízo está na exposição antes dos 18 anos. A quantidade de raios ultravioleta a chegar à Terra é cada vez maior devido à destruição da camada de ozono. Usar roupa apropriada e óculos escuros, evitando a exposição prolongada e a certas horas (entre as 11h e as 16h) são medidas preventivas. Os cremes e a maquilhagem podem esconder as rugas, mas as lesões são irreversíveis e o cancro de pele não se camufla!


Maria Bijóias

Título: Perigos das queimaduras solares

Autor: Maria Bijóias (todos os textos)

Visitas: 0

778 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 3 )    recentes

  • Briana AlvesBriana

    25-07-2014 às 03:24:00

    Realmente, é bem preocupante a exposição ao sol exagerada e em horários inadequados. Até mesmo quando não o estamos podemos ter o perigo de contrair uma queimadura solar, imagine quando expostos sem a devida proteção. Muito bom o texto e esclarecedor!

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de Climatizaçãoanonimo

    16-03-2011 às 11:34:01

    chato

    ¬ Responder
  • katlheen lorenakatlheen lorena

    23-11-2009 às 11:59:41

    nos gostamos mais da foto da mossa queimada

    ¬ Responder

Comentários - Perigos das queimaduras solares

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Contador de moedas

Ler próximo texto...

Tema: Material Escritório
Contador de moedas\"Rua
O mundo dos negócios exige um grande dispêndio de energia e muitas horas de trabalho. No entanto hoje já é possível fazer recurso da alta tecnologia para poupar tempo e dinheiro. O recurso às funções do computador para o comércio facilita e atrai muitos clientes para empresas e comerciantes. No que diz respeito a contas é possível fazer uma contagem rápida e eficaz do dinheiro, sem passar horas a contar e com o risco de engano. É por isso que cada vez mais pessoas ligadas a negócios e serviços optam por adquirir um contador de moedas. Deste modo sabem que poupam tempo e não falham na sua contagem.

Dos inúmeros equipamentos que a alta tecnologia põe ao dispor, este é sem dúvida um equipamento que beneficia em muito o trabalho de muita gente. Por ser pequeno é muito cómodo e exige pouco espaço, ou melhor pode ser colocado em qualquer lugar.

Torna-se evidente que as novas tecnologias vieram para simplificar a vida e trazem muitas vantagens, rentabilizam e poupam tempo. No caso do contador de moedas, sem enganos, falhas e complicações. É o ideal para ter num escritório de uma empresa, em escolas, cafés, pastelarias, salões de jogos, bancos, cinema, serviços financeiros e de tesouraria e outros ligados a serviços públicos e privados.

Em resumo, se está ligado a qualquer trabalho de comércio ou serviços pode poupar muto tempo e problemas apenas colocando um equipamento destes no seu espaço de trabalho. As suas vantagens são inúmeras, em especial: permite realizar uma contagem rápida das moedas dividindo-as e fazendo a sua soma, conta o total das moedas, o valor total em cada tipo de moedas e a quantidade de todas as moedas.

Contem e separa no mínimo duzentas e vinte moedas por minuto, sem erro, conta e separa tudo no mesmo equipamento, permite alimentar o aparelho com quantidades entre as trezentas e quinhentas moedas de cada vez e continuar a adicionar mais moedas enquanto está a contar. Além disso o aparelho pode ser programado para separar um número de moedas predeterminado.

O seu design é bastante inovador e resistente. Os materiais de elevada qualidade, de fácil ligação e paragem automática.

Possui uma elevada funcionalidade, baixo consumo (70W), pouco peso, aproximadamente quatro kg, velocidade ultra rápida, pequena dimensão e estão todos certificados pela EU. Deste modo também possuem garantia, são fáceis de usar e de arrumar.

As suas funções práticas permitem que o contador de moedas possa estar em qualquer lugar.

Pesquisar mais textos:

Teresa Maria Batista Gil

Título:Contador de moedas

Autor:Teresa Maria Gil(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios