Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Saúde > O vírus de hepatite

O vírus de hepatite

Categoria: Saúde
Visitas: 2
Comentários: 1
O vírus de hepatite

É chegado o verão, e com ele as praias ficam lotadas de pessoas a se expor em um sol escaldante, e com isso as barracas que oferece refrigerante e copos cheios de água e gelo para refrescar, as cervejas em lata com aquele balde cheio de gelo, mais saiba que por trás de tudo isso há um vírus que fica rondando neste verão, muitos não se preocupa com isso, ou nem imaginam, mais eles estão no mar que as vezes é poluído ou no gelo que você consumiu no copo com água, ou na latinha de refrigerante que você colocou na boca que não foi lavada devidamente, mais saiba que este vírus é muito perigoso, é o vírus da hepatite A, este vírus dentro de um copo com água logo ao beber ele se instala no fígado, onde indiretamente faz aquele estrago, as crianças entre 5 a 10 anos é a maior vitima, porque será que os adultos não são? Porque as crianças ficam mais tempo na água e bebe água com mais freqüência, por não se preocupar com higiene, já o adulto é mais cauteloso.

Sabemos que a principio não é causa de grande preocupação já que existe a vacina da hepatite, mas nem todos têm esse acesso, pois ela não faz parte do calendário oficial de imunização determinado pelo ministério da saúde, e com isso muita gente fica sem esse acesso, essa vacina é cara e só em clinicas particulares, e muitas clinicas também não sabe da existência delas.sabendo portanto que esta vacina não esta incluída no rol determinado pelo governo os hepatologistas falam que é muito insensato.

Saiba que as maiores ocorrência é no Brasil, a estimativa oficial é 130 casos por ano em cada 100 mil brasileiros. Nem todos ficam doentes mais às vezes a criança é contraída e nem fica sabendo, só posteriormente é que se sabe devido alguma outra situação e são submetidos a exames e se constata que infectado pelo vírus da hepatite. Pedimos aqui mais rigor nos próximos banhos de mar, latinhas de refrigerantes e cervejas, e cuidado com a água e gelo consumido durante o verão.

Sabemos que em Israel a entrada da imunização no calendário de vacinação levou uma queda de 95% da doença. E nos Estados Unidos despencaram 76%. Nos dois programas só bebês entre 1 e 2 anos foram vacinados, mas a incidência diminuiu em todas as faixas etárias, provavelmente por ser a criança um armazenadores de vírus que depois de infectadas, elas se multiplica e cai no ambiente pelas fezes. É importante saber que apesar dos imunizantes serem eficaz ainda não foi oficializado só porque não haver muitos casos de mortalidade afirma os infectologistas, pois somente 5% dos casos é que evolui para uma hepatite fulminante. A causa seria uma hiper-reação dos anticorpos que atacam o fígado infectado, o órgão vai à bancarrota e, para salvar a vida somente um transplante.

Waldiney Melo

Título: O vírus de hepatite

Autor: Waldiney (todos os textos)

Visitas: 2

625 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • FlaviaFlavia

    25-07-2011 às 21:29:06

    eu preciso bem declarado quanto tempo o vírus dura em nosso corpo
    Se alguem puder postar por favor é pro meu curso!
    Obrigado!

    ¬ Responder

Comentários - O vírus de hepatite

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Como fazer disfarces de Carnaval

Ler próximo texto...

Tema: Vestuário
Como fazer disfarces de Carnaval\"Rua
O ano começa e depressa chega uma data muito ansiada principalmente pelos mais jovens: o desejado Carnaval!

Esta é uma data que os pequenos adoram e deliram com as fantasias. O problema maior é a despesa que os disfarces representam e no ano seguinte já não usarão o mesmo disfarce ou, no caso dos mais pequenos, já não lhes serve.
O melhor nesta data é mesmo reciclar e aprender a fazer disfarces caseiros utilizando truques mais económicos e materiais reciclados para preparar as fantasias dos pequenitos!

Uma sugestão para os meninos é o traje de pirata que pode facilmente ser criado a partir de peças que tenha em casa. Procure uma camisa de tamanho grande e, de preferência, de cor branca com folhos. Se não tiver uma camisa com estas características facilmente encontrará um modelo destes no guarda-vestidos de alguma familiar, talvez da avó.

Precisará de um colete preto. Na falta do colete pode utilizar um casaco preto que esteja curto, rasgue as mangas pelas costuras dos ombros. As calças devem ser velhas e pretas para poderem ser cortadas na zona das pernas para envelhecer a peça. Coloque um lenço preto ou vermelho na cabeça do menino e, de seguida, com um elástico preto e um pouco de velcro tape um dos olhos.

Para as meninas não faltam ideias originais para fazer disfarces bonitos e especiais para este dia. Uma ideia original é a fantasia de Flinstone. É muito fácil e prática de fazer e fica um disfarce muito bonito. Comece por arranjar um pedaço de tecido branco. Coloque o tecido em volta do corpo como uma toalha de banho e depois amarre num dos braços fazendo uma alça. Depois corte as pontas em ziguezague mantendo um lado mais comprido que o outro. Amarre o cabelo da menina todo no cimo da cabeça, como se estivesse a fazer um rabo-de-cavalo mas alteie-o mais. Com o auxílio de um pente frise o cabelo, pegando nas pontas e passando o pente em sentido contrário até que fique todo despenteado. Numa loja de disfarces compre um osso de plástico e prenda na fita da criança.

Pegue nos materiais, puxe pela imaginação e ponha mãos ao trabalho!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Como fazer disfarces de Carnaval

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    09-06-2014 às 04:01:21

    Não em carnaval, mas em bailes de fantasia, sempre usei o TNT. Eles são ótimos para trabalhar o corte, para costurar e deixa bem bonito!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios