Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Mobiliário > Aparador Art Deco

Aparador Art Deco

Categoria: Mobiliário
Visitas: 24
Comentários: 2
Aparador Art Deco

Já todos assistimos a mobiliário Arte Deco, mas muitos de nós não sabe que esse é o nome dado a estas verdadeiras obras. Verdadeiras obras que correram mundo e que durante muito tempo ficaram esquecidas em garagens, arrecadações e sótãos. Mobiliário dado ao abandono sem interesse e catalogado como fora de moda.

As peças Arte Deco tiveram inicio no inicio dos anos 20 (1925 – 1939), sendo este movimento popular distinguido e utilizado, não só em mobiliário, mas também em monumentos (Cristo Redentor – Rio de Janeiro - Brasil) e edifícios históricos (Chrysler Building – Nova Iorque - EUA).

O movimento Arte Deco teve várias influências como o Construtivismo, Cubismo, Modernismo, Bauhaus, Art Nouveau e o Futurismo, tendo sido utilizado na execução de obras em todo o mundo.

Mas se as peças de mobiliário de Arte Deco passaram de moda, certo é que voltaram agora em grande força. Todos sabemos que a moda se renova, e aquilo que deixámos de utilizar ontem por estar fora de voga, vai estar em alta daqui por 30 anos.

Nesta sequência de ideias e vivencias, o mobiliário Arte Deco voltou a estar na moda e de forma cada vez mais moderna e importante.

Se antigamente todo o mobiliário de uma sala era Arte Deco, a actualidade diz-nos que isso pode ser um exagero. No entanto, se tentar associar uma peça de mobiliário Arte Deco a peças e objectos modernos, o casamento será perfeito.

Exemplo disso e de forma perfeita, são os aparadores Arte Deco numa sala de design moderno. Ora vejamos.

Os aparadores Arte Deco são por norma, em Portugal, feitos de nogueira, decorados com pernas trabalhadas e remates também eles trabalhados com motivos de folhas de era ou carvalho (podem ser outros motivos, sem desclassificar a peça, naturalmente).

Esta peça de mobiliário, tem antes de mais de ser trabalhada e reconstruída. É necessária a ajuda de um especialista, pois sendo estas peças, autenticas obras com história, entregá-la para tratá-la a um curioso, pode ser um verdadeiro desastre.

Depois de ter o seu aparador reconstruído e tratado, opte por colocá-lo como estante para a televisão. Não utilize mais nenhum móvel nessa parede, e vai poder conjugar com acessórios modernos como umas almofadas de design no sofá. Por falar em sofá, tem um no meio da sala? Então coloque o seu aparador por trás dele, como se de uma mesa se tratasse.

Um aparador Arte Deco é uma verdadeira redescoberta nos tempos modernos. Utilizar peças com história de forma inteligente, causa uma decoração única na sua sala.

Pode naturalmente encontrar estas peças em antiquários, mas também feiras e obviamente em portais de vendas on-line.


Carla Horta

Título: Aparador Art Deco

Autor: Carla Horta (todos os textos)

Visitas: 24

764 

Imagem por: Johanna.B

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 2 )    recentes

  • SophiaSophia

    20-04-2014 às 15:46:26

    A Rua Direita agradece a explicação, muito boa!

    ¬ Responder
  • martagasparester

    21-10-2011 às 09:55:13

    Só me interessa se fôr em Portugal continental.
    Para Brasil só coisas pequenas para intercambio.

    ¬ Responder

Comentários - Aparador Art Deco

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

O meu instrumento musical avariou!

Ler próximo texto...

Tema: Instrumentos Musicais
O meu instrumento musical avariou!\"Rua
É inevitável que, mais cedo ou mais tarde, um instrumento musical precise de reparação.

Mesmo que conheçamos bem o nosso instrumento e o consigamos arranjar, na maioria das vezes é necessário um técnico para o fazer com a melhor das qualidades.

Eventualmente, nem será necessário existir um problema com o instrumento, poderá ser apenas uma questão de manutenção. 

No caso de uma guitarra, por exemplo, qualquer instrumentista é perfeitamente capaz de substituir uma corda partida e tirar da guitarra o mesmo som que ela tinha.

No entanto, existem reparações, seja uma amolgadela no tampo ou uma tarraxa arrancada, que convêm ser feitas por técnicos especializados.

Por norma, as próprias casas que vendem instrumentos musicais efectuam essas reparações ou são capazes de aconselhar técnicos para as fazer.

Mediante o instrumento musical em questão, a reparação ou manutenção poderá ser mais cara. É sempre mais fácil arranjar um técnico que repare um piano do que um que arranje oboés.

Apesar de ser normal cuidar do nosso instrumento musical regularmente, os percalços acontecem todos os dias. Para os contornar, há sempre alguém que nos poderá aconselhar melhor do que nós próprios.

Apesar de poder sair mais caro, temos também a certeza de que o nosso instrumento foi arranjado por especialistas no assunto.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:O meu instrumento musical avariou!

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Imagem por: Johanna.B

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • luiz fabiano 18-02-2012 às 15:48:28

    boa tarde amigos preciso de um cabo flex da lcd da camera g70 se aulguem tiver mande um email obrigado

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios