Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Eventos > Lembraça de festa

Lembraça de festa

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Eventos
Comentários: 1
Lembraça de festa

Quem prepara um evento tem a responsabilidade de pensar em muitos detalhes que parecem isoladamente tão pequenos, mas que em seu momento transformam a festividade. Nas celebrações todos os pormenores devem ser planejados com antecedência e de acordo com o tema da festa, o objetivo da comemoração e o gosto dos anfitriões. As lembrancinhas em uma festa ficam escondidas ou não têm o seu merecido lugar de destaque pela qualidade que apresentam durante as festas, mas são um detalhe importantíssimo, pois é através delas que o evento é imortalizado. Elas são a constatação de que se desfrutou daquele momento especial entre pessoas interessantes que pensaram com carinho no presente dos convidados.

As lembranças de festa nada mais são do que presentes em agradecimento a presença do convidado no evento. Elas estão presentes em festas infantis, bodas, formaturas, aniversários de 15 anos, aniversários em geral, celebrações eucarísticas, casamentos, nascimentos, comemorações empresariais entre outros eventos. O ritual de se retribuir a presença com uma lembrança do evento se repete socialmente todos os anos. As possibilidades de escolha e de confeção dessas lembranças são inúmeras e também dependem do motivo da festa e de qual celebração se trata.

Em casamentos, há o ritual da entrega dos “bem-casados”, um doce decorado; uma espécie de mini-bolo. Nas celebrações eucarísticas a lembrancinha mais tradicional é o terço cristão. Em nascimentos, os famosos cartõezinhos, revelando o nome do bebê, sua data de nascimento, o seu peso e a sua altura vem acompanhados da criatividade e do carinho dos pais. Estes podem ser confecionados com bebês em biscuit, trazer artefatos que os futuros papais utilizarão muito, como mamadeiras, fraldinhas, carrinhos de bebês, entre outros objetos, todos em miniatura. Para festas de quinze anos, aniversários e eventos empresariais, as lembrancinhas são diversificadas e bastante criativas. A moda das lembranças de festa já passou pela entrega de chinelos personalizados, por bombons e doces decorados, fotos, esculturas e arranjos florais, os mais comuns.

Na era da personalização, em que se quer mostrar o rosto e a marca pessoal, as fotos imperam nas lembranças, sobretudo de festas infantis. As fotos da criança, geralmente com um poeminha referente a sua idade, são as campeãs das lembranças de aniversário dos pequenos. Ainda há as opções de relógios de parede personalizados, camisetas, agendas, livrinhos... Tudo para agradar e impressionar os convidados. Nas festas infantis, como a celebração é pensada especialmente para as crianças, há a lembrança para os adultos e a lembrancinha para as crianças. No mundo encantado das lembrancinhas para crianças, as opções são muitas. Os famosos saquinhos ou caixinhas com o motivo da festa, recheados com guloseimas e brinquedos em miniatura são os mais famosos. Mas a criatividade dos papais e dos decoradores de eventos é grande e novidades surgem a cada instante. Os pequenos chegam a ganhar quebra-cabeças personalizados com a fotinho do aniversariante, que previamente já fez um book para preparar este presente. Também há as adoradas e encantadoras bolinhas de sabão, bolas infláveis e todo tipo de brinquedo que encanta os pequenos convidados.

Em alguns eventos, o próprio arranjo ou centro de mesa serve como lembrança. Essas lembrancinhas, dependendo do que se escolhe, variam muito no preço, na qualidade e no acabamento. Podem também ser feitas pelos próprios anfitriões, se estes apresentam disponibilidade e habilidade para isto. Ou podem ser adquiridas em casas de organizações de eventos, com artesãos ou decoradores.


Rosana Fernandes

Título: Lembraça de festa

Autor: Rosana Fernandes (todos os textos)

Visitas: 0

665 

Imagem por: arnold | inuyaki

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • janielyjaniely

    12-04-2012 às 17:27:42

    muito legal mais queria outra mais legal ainda

    ¬ Responder

Comentários - Lembraça de festa

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

O que é uma Open House?

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Imóveis Venda
O que é uma Open House?\"Rua
Este é um tema que vem pôr muito a lindo o trabalho de alguns mediadores imobiliários e do seu trabalho.

Quando temos um imóvel para vender, muitos são os métodos a utilizar e os meios que nos levam até eles para termos o nosso objetivo cumprido – A venda da Casa.
Quando entregamos o nosso imóvel para que uma mediadora o comercialize, alguns aspetos têm de ser tidos em conta, como a legalidade da empresa e quem será a pessoa responsável pela divulgação da sua casa, mas a ansia de vermos o negócio concretizado é tanta, que muitas vezes nos escapa a forma como fazem a referida divulgação e publicidade do imóvel.

Entre anúncios na internet e as conhecidas folhas nas montras dos estabelecimentos autorizados, muitas mediadoras optam por fazer uma ação que está agora muito em voga que é uma Open House. Mas afinal, o que é isto de nome estrangeiro que tanto se vê pelas ruas e em folhetos de anúncio?

Ora bem, a designação em Português é muito simples – Casa Aberta. E na realidade, uma Open House é isso mesmo. Abrir uma Casa para que todos a possam ver. NO entanto, requerem-se alguns aspetos que as mediadoras normalmente preveem, mas que é fundamental que o proprietário do imóvel também tenha consciência e conhecimento.

Por norma as imobiliárias só fazem este tipo de intervenção e ação em imóveis que têm como exclusivo, isto é, quando é uma só determinada mediadora, a autorizada a poder comercializar o imóvel.

Em segundo lugar, este tipo de ação de destaque requer à mediadora custos com tempo, recursos humanos e financeiros.
A mediadora começa por marcar um dia próprio que por norma é datado para um feriado ou fim de semana. Faz então publicidade local através de folhetos e flyres anunciando a Open House, o dia e a hora, tal como o local. Muito provavelmente serão tiradas fotografias ao seu imóvel.

Através de redes sociais também poderão ser divulgadas as ações.
No dia da Open House, o local será indicado com publicidade da sua casa e da imobiliária e começarão a aparecer visitas ao imóvel.

Sugiro que não tenha mobiliário e muito menos valores em casa. O ideal será o imóvel estar desocupado de todos e quaisquer bens, por uma questão de segurança, mas também porque as áreas parecerão maiores e isso com toda a certeza ajuda à venda.

A imobiliária será responsável pela limpeza e trato do imóvel, pelo que se ocorrerem danos, serão eles os responsáveis.
Neste tipo de ações, é normal que a concorrência das imobiliárias apareça e faça parcerias que para si só trará vantagens.

Uma Open House pode não ser uma ação de destaque em Portugal, mas por exemplo nos Estados Unidos, é o normal e mais agradável. Os clientes não se sentem pressionados como numa visita normal e os negócios concretizam-se com muito mais rapidez e naturalidade.

Pesquisar mais textos:

Carla Horta

Título:O que é uma Open House?

Autor:Carla Horta(todos os textos)

Imagem por: arnold | inuyaki

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios