Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Bricolage Jardim > Flores aromáticas, uma junção de fragrâncias..

Flores aromáticas, uma junção de fragrâncias..

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Bricolage Jardim
Visitas: 6
Comentários: 1
Flores aromáticas, uma junção de fragrâncias..

Certamente que sempre sonhou com um jardim bem tratado, simultaneamente verdejante e colorido, bem organizado, povoado de aves canoras e… aromático. Pois sim, todos os cinco sentidos exigem ser satisfeitos e o olfato não ocupa lugar menos importante. Um jardim atraentemente aromático significará que o dono do mesmo dedica uma atenção cuidada às suas plantas e flores e tem orgulho em ostentá-lo. Paralelamente, as fragrâncias que vogam soltas na atmosfera contribuem para transformar o ambiente da sua casa, recheando-o de leveza e de bem-estar. Saiba, portanto, que flores deverá escolher para embelezar, ornar e enriquecer o seu jardim (exequível tanto num quintal, como num canteiro de varanda, num apartamento).

Poderá, então, plantar alecrim, uma planta muito utilizada em tempos idos na defumação, purificação e desinfeção dos hospitais. O seu forte odor canforáceo confere-lhe características desinfetantes e particularmente desodorizantes. Indicado para zonas pouco húmidas e bem expostas ao sol. O arbusto pode atingir até 2 metros de altura. Se preferir, opte pela alfazema ou lavanda (do latim lavandula), assim designada por ter servido, nos tempos do Império Romano, como ingrediente essencial dos banhos. Foi também muito usada na Segunda Guerra Mundial como poderoso antisséptico para desinfetar as feridas dos soldados.

Possui flores de cor azul ou violeta e o arbusto, de pequeno porte, atinge os 60cm de altura. O único cuidado especial a ter com esta planta é escolher uma porção de terra bem fofa, pois este é requisito essencial para o seu desenvolvimento. Poderá também incluir no seu jardim calêndulas, que ostentam bonitas flores amarelas e alaranjadas, envolvidas por folhas macias e aveludadas. O seu perfume é forte e inebriante e a planta atinge os 50cm de altura. O solo onde estiver colocada deverá ser regado com regularidade e a terra deve ser bem revolvida. O anis (ou erva-doce) representa outra opção, bela e aromática. As suas pequenas flores brancas, que parecem explodir diretamente do meio da planta, exalam um forte cheiro adocicado, e que lembra a composição de certa doçaria (já que a planta é empregue na confeção de vários bolos). Plante-a entre setembro e novembro num local resguardado de condições climatéricas extremas (sol ou chuva excessivos), mas acautele-se: esta planta segue um ciclo de vida anual, ou seja, morrerá ao fim de um ano e terá de ser replantada. Finalmente, inclua também uns pezinhos de arruda no seu jardim e obterá não só um agradável espetáculo de cor amarelada, como também suaves fragrâncias que, para além de extremamente aprazíveis e doces, servirão para afugentar ratos, insetos e pulgas do seu jardim.

As opções são muitas, por isso, já sabe: decore o seu jardim com aromas e obtenha uma festa para os sentidos!

Isabel Rodrigues

Título: Flores aromáticas, uma junção de fragrâncias..

Autor: Isabel Rodrigues (todos os textos)

Visitas: 6

803 

Imagem por: net_efekt

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • Rafaela CoronelRafaela

    16-10-2014 às 23:36:12

    As flores aromáticas são excelentes! Nos proporcionam momentos únicos quando utilizados com um objetivo. Adoro tê-las sempre perto.

    ¬ Responder

Comentários - Flores aromáticas, uma junção de fragrâncias..

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Como burlar a crise e fazer a viagem dos sonhos gastando pouco

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Viagens
Como burlar a crise e fazer a viagem dos sonhos gastando pouco\"Rua
Não é novidade para ninguém que o Brasil está passando por uma séria crise econômica e política. Atrelado a isso, a elevação do dólar nos últimos meses tem contribuído para a queda considerável no número de viagens internacionais. Para os amantes de viagens, também chamados travelholics, a crise não é um motivo para adiar aquela viagem tão esperada.
Nesse post você terá dicas de como superar esse momento e realizar seu sonho de uma forma mais econômica, sem precisar de guias turísticos, que encarecem ainda mais a viagem.

Dica 1) Planeje sua viagem com antecedência.
Provavelmente a maioria já ouviu falar disso, mas é a pura verdade. Programar a viagem é o primeiro passo para uma estadia tranquila e bem mais barata. Escolher o destino, a época do ano e com quem ir é o começo de tudo. As passagens aéreas costumam ter preços promocionais quando comprada com antecedência e você poderá escolher melhor onde passará as noites.

Dica 2) Pesquise os preços das passagens diariamente.
Se o destino já está definido, comece a buscar as passagens já. Os preços costumam variar diariamente, e sim, podem cair ou subir absurdamente de um dia para o outro. Eu super indico o Google Voos como busca de passagem. Ele apresenta os valores e os horários das mais variadas companhias aéreas e no final, te redireciona para o site da empresa sem te cobrar nenhuma taxa por isso. Além disso, ter em mente a opção de flexibilizar as datas pode te possibilitar um bom desconto no final. Você e o seu vizinho de assento podem estar indo pro mesmo destino, mas pagando valores completamente diferentes.

Dica 3) Use e abuse do Google Maps para escolher a região de hospedagem.
O Google Maps é uma opção de busca com mil e uma utilidades. Depois de escolhida a cidade, pesquise a localização dos principais pontos turísticos que são do seu interesse. Há várias ferramentas para busca de hotéis e pontos turísticos no site. Se você vai depender de transporte público ou ''viação pé'' para conhecer a cidade, uma boa dica para economizar tempo e dinheiro é ficar na região cultural da cidade. Você poderá pagar um pouco mais caro na estadia, mas economizará em outros quesitos.

Dica 4) Utilize os sites de busca de hotéis para fazer as reservas.
Depois de muito pesquisar, descobri que organizar a viagem por conta própria pode sair até pela metade do preço do que seria através de uma agência de viagem. Existem muitos sites de hotéis, mas é bom pesquisar sua credibilidade em fóruns e sites de reclamação. Minha sugestão é o Booking.com, há anos no mercado com milhões de clientes, ele é reconhecido pela sua transparência e grande assistência àqueles que precisaram resolver algum problema. Utilizando as datas de entrada e saída, e os filtros como valor máximo da diária e número de estrelas, você encontra o melhor hotel pro seu gosto e seu bolso.

Dica 5) Seguro Viagem
É imprescindível a contratação de um seguro viagem se você está indo para o exterior. Dependendo do país, uma diária no hospital pode sair mais cara que toda a viagem. Sem falar que em caso de extravio de bagagem e algum problema mais grave com um parente próximo no país de origem, além de outras questões, o seguro tem a cobertura específica. Não se deixe levar pelos pequenos preços. Procure aqueles conhecidos mundialmente e, de preferência, utilizado por algum conhecido. Quanto mais detalhado for, melhor.

Dica 6) Curta a pré-viagem pesquisando
O período antes da viagem é tão gostoso quanto ela, propriamente dita. Aproveite para pesquisar sobre os locais do seu interesse, restaurantes, lojas e principalmente transporte. Hoje, já existe taxímetro online em grandes metrópoles, onde você pode fazer um cálculo estimado da corrida de um lugar a outro. Como o nosso objetivo é a economia, são muitas as alternativas de transporte. Além do bom e velho ônibus, as vans compartilhadas do aeroporto para o hotel podem sair bem mais em conta que o táxi. Para quem for ficar poucos dias em uma grande cidade, os ônibus vermelhos de dois andares, conhecidos por Hop On Hop Off, dão uma geral na cidade, passando pelos principais pontos e possibilitando ao turista parar onde quiser, e esperar pelo próximo nos pontos indicados. Existem ticktes de 24, 48 e 72 horas ilimitado, a partir do momento do primeiro uso.

Pesquisar mais textos:

Letícia Spínola Flávio

Título:Como burlar a crise e fazer a viagem dos sonhos gastando pouco

Autor:Letícia Spínola Flávio(todos os textos)

Imagem por: net_efekt

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Adriana SantosAdriana Santos

    10-11-2015 às 21:16:50

    Gostei das dicas! Valeu!
    Realmente, as pessoas que amam viajar encontram diversas formas, nem que seja um lugar próximo a sua cidade!

    Abraços!

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios