Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Materiais Construção > Utilidades do aluminio

Utilidades do aluminio

Visitas: 98
Comentários: 6
Utilidades do aluminio

O alumínio é um material leve, durável e bonito que, devido às suas características, tem uma diversa gama de aplicações, sendo um dos metais mais utilizados em todo o mundo.

A excelente performance do alumínio pode ser comprovada na construção civil em portas (cartão de visita de uma casa), janelas (o embelezamento destas sobressai) e divisórias (cujo baluarte é a garantia de privacidade).

No sector naval, têm aumentado significativamente o número e as dimensões das embarcações construídas em alumínio, que se verificam mais leves, rápidas e económicas, relativamente à madeira, ao aço e à fibra de vidro, por exemplo.

Esta leveza subentenderá um menor esforço por parte das ondas para impulsionar o barco? Tudo é poupança…

O alumínio é empregue ainda na indústria dos transportes (proporcionando menor consumo de combustível, desgaste inferior e maior eficiência e capacidade de carga) e no ramo das embalagens (apresentando peso reduzido e não permitindo a passagem de humidade, oxigénio e luz, evitando deste modo a deterioração de medicamentos, alimentos e outros produtos consumíveis).

Adicionalmente, constitui um excelente meio de transmissão de energia, tanto eléctrica como térmica.

Vamos lá a ver se os dentistas descobrem os benefícios do alumínio na “construção dentária” e começam a cobrar alumínio por prata…

Nestes tempos de crise, não seria descabido pensar, igualmente, em usar metais menos preciosos no fabrico de medalhas. Assim, em vez de se exibirem com ouro, prata ou bronze, os atletas ostentariam umas fantásticas insígnias de alumínio! Poupavam dinheiro e preveniam problemas de coluna, porque o esforço de carrego é mínimo.

Para além de tudo, o alumínio é reciclável, o que representa uma mais-valia para o Ambiente, pela redução de resíduos e economia de matérias-primas propiciadas pela reciclagem. Mas se é fácil transportar uma medalha ao ecoponto para reciclar, um barco já é muito mais complicado…


Rua Direita

Título: Utilidades do aluminio

Autor: Rua Direita (todos os textos)

Visitas: 98

791 

Imagem por: Patrick Hoesly

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 6 )    recentes

  • M.L.E.- Soluções de Climatizaçãoabssany

    19-05-2015 às 14:16:06

    achei legal

    ¬ Responder
  • lourdes

    14-03-2013 às 10:29:29

    legal saber a utilidade do aluminio

    ¬ Responder
  • ingrid

    18-09-2012 às 19:55:22

    MUITO LEGAL SABER UM POUCO SOBRE O ALUMINIO...

    ¬ Responder
  • joão pedro

    11-06-2012 às 13:40:10

    esse relatorio me ajodou um pouco na minha tarefa ecolar

    ¬ Responder
  • julliana alfeujulliana alfeu

    21-05-2011 às 03:26:02

    o sait de voces e uma porcaria nao tem nada etou pedindo coisas que podemos utilizar com o aluminio

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de Climatizaçãoisrael

    19-05-2015 às 14:16:37

    gostei

    ¬ Responder

Comentários - Utilidades do aluminio

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Como economizar energia em condomínios, empresas e edificações comerciais

Ler próximo texto...

Tema: Energias Renováveis
Como economizar energia em condomínios, empresas e edificações comerciais\"Rua
Economizar energia elétrica é importante para nós e para o planeta, já que esse recurso é produzido, em sua grande maioria, através de processos caros e extremamente prejudiciais ao meio ambiente.

O consumo racional e eficiente de energia elétrica depende de mudanças de hábito por parte dos consumidores (residenciais, comerciais e industriais), principalmente no que diz respeito a ações cotidianas.

Nesse texto selecionamos algumas dicas e informações de grande utilidade pra ajudá-los a programar o uso racional da energia elétrica em condomínios, empresas e em edificações comerciais.

Tome nota:

•Faça manutenção planejada e constante nas instalações elétricas, e não sobrecarregue os circuitos além do que foi especificado em projeto, ou pelo eletricista. A falta de manutenção e a sobrecarga dos circuitos podem causar curtos, aquecer a fiação e permitir que quantidade significativa de energia elétrica se perca pela rede, e ainda danifique a própria fiação.

•Troque todas as lâmpadas incandescentes por fluorescentes (tubulares ou compactas), e, se possível, invista na iluminação de LED. As lâmpadas de LED consomem cerca de 80% menos de energia elétrica, quando comparadas às incandescentes e duram oito vezes mais.

•Se o ambiente é muito grande, muito largo, ou muito extenso, divida a iluminação em vários circuitos. Essa medida permite o desligamento parcial de lâmpadas em desuso ou desnecessárias.

•Em áreas de pouca circulação e de permanência transitória como corredores, sanitários, garagens, áreas de serviço e copas, é recomendável a instalação de sensores de presença, mecanismos que acionam a iluminação somente quando houver circulação de pessoas.

•Em áreas cuja iluminação natural consegue ser aproveitada, podem ser também instalados sensores de fotocélulas, dispositivos que detectam automaticamente a necessidade de acionamento da iluminação artificial quando a iluminação natural é insuficiente (á noite e em dias nublados, por exemplo).

•Mantenha as luminárias sempre limpas para que a potência das lâmpadas seja 100% aproveitada.

•Pinte as paredes internas e os tetos dos ambientes com cores claras, pois essas refletem e espalham a luz para todo o ambiente.

•Troque equipamentos elétricos velhos, motores defasados, aparelhos de ar condicionados antigos, luminárias muito gastas, por modelos mais novos, que já são projetados para consumirem menos energia elétrica, e contam com selos de garantia que os qualificam com relação à eficiência.

•Faça manutenção e limpeza constantes nos aparelhos de ar condicionado. Filtros sujos exigem maior esforço dos aparelhos (maior gasto energético) no processo de refrigeração e ainda causam grande risco à saúde.

•Não deixe caixas condensadoras e resfriadoras do sistema de ar condicionados instaladas em locais onde recebam incidência solar constante. Quando recebem sol durante muito tempo esses equipamentos chegam a consumir o dobro da energia prevista, já que a utilizam primeiramente para promover o seu próprio resfriamento e só depois a refrigeração dos ambientes.

Aproveitem nossas dicas e se precisarem de mais informações, entrem em contato com um profissional capacitado.

Pesquisar mais textos:

Danília Oliveira Gonçalves

Título:Como economizar energia em condomínios, empresas e edificações comerciais

Autor:Danília Oliveira Gonçalves(todos os textos)

Imagem por: Patrick Hoesly

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios