Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Saúde > Evite o stress durante a gravidez

Evite o stress durante a gravidez

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Saúde
Visitas: 39
Comentários: 17
Evite o stress durante a gravidez

O stress não é mais do que a reação do nosso corpo a agressões físicas e psíquicas a que o mesmo é sujeito e que perturbam o equilíbrio do ser humano.

Durante o período de gestação, uma mulher pode passar por algumas fases de stress. As razões são diversas, mas o medo do parto, o receio do que irá acontecer, aliado às dúvidas de como será depois de o bebé nascer, os receios relativamente à mudança que se aproxima são algumas das causas mais conhecidas como geradoras de stress. Se a isso aliarmos a agitação do dia a-a-dia, os compromissos profissionais, as tarefas domésticas, aliadas ao estado de gravidez, pode fazer com que a mulher se sinta cansada, irritada e doente.

Não deverá ser esquecido que todas as alterações causadas pelo stress na grávida poderão interferir no normal desenvolvimento do bebé. Se a mulher está ansiosa ou stressada durante a gestação, existirá uma maior probabilidade do bebé vir a desenvolver problemas emocionais, de comportamento e de aprendizagem. Por essa mesma razão, a grávida não deverá sentir vergonha de pedir ajuda nestas condições.

Dicas e Sugestões


Deverá falar com o seu marido, ou com os pais ou até mesmo com uma amiga. Depois de ter conseguido identificar a origem do stress, a razão que o provoca, para a grávida será mais fácil aprender a lidar com o stress e até a diminui-lo.

Deverá aprender-se a organizar o tempo. Isto fará com que se consiga reservar tempo para todas as tarefas, desde as profissionais, às caseiras e até mesmo ao lazer.

Uma boa caminhada à beira da praia ou no campo é um excelente exercício que todas as grávidas deveriam fazer. Além de ser bom para o corpo é um revigorante para a alma.

Durante o horário de expediente, a grávida deverá fazer breves pausas.

Estimule a sua criatividade, dedicando algum do seu tempo a um hobby que lhe agrade. A música clássica é outra ótima opção no alívio do stress - Beethoven ou Bach, são poderosos calmantes que baixam a pressão sanguínea e que promovem um relaxamento.

As grávidas deverão aprender a respirar, uma vez que o controlo da respiração é essencial para baixar os níveis de stress – o aumento do ritmo cardíaco provocado por uma crise de stress é corrigido com uma respiração profunda e tranquila.

15 minutos diários de meditação num local calmo também fazem milagres. Uma forma simples de meditação é fechar os olhos e pensar numa paisagem que lhe transmita paz e serenidade ao mesmo tempo que inspira pelo nariz e expira pela boca com calma e naturalidade.

Estas são apenas algumas dicas de como a futura mamã poderá controlar o stress. Existirão muitas mais e muitas vezes dependerá de pessoa para pessoa. Dai a importância de se conhecer a verdadeira causa que provoca o desgaste e a reação de alarme.


Catarina Bandeira

Título: Evite o stress durante a gravidez

Autor: Catarina Bandeira (todos os textos)

Visitas: 39

767 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 17 )    recentes

  • dalila

    21-03-2013 às 19:19:51

    estou tento estress como a meu esposo então eu não sei o que fazer, estou 16 semana pode causa mal para o meu bebe

    ¬ Responder
  • Amanda

    20-02-2013 às 10:08:16

    Estou de 11 semanas, e trabalho com atendimento ao publico. na maioria dos atendimentos os clientes estão fazendo reclamações de serviços e etc. alguns cliente já vem stressados, que acabam me passando esse tipo de transtorno. meu dia é bem agitado, me stresso facilmente durante a minha gestação. e isso eu sei que faz mal para meu bebe, mas não estou conseguindo relaxar quando me stresso. não quero que meu filho(a) tenha algum problema futuramente por conta disso. o que posso fazer?

    ¬ Responder
  • Áryánè Nogueira

    10-01-2014 às 05:34:33

    Fazer yoga ajuda muito

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de Climatização

    26-10-2012 às 10:15:29

    è melhor mesmo, senão arrisca-se a ter um filho ou filha com graves problemas de hiperactividade ou de nervoso miudinho. Dificuldades de concentração entre outros.

    ¬ Responder
  • camila

    18-09-2012 às 03:26:25

    minh menstruaçao nao t atrasada mais estou sentido umas queimaçao no estomago dor de cabeça muito nervozismo muita fraqueza alguem pode me ajuda por favor sera que estou gravida

    ¬ Responder
  • Beatriz

    24-08-2012 às 03:53:51

    Olá estou então entrando no quinto mês de gestação e acho que estou com depressão,pois me irrito muito (tenho alguns motivos) tenho vontade de dormir e não acordar mais ou então dormir e acordar perto do dia do parto para minha vida voltar ao "normal " outra vez,trabalhar,estudar essas coisas.Vou falar com meu médico para ver se ele me dá alg para tomar.

    ¬ Responder
  • fran

    04-08-2012 às 21:09:05

    Gente estou na minha terçeira gestaço 2 eu tive abortos espontaneo e esse ta indo super bem graças a deus so que eu estou estressada td me irrita brigo com meu espozo atou logo perco a razao e chingo quebro etc deis que engravidei venho tendo um ciume incontravel dele sinto me insegura sei la se el eolha para outra mulher na minha frente pronto começo a chorar tem alguma mulher nesta msm cituaçao? me add no msn oh para trocarmos experiençias [email protected]

    ¬ Responder
  • nikanika

    30-04-2011 às 00:30:01

    tenho um filho de 17 anos e agora aos 38 anos resolvi engravidar novamente,estou de 24 semanas e sou muito encucada com medo que o bebe nao seja saudavel,coisas da minha cabeça pois fiz a TN E DEU 1,5 SUPER NORMAL,vou fazer o morfologico segunda feira....to anciosa.

    é normal encucar tantop na gravides

    ¬ Responder
  • elisandraelisandra

    09-04-2011 às 21:15:42

    não sei mais o que fazer da minha vida...
    meu marido é um viciado em maconha..gasta todo mes 50 á 60 reais só de maconha da´´i ele sempre me diz qe vai parar e nunca para,estamos com muitas contas e muitas coisas pra comprar e ja estou de 37 semanas e ele diz qe vai parar...ja converssei muito com ele a respeito disso pk não kero um pai viciado pra dar mal exemplo ao meu filho!já sofri muito por causa disso...é o meu primeiro filho,keria qe ele parasse, mais to sem esperanças!tenho medo de ter uma depressão pós parto.pk ja chorei de mais e sofri de mais nessa gravidez.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoCarolina

    25-01-2011 às 12:29:21

    To na minha 3° gestação as outras duas forma do meu 1° casamento e dessa vez acho q vou enlouquecer tive que me afastar do trabalho por depressão quando soube que estava gravida,tenho vontade de morrer não tenho paciencia comm mais nada!!
    Meu marido não queria um bebe agora e nem eu será que isso tudo tem uma ligaçãõ??
    To com 36 semanas e c pudesse fazia ele nascer agora pq não aguento mais!!!
    O que faço???
    Me ajudem por favooor

    ¬ Responder
  • Fran

    27-08-2012 às 18:21:31

    Ola minha flor td isso e normal vcs estarem assim vcs nao esperavam o bb e ele veio nao se preocupe pq depois que nscer vcs vao ver como td vai mudar vcs vao fica apaixonados por ele de uma forma que vao sentir remorçio por um dia t=nao ter desejado ele ta bjuss

    ¬ Responder
  • RosaneRosane

    24-01-2011 às 19:04:04

    Estou na minha segunda gestação que foi muito dificil de aceitar pelo fato de meu marido ter me deixado na primeira e eu ter tido depressão por isso pra piorar ele me deixou novamente e estou tendo muito stress pelo fato de também ter tido muitos sangramentos e pelo hematoma que apareceu minha gravidez é de risco e não tenho quem me ajude a passar por todo esse sofrimento e estou desisperada, tenho medo de que esses sangramentos seje pelo que estou passando,pode ser isso?

    ¬ Responder
  • joicejoice

    21-01-2011 às 18:55:52

    No meu caso, o que me encomoda é a convivencia com meus enteados. No começo tinhamos um bom relacionamento, mas a mãe deles fazia questão de nos afastar e conseguiu. Já desejaram tudo de pior pra essa criança que carrego. Não aguento mais...Só espero que isso não interfira no meu casamento. O que eu faço? Não quero me sentir culpada se minha filha tiver algum problema de saude futuramente!!

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de Climatizaçãojuju

    18-04-2012 às 21:11:01

    eu vivo a mesma coisa vem meu enteado duas vezes por mes e eu tenho que aguentar ele com ciume do meu filho com o pai dele emcasa e o pai com uma televisao meu filho e o enteado com outra eu sem nenhuma como se o meu bem estar com o bebe que estou esperando nao tivesse importancia nao sei porque aguento isso mesmo gravida e tendo um filho dele ja escutei ate que se eu nao puder suportar meu enteado devo pegar o caminho da rua sim ele ja me disse isso,so penso todos os dias que minha mae deve ter razao em dizer que depois que o bebe nasce sera ainda pior eu sei no fundo porque eu aguento isso e porque eu sofro muita violencia psicologica e pessoas como eu vivem numa prisao,que deus nos ajude pois a mulher gravida esta sensibilizada.

    ¬ Responder
  • RaquelRaquel

    19-12-2010 às 15:51:34

    adorei o artigo...porem na minha situaçao o que esta acabando com minha tranquilidade é meu cuime,insegurança.é minha segunda gestaçao e mesmo assim todas as inseguranças sao iguais a da primeira gestaçao.Nao sei mais o que fazer.Meu ciume esta atrapalhando os bons momentos que poderia estar tenho mais com meu esposo...estou sentindo cuimes ate de mulheres que eu considero indesejaveis...meus deus sera quando isso vai acabar.?

    ¬ Responder
  • waniawania

    05-07-2010 às 15:51:50

    Veja, filhinhas, o que a mãevó, quer prá vocês, tranquilidade.
    Beijos

    ¬ Responder
  • Andreia DiasAndreia Dias

    19-06-2010 às 18:21:48

    stressar na gravidez faz mal ao bebé?

    ¬ Responder

Comentários - Evite o stress durante a gravidez

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Dicas para decorar salas pequenas.

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Decoração
Dicas para decorar salas pequenas.\"Rua
A realidade das grandes cidades é que a maioria das pessoas mora em espaços pequenos. É fato também que todos desejam ter um ambiente acolhedor e aconchegante para receber amigos. Em contrapartida, na medida em que os espaços encolhem, a quantidade de aparelhos eletrônicos que utilizamos aumenta cada vez mais. Há ainda quem use a sala como home-office.

Nesta busca de inspiração para organizar e incrementar sua sala, encontramos uma série de sites especializados e blogs com muitas, muitas ideias. O conceito de D.I.Y. (do it yourself) que significa "faça você mesmo” nunca esteve tão na moda. É uma alternativa para reduzir gastos com mão de obra e nada melhor do que criar um espaço com um toque todo seu. Inspirações e ideias não faltam. Hoje, de certa forma todos nos sentimos meio decoradores.

Mas planejar a decoração de uma sala pequena exige alguns cuidados para que o ambiente não fique entulhado de móveis, disfuncional ou até mesmo desagradável.

Confira algumas dicas para decorar sua sala com estilo e valorizando seu espaço:
Os espelhos, além da autocontemplação, causam efeitos interessantes. Aplicados, por exemplo, em uma parede inteira pode duplicar a amplitude do ambiente. Pode ser usado também em móveis, tetos, em diversos formatos e valorizar a luminosidade da decoração.

As cores tem poder de causar sensações. Em ambientes com pouco espaço, elas podem colaborar para que a sensação de amplitude possa tanto aumentar quanto diminuir. Para pintar as paredes de sua sala aposte em cores claras. O teto com uma cor mais clara que a das paredes, por exemplo, pode simular uma elevação do teto, já em uma cor mais escura, promoverá uma sensação de rebaixamento do teto.

A escolha e posição dos móveis são um aspecto muito importante. Opte por poucos móveis, nunca de tamanhos exagerados e posicione-os de forma que valorize o espaço. Móveis que misturam poucos materiais, baixos e com linhas retas proporcionam leveza ao ambiente.

Uma solução muito interessante para espaços pequenos é a utilização de prateleiras. Caixas para produtos horto frutícolas reformadas podem se tornar lindas prateleiras. Mas cuidado com a profundidade, para não atrapalhar na disposição de outros móveis e objetos.

Móveis multifuncionais ou móveis inteligentes são excelentes alternativas para uma sala pequena. Um bom exemplo são pufes, que podem ser usados como mesas de centro ou ficarem alojados debaixo de aparadores e quando recebemos visitas podem se transformar em assentos extras. Mesas dobráveis também são uma ótima opção.

Escolher o mesmo piso ou revestimento pode dar a impressão de área maior, de continuidade. Mudanças drásticas de um ambiente para outro pode causar a sensação de divisão e consequentemente fazer parecer menor.

Algumas outras dicas: um sofá retrátil ou reclinável garante muito mais conforto e ocupa o espaço de um sofá simples. Suporte ou painéis móveis para TV possibilitam que ela seja movida na direção desejável. Caso o ambiente tenha escadas, escolher um modelo de escadas vazadas evita divisões e pode se tornar uma peça de destaque na sala. E para as cortinas, escolha tecidos leves, lisas e sem estampas.

De qualquer forma, ouse, não tenha medo de arriscar, crie, não copie, só assim será seu!

Luciana Santos.

Outros textos do autor:
Dicas para decorar salas pequenas.

Pesquisar mais textos:

Luciana Maria dos Santos

Título:Dicas para decorar salas pequenas.

Autor:Luciana Maria Santos(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Carlos Rubens Neto 16-06-2016 às 16:20:24

    Excelente matéria! Parabéns Luciana ;)

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios