Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Saúde > 7 Remédios Caseiros Para Combater A Gripe

7 Remédios Caseiros Para Combater A Gripe

Categoria: Saúde
Visitas: 4
7 Remédios Caseiros Para Combater A Gripe

Se você está com gripe e já não sabe mais o que fazer para acabar com os sintomas, preste atenção a estes remédios naturais e em breve você vai estar como “nova”.

O aparecimento da gripe é impossível de se evitar, mas você pode ter uma dieta equilibrada, rica em vitaminas, pois isso nos ajuda a aumentar nossas defesas contra o vírus. Se você está doente com gripe e não sabe mais como acabar com os seus sintomas, então, prepare alguns desses remédios naturais e você vai ver o quão rapidamente haverá muitas melhorias:

Remédios caseiros:


1 - Xarope de cebola - É um dos ingredientes “estrela” para curar a gripe, uma vez que é antibacteriana e anti-inflamatória. Prepare uma calda com uma cebola, uma cenoura, um limão e seis colheres de sopa de mel. Leve-o lentamente por um dia, pois isso irá melhorar significativamente os sintomas da gripe;

2 - Sopa de galinha - É um remédio eficaz para a dor de garganta e tosse causada pela gripe. A sopa de galinha tem propriedades anti-inflamatórias e antissépticas na garganta e também mantém a umidade das membranas mucosas. Tome-a quente em cada refeição;

3 – Batatas - Este truque é eficaz contra dores de garganta e tosse. Você precisa assar um par de batatas, esmagado-as e depois, deixe-as esfriar. Quando esfriar coloque-as em uma gaze e coloque no pescoço, pelo menos, por uma hora.

4 - Gargarejos com água morna e sal - Aqueça um par de copos de água e dissolva-as uma pitada de sal. Espere até ferver e depois, verifique se a água não está muito quente, faça gargarejos com a solução. Isso vai aliviar a dor de garganta e a rouquidão;

5 - Repolho e suco de laranja - Ferva 200 gramas de couve e adicione ao caldo para obter o suco de um par de laranjas. Beba-o para aliviar a congestão;

6 – Inalação de eucaliptos - Faça vapores com água fervente e folhas de eucalipto cobrindo a cabeça com uma toalha para abrir e limpar as narinas;

7 - Mel e limão - Você tem que ferver dois copos de suco de limão e seis colheres de sopa de mel por uma hora e meia. Depois de preparada a mistura, tome duas colheres de sopa desta calda a cada hora no primeiro dia e a cada três horas do outro dia para curar a gripe.


Rafaela Coronel

Título: 7 Remédios Caseiros Para Combater A Gripe

Autor: Rafaela Coronel (todos os textos)

Visitas: 4

527 

Comentários - 7 Remédios Caseiros Para Combater A Gripe

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Cães e Humanos: Amizade por interesses

Ler próximo texto...

Tema: Animais Estimação
Cães e Humanos: Amizade por interesses\"Rua
Não é de hoje que os cães são considerados nossos melhores amigos, porém como toda amizade ela não é totalmente incondicional e livre de interesses, pense bem, você pode discordar a princípio, mas analise a fundo e verá que tenho razão.

Cães convivem conosco a mais de 10mil anos, foi lá atrás na pré história que essa amizade começou, uma das mais duradouras da história. Teorias dizem que essa conexão iniciou pois ambas as espécies precisavam de algo que não possuíam e juntos se completaram.

Em plena era do gelo onde a sobrevivência estava sendo testada a todo vapor, aquele lobo considerado mais corajoso se encontrou com um homem também corajoso e resolveram unir forças, talvez não conscientemente, mas deu certo para ambos, e ali iniciava uma amizade que duraria por milênios.

Nesse estágio da nossa história, corríamos perigo de sobrevivência; faltava comida, segurança e energia ! ... E então percebemos que esses lobos simpáticos poderiam nos dar uma vantagem na corrida contra a morte, afinal eles caçavam muito bem , coisa que tínhamos dificuldade em fazer pela falta de energia naquele momento; então pensamos, eles nos ajudam a caçar, nós dividimos o alimento e em troca eles ganham segurança e afeto, e foi assim que essa amizade nos ajudou a enfrentar todos os percalços do caminho, e hoje evoluímos tanto que não precisamos mais de seus serviços e ainda sim continuam sendo nossos melhores amigos, posso dizer então que realmente é uma amizade verdadeira, que surgiu da dificuldade e interesses mas que não se deixou abalar por nada.

Então, agora quando virmos alguém maltratar esses animais, desdenhar deles dizendo que "não prestam pra nada", "não fazem nada de útil", como a galinha que põe ovos, ou a vaca que dá leite, lembremo-nos o quão útil eles foram na nossa caminhada, não só no quesito físico mas também no emocional, numa época em que as aparências não importavam e nem o QI para se fazer um amigo, bastava ser corajoso o bastante pra ultrapassar barreiras e conhecer mais o outro, do jeito que ele viesse, garanto que vantagens incríveis nascerão dessa amizade, e não pense em vantagens como algo ruim, quando digo penso em a vantagem da gente se sentir o humano mais importante do mundo quando esses seres peludos nos olham nos olhos sem pedir mais nada em troca, damos e recebemos carinho como nunca, uma retribuição silenciosa a quem sempre esteve do nosso lado, no pior e melhor momento.

O maior interesse em uma amizade é que ela dure para sempre, e acho que com os Cães conseguimos isso.

Pesquisar mais textos:

Lara Lavic

Título:Cães e Humanos: Amizade por interesses

Autor:Lara Lavic(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios