Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Saúde > O perigo do álcool e das drogas

O perigo do álcool e das drogas

Categoria: Saúde
O perigo do álcool e das drogas

Usamos a palavra droga a toda substancia que introduzida no organismo atuam sobre o sistema nervoso, põem modificar uma ou diversas funções orgânicas, alterando a forma de pensar, sentir e perceber. Além desses efeitos que essas substâncias tem sobre o individuo que as usam são extremamente graves as consequências que elas acabam causando no individuo, em sua família e sociedade.

O consumo habitual de drogas conduz a toxicodependência, que é a necessidade de consumir droga com o objetivo de se sentir-se bem. O individuo que não satisfaz essa necessidade, sofre do chamado Síndrome de Abstinência, que lhe produz mal-estar, fortes dores entre outros.

Em muitas ocasiões, a dependência de drogas injetadas traz algumas doenças como a HEPATITE e AIDS, além do consumo continuam de drogas de maneira progressiva debilita o organismo do dependente e fica cada vez mais expostos a infecções.

Muitas vezes os dependentes tentam abandonar o uso, porem a privação da droga causa o estado de abstinência que lhe traz tão grande mal-estar, que acabam a se drogar.

As drogas causam distúrbios de comportamentos e desajustes social, desajustes familiar e no trabalho. A dependência diminui o rendimento do individuo no trabalho.

As drogas podem ser classificadas de forma simples em depressores, euforizantes e alucinógenas.

As depressoras, que se incluem o álcool, a cola de sapateiro, a benzina o opio e alguns remédios para dormir. Elas causam sensação de tontura, confusão mental, sensação de sonolência, entre outros.

Os euforizantes, os mais conhecidos é a cocaína, causam euforia e sensação de eficiência e poder.

Os alucinógenos causam alucinações. A pessoa passa a ouvir vozes, ver objetos que não existe, a mais comum dessas drogas é a maconha, também o LSD e substâncias presentes em certos cogumelos.

O álcool, consumido em altas doses de uma só vez pode levar á óbito, também á males causados pelo consumo regular de doses menores. Ele provoca mudanças de comportamento de quem o bebe conhecido como embriagues. Inicialmente uma sensação de euforia e desinibição.

Já foi estudado os efeitos do álcool sobre o fígado, que muitas vezes acaba causando cirrose hepática e eventualmente a morte do individuo. O álcool é uma droga perigosa tanto quanto as outras, como vimos causa dependência e também pode levar o individuo á morte.


Vanessa Camila Borri

Título: O perigo do álcool e das drogas

Autor: Vanessa Camila Borri (todos os textos)

Visitas: 0

146 

Comentários - O perigo do álcool e das drogas

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Como fazer disfarces de Carnaval

Ler próximo texto...

Tema: Vestuário
Como fazer disfarces de Carnaval\"Rua
O ano começa e depressa chega uma data muito ansiada principalmente pelos mais jovens: o desejado Carnaval!

Esta é uma data que os pequenos adoram e deliram com as fantasias. O problema maior é a despesa que os disfarces representam e no ano seguinte já não usarão o mesmo disfarce ou, no caso dos mais pequenos, já não lhes serve.
O melhor nesta data é mesmo reciclar e aprender a fazer disfarces caseiros utilizando truques mais económicos e materiais reciclados para preparar as fantasias dos pequenitos!

Uma sugestão para os meninos é o traje de pirata que pode facilmente ser criado a partir de peças que tenha em casa. Procure uma camisa de tamanho grande e, de preferência, de cor branca com folhos. Se não tiver uma camisa com estas características facilmente encontrará um modelo destes no guarda-vestidos de alguma familiar, talvez da avó.

Precisará de um colete preto. Na falta do colete pode utilizar um casaco preto que esteja curto, rasgue as mangas pelas costuras dos ombros. As calças devem ser velhas e pretas para poderem ser cortadas na zona das pernas para envelhecer a peça. Coloque um lenço preto ou vermelho na cabeça do menino e, de seguida, com um elástico preto e um pouco de velcro tape um dos olhos.

Para as meninas não faltam ideias originais para fazer disfarces bonitos e especiais para este dia. Uma ideia original é a fantasia de Flinstone. É muito fácil e prática de fazer e fica um disfarce muito bonito. Comece por arranjar um pedaço de tecido branco. Coloque o tecido em volta do corpo como uma toalha de banho e depois amarre num dos braços fazendo uma alça. Depois corte as pontas em ziguezague mantendo um lado mais comprido que o outro. Amarre o cabelo da menina todo no cimo da cabeça, como se estivesse a fazer um rabo-de-cavalo mas alteie-o mais. Com o auxílio de um pente frise o cabelo, pegando nas pontas e passando o pente em sentido contrário até que fique todo despenteado. Numa loja de disfarces compre um osso de plástico e prenda na fita da criança.

Pegue nos materiais, puxe pela imaginação e ponha mãos ao trabalho!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Como fazer disfarces de Carnaval

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    09-06-2014 às 04:01:21

    Não em carnaval, mas em bailes de fantasia, sempre usei o TNT. Eles são ótimos para trabalhar o corte, para costurar e deixa bem bonito!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios