Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Saúde > O Que É A Amnésia? Quais Suas Causas?

O Que É A Amnésia? Quais Suas Causas?

Categoria: Saúde
Visitas: 2
O Que É A Amnésia? Quais Suas Causas?

Amnésia é a perda de memória que pode ser total ou parcial, constante ou episódica, temporária ou permanente dependendo das causas. Pode ser causada por diversas razões, entre elas:

- Doenças neurodegenerativas;
- Infecções do tecido neural (como por exemplo encefalites);
- Neurotoxinas;

- Acidente vascular cerebral;
- Traumas físicos (pancadas na cabeça por exemplo) e psicológicos.
- Alcoolismo e o uso de drogas.

A amnésia geralmente só ocorre quando alguma dessas possíveis causas lesiona áreas como o hipocampo e suas áreas adjacentes, no neocórtex ou no lobo temporal medial. Lesão em diferentes áreas produzem efeitos diferentes.

Alguns analgésico e benzodiazepínicos (remédios para ansiedade) dificultam a formação de memórias enquanto estão ativos, por isso pacientes podem se esquecer do período que estiveram sedados.

A amnésia pode ser qualificada em dois tipos:
1 - Anterógrada
É a perda de memória para eventos que ocorrem posteriormente ao acontecimento da doença, ou seja, é a deficiência em formar novas memórias, como ocorre na doença de Alzheimer.

2 - Retrograda
Nesta outra forma de amnésia ocorre o inverso da amnésia anterógrada, porque a pessoa consegue se lembrar de eventos posteriores ao trauma, mas não consegue se lembrar de eventos anteriores a doença (trauma).

Tipos de amnésia[editar | editar código-fonte]

Cerca de 40% das pessoas com idade acima de 65 anos têm algum tipo de problema de memória, e a prevalência aumenta rapidamente com o aumento da idade.

Existem vários tipos de amnésia. Abaixo estão listados alguns deles:
- Amnésia global transitória;
- Amnésia psicogênica (ou seja, de origem emocional);
- Síndrome de Korsakoff;
- Amnésia global transitória[editar | editar código-fonte]

Nessa situação a amnésia dura algumas horas, não ultrapassando um dia, e a recuperação é completa. O indivíduo tem comportamento normal, porém não retém nenhuma informação durante o episódio, ou seja, tem amnésia anterógrada completa, permanecendo uma lacuna na memória dessa pessoa depois da recuperação.

A causa desse problema não está, ainda, totalmente esclarecida, parecendo estar ligada à isquemia transitória afetando as partes internas do lobo temporal. Essa patologia tem curso benigno, sendo excepcional um segundo episódio.

Amnésia psicogênica[editar | editar código-fonte]
A amnésia psicogênica é uma amnésia temporária que ocorre devido a traumas psicológicos e pode ser tanto anterógrada(dificuldade para se lembrar de fatos recentes) quanto retrógrada(dificuldade para se lembrar de fatos anteriores ao trauma), a memória quase sempre volta dias após do começo da amnésia, em raros casos, o paciente perde a memória de alguns "trechos" de sua vida permanentemente.

Em alguns casos, fotos e figuras ou até mesmo ilustrações podem ajudar com que o paciente se lembre de certos fatos, ou até mesmo evitar a sua perda.

Síndrome de Korsakoff[editar | editar código-fonte]
A síndrome de Korsakoff é uma encefalopatia e é um tipo de amnésia grave, a principal causa é o alcoolismo, o que causa a falta de Vitamina B1 (tiamina) no cérebro, e esse é o motivo pelo qual a síndrome ocorre; seus sintomas podem ser a incapacidade de reter novos acontecimentos na memória.

Por exemplo, a pessoa consegue fazer exercícios que tinha aprendido antes da doença mas não conseguem aprender a fazer nenhum exercício novo. Quando é causada pelo alcoolismo, seus sintomas são basicamente neurológicos (movimentos descoordenados, perda de sensação dos dedos das mãos e dos pés).

Amnésia Alcoólica[editar | editar código-fonte]
Nesse tipo a pessoa apresenta amnésia sem a perda da consciência. A pessoa alcoolizada conversa e pode fazer exercícios físicos normalmente, mas quando o efeito da bebida alcoólica passar não se lembrará de nada que ocorreu durante o momento em que esta pessoa estava alcoolizada.

Esse tipo de amnésia ocorre principalmente em pessoas que bebem excessivamente bebidas alcoólicas ou em pessoas que bebem socialmente, ou não bebem e beberam bebidas alcoólicas excessivamente, essa síndrome tem efeito maior quando a pessoa alcoolizada está com muita fome/sede ou bebeu rápido demais.

Diagnóstico
O hipocampo é uma das áreas do cérebro mais importantes na formação de memórias de longo prazo.

O diagnóstico vai investigar se a perda de memória de um evento tem causas biológicas como lesão, degeneração ou toxinas cerebrais ou causas psicológicas como estresse, ansiedade e depressão.6 Em caso de um transtorno dissociativo um grande número de memórias podem ser reprimidas, geralmente ligadas a um evento traumático.

Para isso são feitos :
Análise detalhada da história médica e mental do paciente;
Histórico familiar detalhados de condições relacionadas com memória, como o mal de Alzheimer e transtornos de humor;
Perguntas sobre a frequência de falhas de memória, tipos de coisas esquecidas, repetindo as mesmas frases ou perguntas na mesma conversa para testar inconsistências.

É importante avaliar a capacidade de funcionar profissionalmente, academicamente, cotidianamente e em emergências, pois pode ser necessário designar um cuidador ou internar pacientes que tenham perdido muita capacidade funcional.

Caso não hajam lesões aparentes podem ser feitos exames para investigar níveis de hormônios da tireoide, vitamina B12 ou de funcionamento endócrino geral.

Em caso de suspeita de lesões pode ser feita tomografia computadorizada ou um Eletroencefalograma ou uma Angiografia cerebral para detectar derrames. Testes psicológicos devem ser usados para verificar o impacto do distúrbio na memória.


Celso Junior Juniorcis

Título: O Que É A Amnésia? Quais Suas Causas?

Autor: Celso Junior Juniorcis (todos os textos)

Visitas: 2

367 

Comentários - O Que É A Amnésia? Quais Suas Causas?

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

O que é uma Open House?

Ler próximo texto...

Tema: Imóveis Venda
O que é uma Open House?\"Rua
Este é um tema que vem pôr muito a lindo o trabalho de alguns mediadores imobiliários e do seu trabalho.

Quando temos um imóvel para vender, muitos são os métodos a utilizar e os meios que nos levam até eles para termos o nosso objetivo cumprido – A venda da Casa.
Quando entregamos o nosso imóvel para que uma mediadora o comercialize, alguns aspetos têm de ser tidos em conta, como a legalidade da empresa e quem será a pessoa responsável pela divulgação da sua casa, mas a ansia de vermos o negócio concretizado é tanta, que muitas vezes nos escapa a forma como fazem a referida divulgação e publicidade do imóvel.

Entre anúncios na internet e as conhecidas folhas nas montras dos estabelecimentos autorizados, muitas mediadoras optam por fazer uma ação que está agora muito em voga que é uma Open House. Mas afinal, o que é isto de nome estrangeiro que tanto se vê pelas ruas e em folhetos de anúncio?

Ora bem, a designação em Português é muito simples – Casa Aberta. E na realidade, uma Open House é isso mesmo. Abrir uma Casa para que todos a possam ver. NO entanto, requerem-se alguns aspetos que as mediadoras normalmente preveem, mas que é fundamental que o proprietário do imóvel também tenha consciência e conhecimento.

Por norma as imobiliárias só fazem este tipo de intervenção e ação em imóveis que têm como exclusivo, isto é, quando é uma só determinada mediadora, a autorizada a poder comercializar o imóvel.

Em segundo lugar, este tipo de ação de destaque requer à mediadora custos com tempo, recursos humanos e financeiros.
A mediadora começa por marcar um dia próprio que por norma é datado para um feriado ou fim de semana. Faz então publicidade local através de folhetos e flyres anunciando a Open House, o dia e a hora, tal como o local. Muito provavelmente serão tiradas fotografias ao seu imóvel.

Através de redes sociais também poderão ser divulgadas as ações.
No dia da Open House, o local será indicado com publicidade da sua casa e da imobiliária e começarão a aparecer visitas ao imóvel.

Sugiro que não tenha mobiliário e muito menos valores em casa. O ideal será o imóvel estar desocupado de todos e quaisquer bens, por uma questão de segurança, mas também porque as áreas parecerão maiores e isso com toda a certeza ajuda à venda.

A imobiliária será responsável pela limpeza e trato do imóvel, pelo que se ocorrerem danos, serão eles os responsáveis.
Neste tipo de ações, é normal que a concorrência das imobiliárias apareça e faça parcerias que para si só trará vantagens.

Uma Open House pode não ser uma ação de destaque em Portugal, mas por exemplo nos Estados Unidos, é o normal e mais agradável. Os clientes não se sentem pressionados como numa visita normal e os negócios concretizam-se com muito mais rapidez e naturalidade.

Pesquisar mais textos:

Carla Horta

Título:O que é uma Open House?

Autor:Carla Horta(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios