Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Saúde > Prevençao do cancro da pele

Prevençao do cancro da pele

Categoria: Saúde
Prevençao do cancro da pele

A exposição ao sol, quando moderada, acarreta vários benefícios para a saúde, nomeadamente para o sistema nervoso, o que faz gerar uma sensação de bem-estar físico e emocional.
Além do mais, o sol favorece a síntese de vitamina D, que contribui para a fixação do calcio nos dentes e ossos.

Porêm, o seu oposto, ou seja a exposição prolongada e exagerada, torna as populações suscetíveis aos efeitos nocivos das radiações ultravioleta, UV.

Este fato tem aumentado considerávelmente, devido às atividades ao ar livre que têm aumentado considerávelmente, assim como as vastas regiões costeiras.

A exposição repetida aos raios UV, pode provocar severos danos na pele, semelhentes aos causados pelo envelhecimento.

Os efeitos do sol são, na verdade, as rugas, o fotoenvelhecimento, alterações na pigmentação da pele, diminuiçao das células da pele responsáveis pela resistência imunológica da mesma (células Langerhans) queratoses solares e cancro cutâneo.
Torna-se, assim, fundamental que a exposição solar, seja sempre acompanhada de um protetor de boa qualidade e que proteja dos danos do sol.

Há pouco tempo surgiu, uma nova gama de protetores solares, que possui filtros fotoestáveis de largo espetro, que previnem as queimaduras e retardam os sinais de envelhecimento cutâneo.

Estes cremes são ainda muito hidratantes, de rápida absorção e não deixam vestígios de óleo. Cntêm ainda Aloé vera e vitamina E, presente na epiderme e derme, que evita o eritema e edema e outros danos nas células.

O Aloé vera tem propriedades regenerantes, sendo um auxiliar da pele, em conjunto com a vitamina E.

Os danos da pele resultam da sua exposição ao sol, embora possam demorar anos a aparecer.
Estes são normalmente irreversíveis e podem originar o cancro cutãneo.

Os doentes de transplantes devem fazer prevenção do cancro da pele porque têm mais probabilidades de contaír manchas de sol ou queratoses solares.

Em Portugal existem muitas pessoas com queratoses actímicas, que podem evoluir para cancro, carcinoma espinocelular e metastases.

Em face deste problema, devem as pessoas fazer a sua fotoproteção, recorrendo a protetores especiais, nestes casos, Como o Dayalong actínica, á venda nas farmácias.

Esta é uma emulsão lipossomal, sem perfume que faz uma proteção completa da pele.Deve ser sempre usado em casos de risco elevado, como os doentes com lúpus, doença de Crohn, psoríase, diabetes ou artrite reumatóide.

Os que tomam medicamentos imunomoduladores, como os transplantados, devem também proteger-sse com este protetor, tal como os de peles muito brancas.

Segundo estuds efetuados, este creme reduz as queratoses em quase 50%, o que diminui as hipóteses de contraír cancro cutâneo.

Como a pele é o maior órgâo do corpo humano, deve prestar-se a máxima atenção, protegendo-a do sol com produtos de boa qualidade, aliada a visitas regulares ao dermatologista.


Teresa Maria Batista Gil

Título: Prevençao do cancro da pele

Autor: Teresa Maria Gil (todos os textos)

Visitas: 0

604 

Comentários - Prevençao do cancro da pele

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Um sinal de compromisso

Ler próximo texto...

Tema: Jóias Relógios
Um sinal de compromisso\"Rua
Exibir uma aliança de compromisso é, frequentemente, motivo de orgulho e, quando se olha para ela, vai-se rodando-a no dedo e fica-se com aquela expressão ridícula na cara.

Uma questão se coloca: qual a razão de estas alianças de compromisso serem tão fininhas: será porque os seus principais clientes, os jovens, são sujeitos de poucas posses (tendendo as mesadas a emagrecer ainda mais com a crise generalizada) ou porque esse compromisso, não obstante a paixão arrebatadora, é frágil e inseguro?

Sim, porque aqui há que fazer cálculos matemáticos: x compromissos vezes y alianças…com um orçamento limitado sobre um fundo sentimental infinito…

Depois, importa perpassar os tipos destas alianças. Há as provisórias, que duram em média quinze dias; há as voadoras, que atravessam os ares à velocidade da luz quando a coisa dá para o torto; há as que insistem em cair do dedo, sobretudo em momentos em que ter um compromisso se revela extremamente inoportuno; e depois há as residentes, que uma vez entradas não tornam a sair.

Os pombos-correios usam anilhas onde figuram códigos que os identificam. Talvez não fosse completamente descabido fazer umas inscrições deste género em algumas alianças de compromisso por aí…

Só para ajudar os mais esquecidos a recordarem a que “pombal” pertencem.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Um sinal de compromisso

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Luene ZarcoLuene

    22-09-2014 às 05:46:10

    Um sinal de amor e lealdade perpétua! Adoro ver os vários modelos de aliança! Vale a pena escolher uma bem bonita!

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios