Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Eventos > Como Escolher o Dia Para Casar

Como Escolher o Dia Para Casar

Categoria: Eventos
Comentários: 4
Como Escolher o Dia Para Casar

Pode parecer um assunto absurdo, mas se está noiva e quer decidir o melhor dia para casar, sabe de que dilema falo.

Há quem julgue que basta escolher um dia qualquer, mas no final de contas, a marcação do dia para o enlace não é tão simples quanto isso.

Deixo aqui algumas dicas que pode ajudar a escolher e decidir sobre o dia em qua vai realizar o seu casamento.

Escolha com tempo. Verificar com dois meses de antecedência é uma perfeita loucura, pois o Notário ou a Paróquia podem não estar disponíveis. Também as empresas de catering e organização de eventos podem já estar sobrelotadas.

Se o seu casamento vai ter direito a festa, pense por alto no número de convidados. Esta informação pode ser de ouro na altura de escolher o local.

Sabia que algumas empresa de catering fazem preços mais baratos a casamentos que se realizam ao Domingo? Espreite o calendário e aponte um Domingo que tenha um feriado no dia seguinte.
Assim o rescaldo do seu casamento poderá ser feito num dia feriado.

Verifique se vai convidar familiares de longe. Neste caso não deverá optar casar durante a semana, pois os seus convidados teriam de faltar vários dias seguidos ao trabalho para assistir ao seu grande dia.

Tenha especial atenção às datas festivas da Vossa religião. Sabia que muitas paróquias se recusam a realizar casamentos em alturas como a Quaresma e que também a religião Islâmica tem dias em que os enlaces não podem ser realizados? Estude os feriados e épocas religiosas da vossa crença.

Casamentos ao ar livre só em tempo de verão. Mesmo assim tenha em conta no calor excessivo que pode fazer nesse dia. Escolha meses mais amenos e com espaços que possam ter toldos grandes ou tendas elegantes de reserva. Protegem do vento, da chuva e do sol abrasador.
Se for ano de Europeu de Futebol ou de Mundial, tenha alguns cuidados com as datas. Por muito que seja amante do desporto rei, não queira que os jogadores de futebol roubem a atenção de deveria ser para vocês.

Se mesmo assim ainda não decidiu o dia, permita-me a uma sugestão. Opte por aquilo que ambos querem e que tenha um grande significado para vocês. O aniversário de namoro, do primeiro beijo ou do dia em que o pedido de casamento foi feito. O casamento é vosso, pelo que a data terá de falar por si só.


Carla Horta

Título: Como Escolher o Dia Para Casar

Autor: Carla Horta (todos os textos)

Visitas: 0

604 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 4 )    recentes

  • SophiaSophia

    01-05-2014 às 17:17:02

    O dia para casar é realmente bem complicado. Geralmente, é no dia de aniversário de um dos dois, mas também pode ser com uma simbologia que fale ao coração da noiva ou até do noivo. A escolha é sempre um desafio e causa dúvida mesmo!

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoFransico

    10-07-2012 às 10:38:43

    Sobre escolher o dia para casar, eu não perdi muito tempo a escolher a data.
    Apenas falei com amigos que já se tinham casado e perguntei se demorava muito tempo a organizar, então marquei para uma data que fosse possível organizar o casamento, e pronto já esta.
    Por isso quando me perguntam como escolher o dia para casar eu digo sempre, o tempo que for preciso organizar o casamento.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoCarlos Henrique

    10-07-2012 às 10:31:55

    Goste das informações que deu par sobre como escolher o melhor dia para casar.
    Estou pensado em pedir a minha namorada em casamento e gostaria de lhe dar logo depois uma data para casar.
    Agora vou analisar e escolher o dia para casar.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoSara Mendes

    10-07-2012 às 10:25:45

    Por acaso esta era uma questão que tinha por algum tempo, eu e meu namorado estamos a pensar em casar mas ainda não escolhemos o dia para casar que agrade a ambos..
    Vou ver se consigo alguma nova data para casar com o que escreveu

    ¬ Responder

Comentários - Como Escolher o Dia Para Casar

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Penumonia, as suas causas, sintomas e tratamento

Ler próximo texto...

Tema: Saúde
Penumonia, as suas causas, sintomas e tratamento\"Rua
A pneumonia é uma infecção bacteriana ou viral dos pulmões. Os sintomas podem incluir febre, calafrios, falta de ar, tosse que produz fleuma e dor no peito. Geralmente, a pneumonia pode ser tratada com sucesso em casa com antibióticos, mas alguns casos podem exigir hospitalização e podem resultar em morte. Vacinas estão disponíveis contra alguns dos agentes infecciosos mais comuns que causam pneumonia.

Causas de pneumonia
A pneumonia é uma infecção das bolsas de ar nos pulmões, sendo causada por bactérias, vírus ou, raramente, fungos. A maioria dos casos de pneumonia são causados por bactérias, mais comumente Streptococcus (doença pneumocócica), mas a pneumonia viral é mais comum em crianças.
 
Qualquer pessoa pode desenvolver pneumonia, mas alguns grupos estão em maior risco. Estes incluem:
- Bebês e crianças pequenas, particularmente aqueles nascidos prematuramente
- Pessoas que tiveram uma infecção viral recente, como um resfriado ou gripe
- Fumantes
- Pessoas com condições pulmonares crônicas, como asma, bronquite ou bronquiectasias
- Pessoas com sistema imunológico enfraquecido
- Pessoas que bebem álcool em excesso
- Pacientes hospitalizados
- Pessoas que tiveram problemas de deglutição ou tosse após um acidente vascular cerebral ou outra lesão cerebral
- Pessoas com 65 anos ou mais.
A pneumonia pode desenvolver-se quando uma pessoa respira as pequenas gotículas que contêm pneumonia, mas também pode ocorrer quando bactérias ou vírus que estão normalmente presentes na boca, nariz e garganta, entram nos pulmões.

sinais e sintomas de pneumonia
A pneumonia viral tende a desenvolver-se lentamente ao longo de vários dias, enquanto que, geralmente, a pneumonia bacteriana desenvolve-se rapidamente, muitas vezes ao longo de um dia.
A maioria das pessoas que desenvolvem pneumonia, inicialmente, têm uma infecção viral, como um resfriado ou gripe, que produz sintomas como dor de cabeça, dores musculares e febre. Se uma pneumonia se desenvolver, geralmente, os sintomas incluem:
- Febre alta
- Calafrios
- Falta de ar
Aumento da frequência respiratória
- Uma tosse que piora e que pode produzir escarro descolorido ou sangrento (fleuma)
- Dores no peito causadas pela inflamação da membrana que reveste os pulmões.

Em bebês e crianças, os sintomas podem ser menos específicos e podem não mostrar sinais claros de uma infecção no peito. Comumente eles terão uma febre alta, podendo parecer muito indispostos e tornarem-se letárgicos, mas eles também podem produzir uma respiração barulhenta e apresentar dificuldade para se alimentarem.
 
Também é possível que a pele, lábios e unhas se possam tornar-se azulados. Este é um sinal de que os pulmões são incapazes de fornecer oxigênio suficiente para o corpo. Se isso ocorrer, é vital procurar assistência médica imediatamente.

Diagnóstico para pneumonia
Se houver suspeita de pneumonia, é importante procurar atendimento médico com prontidão para que um diagnóstico preciso e um tratamento adequado possam ser implementados.

O médico poderá obter um histórico médico e realizar um exame físico. Durante o exame, o médico ouvirá o tórax com um estetoscópio. Respiração grosseira, sons crepitantes, sibilos e sons respiratórios reduzidos numa determinada parte dos pulmões podem indicar pneumonia.
Geralmente, para confirmar o diagnóstico, realiza-se uma radiografia de tórax. O raio-X mostrará a área do pulmão afetada pela pneumonia. Também podem ser efectuadas análises ao sangue e uma amostra do escarro pode ser enviada para um laboratório para realização de testes.

Tratamento de pneumonia
A maioria dos casos de pneumonia podem ser tratados em casa. Entretanto, bebês, crianças e pessoas com pneumonia grave podem precisar de ser internados num hospital para tratamento.
Geralmente, a pneumonia é tratada com antibióticos, mesmo que exista suspeita de pneumonia viral, já que também pode haver um grau de infecção bacteriana. O tipo de antibiótico utilizado e a forma como será administrado serão determinados pela gravidade e causa da pneumonia.
Se a pneumonia puder ser tratada em casa, geralmente, o tratamento inclui:
- Antibióticos, administrados por via oral sob a forma de comprimidos ou líquidos
- Medicamentos para alívio da dor
- Paracetamol para reduzir a febre
- Descansar

Se for necessário tratamento hospitalar, gerlamente, o tratamento inclui:
- Antibióticos administrados por via intravenosa
- Terapia de oxigênio, para garantir que o corpo receba o oxigênio de que precisa
- Fluidos intravenosos, para corrigir a desidratação ou se a pessoa estiver muito indisposta para comer ou beber
- Fisioterapia, para ajudar a limpar o escarro dos pulmões.

Pesquisar mais textos:

José Antunes

Título:Penumonia, as suas causas, sintomas e tratamento

Autor:José Antunes(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios