Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Mobiliário > Mobiliário em ferro forjado

Mobiliário em ferro forjado

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Mobiliário
Visitas: 4
Comentários: 2
Mobiliário em ferro forjado

O ferro forjado é usado há séculos por artesãos e construtores, como matéria-prima, os seus objetos e /ou projetos, e é também do agrado de muitos proprietários.

Atualmente o ferro forjado pode ser encontrado praticamente em todos os lugares inclusivamente no mobiliário (principalmente no mobiliário de exterior). Este tipo particular de ferro é também o mais resistente à corrosão, o que o torna a escolha ideal para mobiliário de exterior. Ao contrário das “manchas feias” que com o tempo aparecem noutros tipo de metais, o ferro forjado adquire uma tonalidade acastanhada com o tempo e continua a manter-se firme.

Muito do mobiliário em ferro forjado disponível nos dias de hoje é geralmente protegido por um revestimento em pó, sendo feitos para durar por muitos anos e suportar todos os tipos de clima. Além disso, o ferro forjado normal também exige muito poucos cuidados, necessitando apenas de uma ligeira limpeza ocasional, com água e sabão.

Existe uma enorme variedade de mobiliário em ferro forjado. As possibilidades são infinitas e vão desde assentos e mesas comprimidas para três, quatro ou cinco pessoas até cadeiras e mesas individuais, de várias formas e tamanhos. É também possível encontrar lâmpadas, castiçais, suportes de parede, relógios de exterior, termómetros, fogareiros, suportes para vasos, estantes, entre muitas outras peças de mobiliário e decoração.

Uma grande maioria das peças de mobiliário em ferro forjado vem em preto simples, que combina sempre bem com qualquer outro mobiliário ou decoração existente. No entanto, se você quiser uma apresentação ou uma outra cor a seu gosto, para ficar melhor no ambiente do seu pátio, apenas precisa de pegar em tinta de spray e transformar as peças a seu bel-prazer. Caso se decida por esta via, não se esqueça de comprar tinta especificamente destinada a este tipo de material, e também de aplicar antes a tinta primária (primário).

Existem também alguns estilos de mobiliário em ferro forjado para o exterior que são cobertos por verga, com o objetivo de combinar a durabilidade do metal com o revestimento mais suave do vime.



Carlos Vieira

Título: Mobiliário em ferro forjado

Autor: Carlos Vieira (todos os textos)

Visitas: 4

694 

Imagem por: Avia Venefica

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 2 )    recentes

  • SophiaSophia

    20-04-2014 às 15:48:41

    A Rua Direita parabeniza-o pelo texto. Bom saber sobre ferro forjado!

    ¬ Responder
  • Luís FernandesLuís Fernandes

    11-06-2010 às 17:27:52

    Estimado Sr. Carlos Vieira,
    A foto que apresenta neste site não mostra uma peça em ferro forjado mas sim em ferro fundido. A arte do ferro fundico está na fabricação dos moldes e a do ferro forjado na arte de trabalhar o ferro. Desculpe esta obsevação mas como trabalho em ferro forjado
    Os meus cumprimentos
    Luis Fernandes

    ¬ Responder

Comentários - Mobiliário em ferro forjado

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Manutenção Automovel

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Automóveis
Manutenção Automovel\"Rua
Faça você mesmo a revisão do seu automóvel e poupe dinheiro em oficinas. Primeiro verifique com a ajuda de outra pessoa a iluminação exterior. Uma pessoa fica no interior do carro e liga as luzes, verifique á frente os mínimos, os médios, os máximos e os piscas. Depois atrás verifique os mínimos os stop a marcha atrás e o farol de nevoeiro.

A seguir verifique a iluminação do interior do veículo e do painel de instrumentos e a afinação do travão de mão.

Agora está na hora de verificar os filtros de ar, gasóleo e habitáculo. Dependendo da utilização eles podem fazer em média 40.00km, se estiverem sujos substitua-os por novos.

A seguir vem a mudança do óleo este em geral pode-se retirar pelo bujão de vazamento do cárter, convém substituir a anilha e o filtro de óleo. O óleo novo deve respeitar as especificações do fabricante, verificar no livro de manual de utilizador do veículo os litros de óleo do motor. Meter o óleo novo pelo bucal superior do motor com a ajuda de um funil, o nível do óleo não pode ultrapassar o máximo. Se não sabe a quantidade de óleo deite 4 litros e depois verifique o nível pela vareta de verificação de nível e vá deitando até chegar ao nível certo.

Agora é preciso verificar as pastilhas de travões, hoje em dia como quase todos os veículos têm jantes especiais consegue verificar sem desmontar as rodas. Substituir se necessário as pastilhas, ao desmontar repare como desmonta para depois voltar a montar tudo de novo. Por fim verifique a pressão dos pneus com um manómetro, a pressão indicada varia de carro pra carro se não sabe a pressão indicada ponha 2.2bar que é em média a pressão que todos utilizam.

Convém dizer que qualquer material que precise basta procurar numa loja de peças auto próxima de si ou então encomendar via net pois existem vários sites especializados em peças e materiais de manutenção auto. Vai ver que não custa nada se eu aprendi você também pode aprender e além disso fica a conhecer melhor o seu carro.

Com isto tudo pode poupar em média 200€ por cada revisão.
Obrigado e até a próxima.

Outros textos do autor:
Manutenção Automovel

Pesquisar mais textos:

Vendas Online

Título:Manutenção Automovel

Autor:Vendas Online(todos os textos)

Imagem por: Avia Venefica

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    17-06-2014 às 04:55:10

    Há inúmeros benefícios para fazer a manutenção do automóvel, pois isso garante melhor preservação do veículo e se prolonga o uso por muitos e muitos anos.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios