Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Saúde > Conheça os factores de risco das doenças coronárias

Conheça os factores de risco das doenças coronárias

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Saúde
Conheça os factores de risco das doenças coronárias

Actualmente as doenças cardíacas estão na ordem do dia e alastram cada vez mais. O excesso de trabalho, o estresse e a dificuldades económicas contribuem para o seu aumento.

Apesar de serem perigiosas as doenças coronárias podem ser evitadas, com uma boa prevenção e análises frequentes, no contexto da prevenção é vital eliminar os factores de risco associadas ao enfarte, ataque cardíaco ou AVC.

De entre os factores de risco mais elevado destaca-se um elevado teor de colestrol no sangue(muitas gorduras), o tabagismo, a hipertensão, a diabetes não regulada, elevado ácido úrico no sangue e a obesidade.




O problema da obesidade é que reune as várias causas que provocam o enfarte, por exemplo. È por isso que sendo uma doença geradora, a obesidade deve ser eliminada, adoptando-se um estilo de vida diferente, este facto parece difícil mas é possível através de uma alimentação adequada e exercíci físico moderado.

Para além da necessidade de se fazer ginástica, antes de mais é imprescindível deixar de fumar, pois o tabagismo é uma das causas possíveis do enfarte do miocárdio.

Recorrendo a uma dieta equilibrada e pouco calórica, pode normalizar-se o ritmo de vida e a própria alimentação, esta tem a função de harmonizar e equilibrar os valores presentes no sangue, a prevenção deve ser feita dia-a-dia, com preserverança. só assim é possível eliminar as causas.

Os tratamentos naturistas são uma boa opção para quem sofre de problemas coronários, bem como alimentos sem gorduras e poucas carnes. Em alternativa, os legumes e vegetais ajudam a equilibrar.

Para além destes cuidados especiais, é ainda útil fazer banhos relaxantes, terapia do movimento a andar ao ar livre, se houver transtornos venosos de irrigação saugúinea as medidas a adotar são: caminhar ao ar livre, fazer ginástica, comer alimentos crus e salada, e caminhar na água.

Normalmente os ataques não acontecem sem dar os sinais típicos como por exemplo dor no peito, opressão, pressão no peito com irradiação para o braço esquerdo.
A angina de peito pode trazer a sensação de aperto no peito e medo.

È normal ainda sentir-se bastante cansaço, formigueiro no corpo e braços e nervos. Estes são mais comuns do enfarte do miocárdio, apesar das cirurgias ao coração serem eficientes e salvarem a vida dos pacientes, nada melhor do que evitá-las, fazendo uma higiene de vida diária de encontro a eliminar as causas preocupantes.

As medidas a tomar são simples e constituem o coração da vida.


Teresa Maria Batista Gil

Título: Conheça os factores de risco das doenças coronárias

Autor: Teresa Maria Gil (todos os textos)

Visitas: 0

607 

Comentários - Conheça os factores de risco das doenças coronárias

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Como fazer disfarces de Carnaval

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Vestuário
Como fazer disfarces de Carnaval\"Rua
O ano começa e depressa chega uma data muito ansiada principalmente pelos mais jovens: o desejado Carnaval!

Esta é uma data que os pequenos adoram e deliram com as fantasias. O problema maior é a despesa que os disfarces representam e no ano seguinte já não usarão o mesmo disfarce ou, no caso dos mais pequenos, já não lhes serve.
O melhor nesta data é mesmo reciclar e aprender a fazer disfarces caseiros utilizando truques mais económicos e materiais reciclados para preparar as fantasias dos pequenitos!

Uma sugestão para os meninos é o traje de pirata que pode facilmente ser criado a partir de peças que tenha em casa. Procure uma camisa de tamanho grande e, de preferência, de cor branca com folhos. Se não tiver uma camisa com estas características facilmente encontrará um modelo destes no guarda-vestidos de alguma familiar, talvez da avó.

Precisará de um colete preto. Na falta do colete pode utilizar um casaco preto que esteja curto, rasgue as mangas pelas costuras dos ombros. As calças devem ser velhas e pretas para poderem ser cortadas na zona das pernas para envelhecer a peça. Coloque um lenço preto ou vermelho na cabeça do menino e, de seguida, com um elástico preto e um pouco de velcro tape um dos olhos.

Para as meninas não faltam ideias originais para fazer disfarces bonitos e especiais para este dia. Uma ideia original é a fantasia de Flinstone. É muito fácil e prática de fazer e fica um disfarce muito bonito. Comece por arranjar um pedaço de tecido branco. Coloque o tecido em volta do corpo como uma toalha de banho e depois amarre num dos braços fazendo uma alça. Depois corte as pontas em ziguezague mantendo um lado mais comprido que o outro. Amarre o cabelo da menina todo no cimo da cabeça, como se estivesse a fazer um rabo-de-cavalo mas alteie-o mais. Com o auxílio de um pente frise o cabelo, pegando nas pontas e passando o pente em sentido contrário até que fique todo despenteado. Numa loja de disfarces compre um osso de plástico e prenda na fita da criança.

Pegue nos materiais, puxe pela imaginação e ponha mãos ao trabalho!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Como fazer disfarces de Carnaval

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    09-06-2014 às 04:01:21

    Não em carnaval, mas em bailes de fantasia, sempre usei o TNT. Eles são ótimos para trabalhar o corte, para costurar e deixa bem bonito!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios