Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Saúde > Shantala: seu bebê vai amar!

Shantala: seu bebê vai amar!

Categoria: Saúde
Comentários: 2
Shantala: seu bebê vai amar!

A Shantala constitui-se em um ritual indiano, em que a mãe massageia o filho aproximando o olhar do bebê com o olhar da mãe. Deve acontecer em silêncio, como forma de meditação, transformando o ambiente e os movimentos num ritual de harmonia e integração. Os benefícios adquiridos com essa técnica são bastante significativos. Essa prática acalma o bebê, transmite-lhe paz e segurança, evita cólicas e  proporciona um sono tranquilo.

O nome da prática é Shantala em homenagem a uma indiana vista por um médico francês nos anos 70 massageando seu filho na rua. Ela exercitava essa prática  milenar. O médico encantado com a técnica observou os movimentos que a moça realizava e publicou um livro divulgando no meio acadêmico essa prática, hoje bastante conhecida e utilizada no mundo todo.

Essa massagem pode ser praticada desde os primeiros dias de vida do bebê e os pediatras observam sua maior eficácia até o primeiro ano, pois depois fica difícil obter a atenção da criança e fazer com que fique quieta para receber os toques.

É indicado que essa prática acontece uma vez ao dia, com horário escolhido pela mãe e que não atrapalhe o sono e as mamadas do bebê. Também é importante dar um tempo logo depois da mamada para praticar a massagem. Caso contrário é provável que a criança regurgite. É necessário um ambiente silencioso e em que a mãe não seja interrompida. Se o bebê apresenta alguma doença, alergia ou dorme durante a massagem é indicada a suspensão da técnica.

A Shantala deve ser feita com o toque firme da mãe na criança. Para sentir na pele os efeitos do toque, o bebê deve estar sem roupa e no colo da mãe. Pode ser utilizado um óleo adequado para que aqueça as mãos da mãe que deslizará melhor no corpo do filho. Óleo de amêndoas é uma ótima indicação ou óleo de camomila para acalmar. Durante os movimentos a mãe deve sentir a musculatura da criança, sem machucá-la obviamente ou causar algum desconforto. Os movimentos devem ser prazerosos também para a mãe. O contato dos olhares é muito importante.

Deve-se forrar o local com um pano, pois com a massagem o bebê tende a relaxar. Para crianças com refluxo é indicado um travesseiro que levante um pouco a cabeça do bebê, evitando sufocamentos em decorrência de refluxo.

A Shantala pode ser praticada como prevenção de cólicas, daí a importância de realizá-la no turno anterior à rotina da cólica. Essa massagem também é indicada para casos de prisão de ventre. Se o objetivo da massagem for apenas relaxar a criança, o ideal é fazer movimentos mais suaves e lentos, mas se o objetivo é estimulá-la, o indicado são movimentos repetitivos rápidos e fortes.

Para o sucesso da massagem é fundamental que a mãe esteja tranquila, sem tensão nenhuma, pois com essa interação os sentimentos de desequilíbrio da mãe são passados ao filho. O recomendável é que antes a mãe faça um banho relaxante e prepare-se adequadamente para esse momento com o bebê. E, caso a criança demonstre desconforto ou chore demais, a massagem deve ser suspensa. Sinal de que não houve um vínculo positivo entre mãe e filho ou que a criança não se adaptou bem com a técnica.


Rosana Fernandes

Título: Shantala: seu bebê vai amar!

Autor: Rosana Fernandes (todos os textos)

Visitas: 0

799 

Imagem por: valentinapowers

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 2 )    recentes

  • Larissa de LourdesLarissa Ferreira

    18-04-2014 às 22:49:18

    Olá, achei muito bom esse texto, tanto que quero cita-lo em meu trabalho. Sendo assim, gostaria de saber o ano em que foi escrito, para eu colocar no trabalho. Poderia me dizer?
    Obrigada, aguardo o retorno.

    ¬ Responder
  • SophiaSophia

    21-04-2014 às 16:01:36

    Larissa Ferreira este texto, "Shantala: Seu Bebê Vai Amar!" foi escrito em 2010

    ¬ Responder

Comentários - Shantala: seu bebê vai amar!

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Cães e Humanos: Amizade por interesses

Ler próximo texto...

Tema: Animais Estimação
Cães e Humanos: Amizade por interesses\"Rua
Não é de hoje que os cães são considerados nossos melhores amigos, porém como toda amizade ela não é totalmente incondicional e livre de interesses, pense bem, você pode discordar a princípio, mas analise a fundo e verá que tenho razão.

Cães convivem conosco a mais de 10mil anos, foi lá atrás na pré história que essa amizade começou, uma das mais duradouras da história. Teorias dizem que essa conexão iniciou pois ambas as espécies precisavam de algo que não possuíam e juntos se completaram.

Em plena era do gelo onde a sobrevivência estava sendo testada a todo vapor, aquele lobo considerado mais corajoso se encontrou com um homem também corajoso e resolveram unir forças, talvez não conscientemente, mas deu certo para ambos, e ali iniciava uma amizade que duraria por milênios.

Nesse estágio da nossa história, corríamos perigo de sobrevivência; faltava comida, segurança e energia ! ... E então percebemos que esses lobos simpáticos poderiam nos dar uma vantagem na corrida contra a morte, afinal eles caçavam muito bem , coisa que tínhamos dificuldade em fazer pela falta de energia naquele momento; então pensamos, eles nos ajudam a caçar, nós dividimos o alimento e em troca eles ganham segurança e afeto, e foi assim que essa amizade nos ajudou a enfrentar todos os percalços do caminho, e hoje evoluímos tanto que não precisamos mais de seus serviços e ainda sim continuam sendo nossos melhores amigos, posso dizer então que realmente é uma amizade verdadeira, que surgiu da dificuldade e interesses mas que não se deixou abalar por nada.

Então, agora quando virmos alguém maltratar esses animais, desdenhar deles dizendo que "não prestam pra nada", "não fazem nada de útil", como a galinha que põe ovos, ou a vaca que dá leite, lembremo-nos o quão útil eles foram na nossa caminhada, não só no quesito físico mas também no emocional, numa época em que as aparências não importavam e nem o QI para se fazer um amigo, bastava ser corajoso o bastante pra ultrapassar barreiras e conhecer mais o outro, do jeito que ele viesse, garanto que vantagens incríveis nascerão dessa amizade, e não pense em vantagens como algo ruim, quando digo penso em a vantagem da gente se sentir o humano mais importante do mundo quando esses seres peludos nos olham nos olhos sem pedir mais nada em troca, damos e recebemos carinho como nunca, uma retribuição silenciosa a quem sempre esteve do nosso lado, no pior e melhor momento.

O maior interesse em uma amizade é que ela dure para sempre, e acho que com os Cães conseguimos isso.

Pesquisar mais textos:

Lara Lavic

Título:Cães e Humanos: Amizade por interesses

Autor:Lara Lavic(todos os textos)

Imagem por: valentinapowers

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios