Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Saúde > Queimaduras: o que não deve fazer

Queimaduras: o que não deve fazer

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Saúde
Visitas: 188
Comentários: 14
Queimaduras: o que não deve fazer

As queimaduras mais comuns derivam de acidentes domésticos, com origem em água a ferver ou vapor, no contacto com lume (por exemplo, de uma lareira), com objetos quentes ou com produtos químicos, na exposição às radiações solares, em choques elétricos, etcétera.

Daqui podem decorrer queimaduras de primeiro, segundo ou terceiro grau. As de primeiro grau manifestam-se por vermelhidão, inchaço e dor. Nas de segundo grau, a dor é mais intensa e aparecem, normalmente, bolhas ou humidade na região afetada. As queimaduras de terceiro grau são as mais graves, a pele apresenta-se esbranquiçada ou carbonizada e a dor é subtil ou inexistente. Nestes casos, o transporte da vítima ao hospital é urgente.

Seja qual for o tipo de queimadura e o seu grau, há procedimentos a pôr em prática e coisas que não se devem fazer. Diante de uma pessoa queimada, não se devem colocar sobre a zona lesada alimentos como leite, manteiga, óleo (nem qualquer outra gordura), cebola, ovo, café, etcétera, assim como produtos domésticos (álcool, pasta dentífrica, …). As pomadas sem orientação médica também estão interditas. Não é, de todo, sensato tentar tratar o padecente sem instrução na área da medicina, pois, além de não se saber como curar a lesão, ainda se pode agravar o estado da mesma.

Em caso de incêndio, se as roupas estiverem em chamas, não se deve deixar a pessoa correr (já que a deslocação do ar favorecerá a combustão). Se for preciso, deita-se o indivíduo no chão e cobre-se com um cobertor, tapete, casaco, ou outro material grosso; nessa impossibilidade, faz-se rebolar para apagar as labaredas.

A região queimada jamais pode ser tocada, nem as bolhas furadas (tal como puxar a pele das bolhas que rebentaram). A roupa que se encontrar colada à queimadura não se remove; se for necessário, corta-se e deixa-se a que está agarrada à pele. A ferida não deve ser coberta com algodão nem refrescada com gelo ou água gelada.

Uma pessoa que sofreu uma queimadura tem de estar bem hidratada e, na presença de dores fortes, tomar um analgésico. Se a superfície atingida for mantida acima do resto do corpo, o inchaço diminui. A primeira coisa a fazer, se se tratar de uma queimadura do primeiro grau, é aplicar água fria imediatamente e tapar o ferimento com gaze. Face a uma ocorrência do segundo grau, a dita gaze deve ser embebida em vaselina esterilizada.

Perante queimaduras químicas, invariavelmente graves, há que retirar com bastante rapidez as roupas da vítima, cuidando para que não se queimem as próprias mãos. Posteriormente, lava-se o local com água corrente e abundante durante cerca de dez minutos (ou quinze, se forem os olhos os afetados). De seguida, enxuga-se gentilmente, tapa-se com algo limpo e seco e procura-se ajuda imediata de um médico.

Nas queimaduras solares, refresca-se a pele com compressas frias, mantendo-se a pessoa à sombra, em local fresco e ventilado. Beber muitos líquidos é essencial, tal como recorrer aos serviços de saúde.


Maria Bijóias

Título: Queimaduras: o que não deve fazer

Autor: Maria Bijóias (todos os textos)

Visitas: 188

789 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 14 )    recentes

  • M.L.E.- Soluções de Climatizaçãoo lalapp

    05-03-2014 às 20:36:49

    eu me queimei a um dia e eu puxei a bolha com o dente oque faço para parar de doer e a minha é de segundo grau, ela esta toda vermelha com as blha estouradas autas oque faço para pararar de doer

    ¬ Responder
  • carmem silva

    31-10-2013 às 16:15:16

    quemi os meus dedos com gordura,e fez bolhas todos me disseram para furar, agora entendi porque não posso fazer isso. obrigada por nos da essa orientação.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de Climatizaçãopp olá

    28-10-2013 às 02:16:29

    se nós temos uma queimadura, pq não podemos comer de imediato?

    ¬ Responder
  • Jorge Luiz

    23-09-2013 às 04:11:41

    Uma pessoa que sofreu queimaduras de 2º e 3º graus, podem beber água logo após o acidente ?

    ¬ Responder
  • italo

    20-03-2013 às 15:38:00

    o que nao se deve fazer em caso de quemadura

    ¬ Responder
  • rayane s

    19-06-2012 às 15:09:35

    adorei me ajudou no trabalho de ciencias!!!

    ¬ Responder
  • Planos de Saude e Odontologicoschristian

    24-03-2012 às 15:10:14

    se ja estourou a bolha e rancou a pele oq fas para aquele machucado sarar mais rapido
    e els vai ficar toda ora molhado saindo um liquido dela
    a FUI QUEIMADO COM OLEO DE FRIGIDEIRA

    ¬ Responder
  • RONALDO

    28-12-2012 às 18:15:43

    E SÓ IR AO MÉDICO E NÃO A CURANDEIRO, COMO FARMACÊUTICOS MILAGROSOS

    ¬ Responder
  • ana lizana liz

    10-03-2011 às 19:07:06

    Gostei me salvou de todas as porcarias da internet para o meu trabalhoo de ciências...
    Obrigada!

    ¬ Responder
  • soldado maciel.df cailandiasoldado maciel.df cailandia

    13-09-2010 às 21:33:31

    mito bom me tirou do sanha
    valeu
    smu bpeb

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de Climatizaçãoalice ribeiro

    19-07-2010 às 20:24:09

    e queimaduras com gelo como se devem tratar?

    ¬ Responder
  • marcelino

    26-01-2013 às 01:03:43

    como devo proceder em uma queimadura com gelo comum e gelo seco ???? obrigado desde ja

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoNatacha

    22-02-2013 às 09:06:13

    nem um dos 2. o gelo só piora, pois o gelo também queima.

    ¬ Responder
  • renanrenan

    14-04-2010 às 03:49:15

    ridicolo nao entendi nada!!!

    idiotas!!!

    ¬ Responder

Comentários - Queimaduras: o que não deve fazer

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

O Mito da Entrevista de Emprego

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Empresariais
O Mito da Entrevista de Emprego\"Rua
Aguardando há meses pela oportunidade de um novo emprego e após ser aprovado em várias etapas do processo de seleção eis que surge um empecilho: a entrevista de emprego.

Diversas dúvidas passam pela cabeça do candidato como o que vestir, como sentar-se, qual o tom de voz adequado, o que o entrevistador espera como resposta e como impressioná-lo provando ser a pessoa certa para a vaga a ser ocupada.

A verdade é que não há regra que garanta o sucesso em uma entrevista, porém, algumas atitudes e cuidados precisam ser tomados. Abaixo seguem 10 dicas que auxiliarão o candidato enfrentar essa fase do processo de seletivo de forma mais segura, não importando a área ou cargo pretendido.

1. Seja pontual. A pontualidade é uma forma de demonstrar respeito, consideração e compromisso com a empresa, porém, ser pontual não significa ser precipitado, chegando com muito tempo de antecedência. Para isso programe-se: quanto tempo você levará para chegar até o local combinado para a entrevista? E se houver algum tipo de atraso? Programe-se para que os prazos possam ser cumpridos. Se o atraso for inevitável entre em contato com a empresa e explique o motivo para o mesmo solicitando a possibilidade de remarcar o compromisso.

2. Vista-se de maneira condizente ao cargo que irá ocupar. Mesmo parecendo ser uma superficialidade, a forma como o candidato se veste pode influenciar a decisão do entrevistador, portanto, causar uma boa impressão é essencial. Para isso pesquise o perfil da empresa, se possível observe a forma como os funcionários se vestem e use na entrevista algo um pouco mais formal do que usaria todos os dias para ir ao trabalho.

3. Zele por uma boa aparência. Como descrito acima causar uma boa impressão é essencial, dessa forma, a higiene pessoal é indispensável. Vale ressaltar que perfumes e maquiagem exagerados são pontos negativos em uma entrevista.

4. Tenha em mente suas principais realizações profissionais e as evidencie. Quais os principais desafios que essas lhe trouxeram e o que aprendeu em cada uma delas. Se é seu primeiro emprego vale ressaltar suas experiências escolares e acadêmicas como trabalhos em grupos, projetos realizados, programas de estágio e trainee.

5. Tenha atitudes positivas. Um método de entrevista consiste em perguntas aparentemente absurdas que não possuem, necessariamente, respostas prontas. O que ele deseja na verdade é avaliar seu raciocínio lógico, portanto, seja criativo, argumente e crie estratégias para sair dessa saia justa.

6. Seja genuíno e autentico. Mesmo estando sob pressão seja você na entrevista. Não minta nem use máscaras. O recrutador provavelmente perceberá que você não está sendo sincero.

7. Tenha argumentos. “Por que você quer trabalhar aqui?” ou “Quais serão suas contribuições para essa empresa?” são perguntas básicas em uma entrevista de empregos. Portanto, tenha bons argumentos para esses questionamentos.

8. Mostre-se interessado. Faça perguntas plausíveis ao entrevistador.

9. Seja gentil e educado a todo o momento. Muitas empresas costumam analisar o candidato no momento em que esse inicia o processo seletivo.

10. Mostre-se confiante. Se você fará a entrevista de emprego é porque já passou por outras fases do processo seletivo, ou seja, tem muitos pontos a seu favor. Acredite no seu potencial .

Outros textos do autor:
O Mito da Entrevista de Emprego

Pesquisar mais textos:

Mabelly Venson

Título:O Mito da Entrevista de Emprego

Autor:Mabelly Venson(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios