Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Materiais Construção > Utilidades do aluminio

Utilidades do aluminio

Visitas: 98
Comentários: 6
Utilidades do aluminio

O alumínio é um material leve, durável e bonito que, devido às suas características, tem uma diversa gama de aplicações, sendo um dos metais mais utilizados em todo o mundo.

A excelente performance do alumínio pode ser comprovada na construção civil em portas (cartão de visita de uma casa), janelas (o embelezamento destas sobressai) e divisórias (cujo baluarte é a garantia de privacidade).

No sector naval, têm aumentado significativamente o número e as dimensões das embarcações construídas em alumínio, que se verificam mais leves, rápidas e económicas, relativamente à madeira, ao aço e à fibra de vidro, por exemplo.

Esta leveza subentenderá um menor esforço por parte das ondas para impulsionar o barco? Tudo é poupança…

O alumínio é empregue ainda na indústria dos transportes (proporcionando menor consumo de combustível, desgaste inferior e maior eficiência e capacidade de carga) e no ramo das embalagens (apresentando peso reduzido e não permitindo a passagem de humidade, oxigénio e luz, evitando deste modo a deterioração de medicamentos, alimentos e outros produtos consumíveis).

Adicionalmente, constitui um excelente meio de transmissão de energia, tanto eléctrica como térmica.

Vamos lá a ver se os dentistas descobrem os benefícios do alumínio na “construção dentária” e começam a cobrar alumínio por prata…

Nestes tempos de crise, não seria descabido pensar, igualmente, em usar metais menos preciosos no fabrico de medalhas. Assim, em vez de se exibirem com ouro, prata ou bronze, os atletas ostentariam umas fantásticas insígnias de alumínio! Poupavam dinheiro e preveniam problemas de coluna, porque o esforço de carrego é mínimo.

Para além de tudo, o alumínio é reciclável, o que representa uma mais-valia para o Ambiente, pela redução de resíduos e economia de matérias-primas propiciadas pela reciclagem. Mas se é fácil transportar uma medalha ao ecoponto para reciclar, um barco já é muito mais complicado…


Rua Direita

Título: Utilidades do aluminio

Autor: Rua Direita (todos os textos)

Visitas: 98

791 

Imagem por: Patrick Hoesly

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 6 )    recentes

  • M.L.E.- Soluções de Climatizaçãoabssany

    19-05-2015 às 14:16:06

    achei legal

    ¬ Responder
  • lourdes

    14-03-2013 às 10:29:29

    legal saber a utilidade do aluminio

    ¬ Responder
  • ingrid

    18-09-2012 às 19:55:22

    MUITO LEGAL SABER UM POUCO SOBRE O ALUMINIO...

    ¬ Responder
  • joão pedro

    11-06-2012 às 13:40:10

    esse relatorio me ajodou um pouco na minha tarefa ecolar

    ¬ Responder
  • julliana alfeujulliana alfeu

    21-05-2011 às 03:26:02

    o sait de voces e uma porcaria nao tem nada etou pedindo coisas que podemos utilizar com o aluminio

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de Climatizaçãoisrael

    19-05-2015 às 14:16:37

    gostei

    ¬ Responder

Comentários - Utilidades do aluminio

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Um caminho para curar o transtorno alimentar

Ler próximo texto...

Tema: Saúde
Um caminho para curar o transtorno alimentar\"Rua
De acordo com um relatório divulgado em novembro de 2014 pelo Comitê Permanente sobre o Status da Mulher, entre 600 mil a um milhão de canadenses cumprem os critérios diagnósticos para um transtorno alimentar em um dado momento. Problemas de saúde mental com ramificações físicas graves, anorexia e bulimia são difíceis de tratar.

Os programas públicos de internação frequentemente não admitem pacientes até que estejam em condição de risco de vida, e muitos respondem mal à abordagem em grupo. As clínicas privadas costumam ter listas de espera épicas e custos altos: um quarto custa de US$ 305 a US$ 360 por dia.


Corinne lutou juntamente com seus pais contra a bulimia e anorexia por mais de cinco anos. Duffy e Terry, pais de Corinne, encontraram uma clínica na Virgínia. Hoje, aos 24 anos, ela é saudável e está cursando mestrado em Colorado. Ela e seus pais acreditam que a abordagem holística, o foco individualizado e a estrutura imersiva de seu tratamento foram fundamentais para sua recuperação.

Eles sabem que tinham acesso a recursos exclusivos. "Tivemos sorte", diz Duffy. "Podíamos pagar por tudo." Mas muitos não podem.
A luta desta família levou-os a refletir sobre o problema nos Estados Unidos. Em 2013, eles fundaram a Water Stone Clinic, um centro privado de transtornos alimentares em Toronto. Eles fazem yoga, terapia de arte e participam na preparação de refeições, construindo habilidades na vida real com uma equipe de apoio empática. Os programas funcionam nos dias da semana das 8h às 14h, e até agora, não tem lista de espera. Porém essa abordagem é onerosa: aproximadamente US$ 650 por dia.

A família criou a Fundação Water Stone - uma instituição de caridade que fornece ajuda a pacientes que não podem pagar o tratamento. Os candidatos são avaliados por dois comitês que tomam uma decisão baseada na necessidade clínica e financeira. David Choo Chong foi o primeiro a se beneficiar da fundação. Ele havia tentado muitos programas, mas nenhum foi bem sucedido. A fundação pagou metade do tratamento. Dois anos depois, Choo Chong, feliz e estável diz "Water Stone me ajudou a encontrar quem eu sou".

Pesquisar mais textos:

Roberta Darc

Título:Um caminho para curar o transtorno alimentar

Autor:Roberta Darc(todos os textos)

Imagem por: Patrick Hoesly

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios