Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Eventos > Como é fácil organizar uma festa infantil

Como é fácil organizar uma festa infantil

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Eventos
Visitas: 34
Comentários: 6
Como é fácil organizar uma festa infantil

Sabemos que oferecer uma festa em casa é algo muito trabalhoso, mais é gratificante quando se trata de deixar os nossos filhos felizes, e desejamos que tudo saia perfeito e que o aniversariante esteja feliz.

Atualmente temos serviços de catering que oferecem serviços completos, fazendo com que algo, que até então era considerado, a tarefa da mãe e irmãs, seja um serviço, que pode ser feito por outros. No entanto, se é daquelas pessoas que gosta de fazer as coisas e não depender de ninguém, o que acaba por lhe ficar mais barato, para que tudo corra bem, sugerimos alguns cuidados que não podem ser esquecidos.

Em primeiro lugar, temos que ter em mente, a organização e planeamento para que sua festa seja um arraso e que tudo saia perfeito.

Quando organizando um convívio desta natureza, convém sempre ter em mente, a lista de convidados, para que possamos ter uma base de quantas pessoas iram estar presentes, feito isto, convém definir o local, data e hora. O local tem que ser definido com antecedência, é hora de definir o tema da festa, as lembranças e selecionar a trilha sonora de acordo com o tipo do evento, é também necessário que nos preocupemos com um local de lazer para que nossos convidados tenham conforto, feito isso, é hora de enviar os convites, para termos uma base de quantos convidados estarão presentes.

Agora é hora do mais importante de uma festa, é essa a que devemos nos preocupa a alimentação, é bom contratar um serviço de um Buffet, não esquecendo que é bom sempre termos um contrato de prestação de serviço, para que em caso de algum item faltar você tenha como reclamar depois.

É bom lembrar também, que se você optar por um cocktail existem vários tipos de kits de festa, que incluem os docinhos, salgados, e bolo e decoração, mas cuidado com esses tipos de kits que tem salgados na versão cocktail, que são mini coxinhas, mini pastéis, mini bolinhas de queijo, e por ai vai, peça para fazer uma degustação dos salgados para você conhecer melhor aquilo que estar encomendando.

Se sua festa for à tarde você tem que calcular as porções individuais que são em média 6 salgadinhos, 4 docinhos, 5 copos de refrigerantes isso é para o adulto, já as crianças elas consomem em média 5 salgados, 3 docinhos e 4 copos de refrigerantes, lembrando sempre que estes salgados são de tamanho normal, não os mini.

Explore ao máximo o tema escolhido na decoração, decore as mesas, a entrada com balões e a saída com café ou licor, uma mesa de guloseimas, pode também colocar uma mesa decorada com frutas, isso deixa qualquer um com água na boca. Não se esqueça do espaço reservado para lazer, onde as crianças se divertem com animação de palhaços e magias, brinquedos como piscina de bolinha, carrossel, autorama, etc. mas isso vai depender do espaço e do seu orçamento, não esquecer as lembrancinhas que podem ser confecionadas de acordo com o tema escolhido.

E com certeza o seu filhote vai ficar feliz e você muito mais em ver o rostinho de quem à gente ama muito feliz.


Waldiney Melo

Título: Como é fácil organizar uma festa infantil

Autor: Waldiney (todos os textos)

Visitas: 34

775 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 6 )    recentes

  • SophiaSophia

    01-05-2014 às 16:58:49

    Quando fazemos por amor tudo se torna mais fácil. As dicas são excelentes, adorei. A organização da festa infantil é só alegria e no dia, então, nem se fale!Bom demais!

    ¬ Responder
  • Carla HortaCarla Horta

    15-09-2012 às 22:58:33

    Uma das coisas mais importantes numa festa infantil e para que não perca o controle das crianças mais activas é fazer jogos com eles em que um adulto deverá ser o árbrito. Jogo da cadeira, da mímica ou até um karaoke pode ser interessante, mantém as crianças divertidas e não haverão correrias desnecessárias e que muitas vezes acabam mal.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoStudio Ateliarte

    30-06-2012 às 18:58:54

    Personalização de festas, convites e lembrancinhas.
    www.studioateliarte.com

    ¬ Responder
  • thandithandi

    15-12-2009 às 13:35:17

    ola!!
    proximo ano irei entarar na escola secundaria..
    entao irei fazer uma festa de 13 anos so com os meus colegas da secundaria, que era para apresentar os meus novos amigos aos meus pais...
    foi dificil escolher o sitio.. mas preferi um restaurante, para 25 pessoa contando com irmaos e pais 31...
    eu queria que voces me ajudassem como eu poderia decorar a festa no restaurante... sabendo que e um sitio publico...
    e...
    como deixar todo o mundo alegre, sabendo que sou uma adolescente e ja nao pode haver saquinhos de festa... e tambem sabento que a festa e num restaurante...

    Africa
    Moçambique-Maputo

    [email protected]

    ¬ Responder
  • Maria CeciliaMaria Cecilia

    23-11-2009 às 17:42:21

    @Priscila de Souza Oliveira
    Ola priscila, vai ter um curso na Chocolandia dia 26/11/2009
    com o professor Caudio Mechetto referente festa infantil a domicilio, se vc se interessar e só entrar no site e se programar o curso é das 10:00 as 17:30.
    www.chocolandia.com.br, vá ate o icone "faça e venda" e procure na programação. Boa Sorte e boa semana!!!

    ¬ Responder
  • Priscila de Souza OliveiraPriscila de Souza Oliveira

    28-06-2009 às 21:37:44

    Olá, eu gostaria de saber se vcs sabem de algum curso que ensina a fazer festa infantil?

    ¬ Responder

Comentários - Como é fácil organizar uma festa infantil

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Os descendentes de Eça

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Literatura
Os descendentes de Eça\"Rua
Recentemente, por via da comunicação social, soubemos da entrega do prémio Leya, a um trineto de Eça de Queirós. Julgo que bastou essa noticia, para que todos ficássemos curiosos sobre os seus descendentes…esse mistério, como o Mistério da Estrada de Sintra, começou a adensar-se entre quem se interessa por estas coisas da literatura e da genealogia…então aqui deixo algumas notas que poderão ser importantes para quiçá, um dia, um qualquer jornalista, ou editor, se lembre, de conseguir reunir todos os seus descendentes vivos e se tire uma fotografia de família.

José Maria Eça de Queirós, escritor pródigo da nossa nação, contraiu matrimónio em 1886, com Emília de Castro Pamplona Resende, condessa de Resende, deixando à data de sua morte, em Paris, quatro filhos como seus descendentes e herdeiros diretos; foram eles António Eça de Queirós, Maria Eça de Queirós, Alberto Eça de Queirós e José Maria Eça de Queirós; portanto três meninos e uma menina.
Através do site Geneall.net, foi possível perceber as linhas genealógicas que se seguiram aos seus filhos. No entanto, nem todos os nomes dos seus bisnetos e trinetos estão aí presentes, com certeza por motivos de ordem pessoal, de resguardo da privacidade, motivos que não podemos questionar. Porém, é possível, pelo menos determinar a existência desses membros da família queirosiana.

De antemão sabemos que não houve descendência por parte de dois dos seus filhos, António Eça de Queirós e de Alberto Eça de Queirós.
Maria Eça de Queirós teve dois filhos, uma menina e um menino, porém a menina morreu muito nova, ficando apenas o menino, de seu nome Manuel Pedro Benedito de Castro, que mais tarde casou com Maria da Graça Salema de Castro, a mulher que se tornou a primeira diretora da Fundação Eça de Queirós, na casa de Tormes, pertença da família da esposa de Eça de Queirós. Como Manuel Pedro Benedito de Castro não teve filhos, sabemos que por este ramo, terminou a descendência do escritor.

Convém, entretanto, acrescentar aqui uma curiosidade. Depois do regresso a Portugal da viúva de Eça, ela e os filhos, foram residir para a casa da Granja, pertencente à família de Sophia de Mello Breyner. Inicialmente como esta casa costumava ser arrendada pela família de Sophia, Emília de Castro, arrendou-a, vindo a compra-la uns anos depois. Portanto, é aqui nesta casa que ela cria os seus filhos, e é onde, José Maria Eça de Queirós, um dos seus filhos, permanece após a sua morte, tendo criado aqui os seus filhos e netos, e tendo aqui também falecido.

Podemos então seguramente afirmar que a sua grande linha de descendência parte do seu filho, com o mesmo nome, José Maria Eça de Queirós, que teve também ele, atente-se à curiosidade, quatro filhos, neste caso, ao inverso, um menino, e três meninas, respetivamente de seus nomes, Manuel Eça de Queirós, Maria das Dores Eça de Queirós, Matilde Maria de Castro de Eça de Queirós e Emília Maria de Castro Eça de Queirós. Esta ultima, Emília, teve ao que consta nove filhos, sendo que um deles, Afonso Maria Eça de Queirós Cabral, é quem atualmente preside à Fundação acima citada, depois da morte da primeira presidente, referida atrás, Maria da Graça Salema de Castro.

Manuel Eça de Queirós por sua vez teve seis filhos, Maria das Dores Eça de Queirós teve três filhos, e Matilde Maria de Castro de Eça de Queirós, dois filhos. Somados, contabilizamos vinte, os bisnetos do famoso escritor. Seria interessante avançar um pouco mais nos ramos genealógicos e aflorar quem são ou pelo menos, quantos são os trinetos e tetranetos de Eça, por conseguinte fica aqui o desafio, pois é certo que porventura alguns destes descendentes não se conhecem, e nunca terão trocado qualquer impressão sobre o seu ascendente, para uns, bisavô, para outros trisavô, e ainda para outros, tetravô.

Pesquisar mais textos:

Liliana Félix Leite

Título:Os descendentes de Eça

Autor:Liliana Félix Leite(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios